Fatores associados à utilização de suplementos alimentares por universitários

Amanda Caroline Schuler, Ricelli Endrigo Ruppel da Rocha

Resumo


A busca por suplementos alimentares é crescente e vai além da finalidade esportiva, estendendo-se à objetivos estéticos e de melhora da composição corporal. O objetivo deste estudo foi avaliar fatores associados a utilização de suplementos alimentares por universitários. Métodos: foram avaliados 246 acadêmicos, 65 (26,4%) do sexo masculino e 181 (73,6%) do sexo feminino, de uma Universidade do meio oeste de Santa Catarina. Foi aplicado um questionário online composto por oito perguntas sobre as características da prática de exercícios físicos e do consumo de suplementos alimentares. Resultados: Observou-se que 61% da amostra praticava algum tipo de exercício físico, predominando exercícios aeróbicos e de musculação de 2 a 4 vezes por semana. Quanto a suplementação, 26,8% dos acadêmicos faz uso, principalmente, de dois ou mais suplementos, predominando os de origem proteica, vitaminas e minerais, sendo que 28,8% passaram a consumir por iniciativa própria e 54,1% destes buscam mais de dois objetivos, sendo hipertrofia, emagrecimento e a manutenção da saúde os principais. A utilização de suplementos alimentares pelos acadêmicos foi associada a prática, tipo e frequência de exercícios físicos (p<0,0001) e não houve associação entre o sexo e a faixa etária com a utilização destes produtos (p>0,05). Conclusão: A utilização de suplementos alimentares foi relacionada a prática de exercícios físicos nos universitários, com prevalência do uso indiscriminado, valendo-se de informações inconsistentes sobre os produtos e também da indicação de profissionais não capacitados para tal atuação.

 

ABSTRACT 

Factors associated with the use of food supplements by university students

The search for food supplements is growing and goes beyond the sporting purpose, extending to aesthetic goals and improving body composition. The aim of this study was to evaluate factors associated with the use of food supplements by university students. Methods: 246 academics, 65 (26.4%) male and 181 (73.6%) female, from a university in the Midwest of Santa Catarina were evaluated. An online questionnaire composed of eight questions about the characteristics of the practice of physical exercises and the consumption of food supplements was applied. Results: It was observed that 61% of the sample practiced some type of physical exercise, predominating aerobic and bodybuilding exercises 2 to 4 times a week. As for supplementation, 26.8% of the students use mainly two or more supplements, predominantly those of protein origin, vitamins and minerals, 28.8% of which started to consume on their own initiative and 54.1% seek more than two goals, being the main: hypertrophy, weight loss and health maintenance. The use of food supplements by academics was associated with practice, type and frequency of physical exercises (p<0.0001) and there was no association between gender and age with the use of these products (p>0.05). Conclusion: The use of food supplements was related to the practice of physical exercises in university students, with prevalence of indiscriminate use, using inconsistent information about the products and also the indication of professionals who aren’t qualified for such performance.


Palavras-chave


Suplementos nutricionais; Exercício; Estudantes

Texto completo:

PDF

Referências


-Brasil. Ministério da Saúde. Vigitel Brasil 2015 Saúde Suplementar: vigilância de fatores de risco e proteção para doenças crônicas por inquérito telefônico [recurso eletrônico]. Agência Nacional de Saúde Suplementar. Ministério da Saúde. Brasília. 2017.

-Brasil. Conselho Federal de Nutricionista. Resolução CFN n° 390/2006. Regulamenta a prescrição dietética de suplementos nutricionais pelo nutricionista e dá outras providências. Diário Oficial da União. 27 de outubro de 2006. Brasília. 2006.

-Castro, J. B. P.; e colaboradores. Alimentação, corpo e subjetividades na Educação Física e na Nutrição: o ranço da adiposidade e a ascensão dos músculos. Revista Demetra. Rio de Janeiro. Vol. 3. Num. 11. 2016. p.823-824.

-Corrêa, D. B.; Navarro, A. C. Distribuição de respostas dos praticantes de atividade física com relação à utilização de suplementos alimentares e acompanhamento nutricional numa academia de Natal-RN. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva. São Paulo. Vol. 8. Num. 43. 2014. p.35-51. Disponível em:

-Fayh, A. P. T.; e colaboradores. Consumo de suplementos nutricionais por frequentadores de academias da cidade de Porto Alegre. Revista Brasileira de Ciência e Esporte. Florianópolis. Vol. 35. Num. 1. 2013. p.27-37.

-Galati, P. C.; Giantaglia, A. P. F.; Toledo, G. C. G. Caracterização do uso de suplementos alimentares e de macronutrientes em praticantes de atividade física em academias de Ribeirão Preto-SP. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva. São Paulo. Vol. 11. Num. 62. 2017. p. 150-159. Disponível em:

-Hernandez, A. J. Nahas, R. M. Modificações dietéticas, reposição hídrica, suplementos alimentares e drogas: comprovação de ação ergogênica, e potenciais riscos para a saúde. Revista Brasileira de Medicina do Esporte. Vol. 15. Num. 3. 2009.

-Hirschbruch, M. D.; Fisberg, M.; Mochizuki, L. Consumo de suplementos por jovens frequentadores de academias de ginástica em São Paulo. Revista Brasileira de Medicina do Esporte. São Paulo. Vol. 14, Num. 6. 2008. p-539-543.

-Mahan, L. K.; Escott-Stump, S.; Raymond, J. L. Krause: alimentos, nutrição e dietoterapia. São Paulo. 2012.

-Maleski, L. M.; Camparros, D. R.; Viebig, R. F. Estado nutricional, uso de suplementos alimentares e insatisfação corporal de frequentadores de uma academia. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva. São Paulo. Vol. 10. Num. 59. 2016. p.535-545. Disponível em:

-Moreira, F. P.; Rodrigues, K. L. Conhecimento nutricional e suplementação alimentar por praticantes de exercícios físicos. Revista Brasileira de Medicina do Esporte. Vol. 20. Num. 5. 2017. p.370-373

-Nabuco, H. C. G.; Rodrigues, V. B.; Ravagnani, C. F. C. Fatores associados ao uso de suplementos alimentares, alimentares em atletas: revisão sistemática. Revista Brasileira de Medicina do Esporte. São Paulo. Vol. 22. Num. 5. 2016. p. 412-419.

-Neves, D. C. G.; e colaboradores. Consumo de suplementos alimentares: alerta à saúde pública. Revista Brasileira de Economia Doméstica. Vol. 28. Num. 1. 2017. p.224-238

-Poll, F. A.; Lima, A. P. Consumo de suplementos alimentares por universitários da área da saúde. Revista Cinergis. Santa Cruz do Sul. Vol. 14. Num. 1. 2013. p-33-37.

-Santos, E. A.; Pereira, F. B. Conhecimento sobre suplementos alimentares entre praticantes de exercícios físicos. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva. São Paulo. Vol. 11. Num. 62. 2016. p.134-140. Disponível em:

-Silva, K. M. S.; Busnello, M. B. Hábitos alimentares em acadêmicos do curso de nutrição. TCC. Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul. UNIJUÍ. Ijuí. 2012.

-Souza, A. L. N.; Schneider, A. C. R. S. Avaliação do conhecimento sobre suplementação alimentar dos praticantes de academia em Novo Cruzeiro-MG. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva. São Paulo. Vol. 10. Num. 55. 2016. p.87-92. Disponível em:

-Tolentino, F. M.; e colaboradores. A Nutrição Esportiva no curso de Educação Física: verificação sobre o conhecimento dos acadêmicos. Educação Física em Revista. Brasília. Vol. 4. Num. 3. 2010. p.141-149.

-Vargas, C. S.; Fernandes, R. H.; Lupion, R. Prevalência do uso de suplementos nutricionais em praticantes de atividade física de diferentes modalidades. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva. São Paulo. Vol. 9. Num. 52. 2015. p.343-349. Disponível em:

-Viviani, M. T.; Júnior J. R. G. Análise dos conhecimentos sobre nutrição básica e aplicada de profissionais de educação física e nutrição. Revista Nutrição em Pauta. São Paulo. Num. 63. 2003. p.48-55.

-Wagner, M. Avaliação do uso de suplementos nutricionais e outros recursos ergogênicos por praticantes de musculação em academias de um bairro de Florianópolis-SC. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva. São Paulo. Vol. 5. Num. 26. 2016. p.130-134. Disponível em:


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons

RBNE - Revista Brasileira de Nutrição Esportiva

IBPEFEX - Instituto Brasileiro de Pesquisa e Ensino em Fisiologia do Exercício

Editor-Chefe: Francisco Navarro. E-mail para contato: aqui

Editor Gerente: Francisco Nunes Navarro. E-mail para contato: aqui