Capacidade funcional entre idosos ativos: um estudo comparativo

Mônica da Cruz Pinheiro, Daiane Broch, Vanessa Aparecida Gasparin

Resumo


Objetivo: analisar a capacidade funcional de idosos ativos participantes de Grupos de Danças Tradicionais (CTG) e do Centro de Referência de Assistência Social (CRAS). Materiais e método: pesquisa quantitativa, de caráter transversal e comparativa. A coleta de dados foi realizada nos espaços onde os idosos realizavam sessões de atividade física, ambos no município de Tapera-RS. A partir de uma série de testes verificou-se os índices de capacidade funcional dos grupos pesquisados, conforme protocolo de Rikli e Jones. Os idosos dos grupos em questão foram avaliados e os dados obtidos foram posteriormente comparados a fim de determinar os níveis da capacidade funcional de ambos. A pesquisa em questão foi aprovada pelo Comitê de Ética em Pesquisa da Universidade de Passo Fundo, através do parecer número 1.259.128. Resultados: comparando-se faixas etárias de 60 a 70, de 71 a 81, gêneros e níveis de capacidade funcional o grupo CTG se sobressaiu com melhores índices de desempenho. Conclusão: constatou-se que nos testes de capacidade funcional, o grupo do CTG apresentou melhores resultados ao ser comparado com o grupo CRAS, isso de deu pelo fator idade, pois a maioria dos integrantes possuía 60 anos e também pelo fato da realização de atividades consideradas complementares no desenvolvimento do conjunto das capacidades motoras nos idosos.

 

ABSTRACT 

Functional apacity between elderly assets: a comparative study

Objective: to analyze the functional capacity of active elderly participants of Traditional Dances Groups (CTG) and the Social Assistance Referral Center (CRAS). Materials and methods: quantitative, cross-sectional and comparative research. The data collection was performed in the spaces where the elderly people performed physical activity sessions, both in the municipality of Tapera-RS. From a series of tests, the functional capacity indices of the groups studied were verified, according to Rikli and Jones protocol. The elderly of the groups in question were evaluated and the data obtained were later compared in order to determine the functional capacity levels of both. The research in question was approved by the Research Ethics Committee of the University of Passo Fundo, through opinion number 1,259,128. Results: comparing age groups from 60 to 70, from 71 to 81, genders and levels of functional capacity, the CTG group excelled with better performance indices. Conclusion: it was found that in the functional capacity tests, the CTG group presented better results when compared with the CRAS group, this was due to the age factor, since most of the members were 60 years old and also because of the activities performed complementary in the development of motor skills in the elderly.


Palavras-chave


Envelhecimento; Exercício; Saúde; Aptidão física

Texto completo:

PDF

Referências


-Alves, R.V.; Mota, J.; Costa, M.C.; Alves, J.G.B. Aptidão física relacionada a saúde de idosos: influência da hidroginástica. Revista Brasileira de Medicina de Esporte. Vol. 10. Num. 1. 2004.

-Cancela, J.M.; Ayan, C.; Varela, S. Batteries assessing health related fitness in the elderly: a brief reiew. European Review of Aging and Physical Activity. 2008.

-Caporicci, S.; Neto, M.F.O. Estudo comparativo de idosos ativos e inativos através da avaliação das atividades de vida diária e medição da qualidade de vida. Motricidade. Paraíba. Vol. 7. Num. 2. 2011. p. 15-24.

-Chodzko-Zajko, W.J.; Proctor, D.N.; Fiatarone Singh, M.A.; Minson, C.T.; Nigg, C.R.; Salem, G.J.; Skinner, J.S. American College of Sports Medicine position stand. Exercise and physical activity for older adults. Medicine & Science in Sports & Exercise. Vol. 41. 2009.

-Coelho, J.M.O.; Neto, W.B. Avaliação da aptidão funcional de idosos participantes do projeto AFRID-UFU. EF Deportes.com. Revista Digital. Buenos Aires. 2010.

-Cruz, A.; Mendes, E.O.; Queiroz, I.A.; Rigonati, M.S.; Trindade, V.L.; Herbert, R.R. Processo do envelhecimento na visão da enfermagem: uma revisão bibliográfica. Revista do Curso de Enfermagem. Vol. 1. Num. 1. 2012. p. 1-11.

-Dantas, E.H.M.; Oliveira, R.J. Exercício, maturidade e qualidade de vida. 2.ed. Rio de Janeiro: Shape. 2003.

-Duarte, E.C.; Barreto, S.M. Transição demográfica e epidemiológica: a Epidemiologia e Serviços de Saúde revisita e atualiza o tema. Epidemiologia e Serviços de Saúde. Vol. 21. Num. 4. 2012. p. 529-532.

-Garuffi, M.; Gobbi, S.; Hernandez, S.S.S.; Vital, T.M.; Stein, A.M.; Pedroso, R.V.; Corazza, D.I.; Andrade, L.P.; Andreatto, C.A.A.; Costa, J.L.R.; Stella, F. Atividade física para promoção da saúde de idosos com doença de Alzheimer e seus cuidadores. Revista Brasileira de Atividade Física e Saúde. Rio Claro, SP. Vol. 6. Num. 1. 2011. p. 80-83.

-Gates, P.E.; Moreau, K.L.; Eskurza, I.; Seals, D.R. Aging and cardiovascular funtion with acute and habitual exercise. European Review on Aging and Physical Activity. 2005.

-Gonçalves, R.; Gurjão, A.L.D.; Gobbi, S. Efeitos de oito semanas do treinamento de força na flexibilidade de idosas. Revista Brasileira de Cineantropometria & Desempenho Humano. Rio Claro. Vol. 9. Num. 2. 2007. p. 145-153.

-Jobim, F.A.R.C.; Jobim, E.F.C. Atividade física, nutrição e estilo de vida no envelhecimento. UNOPAR Científica Ciências Biológicas e da Saúde. Vol. 17. Num. 4. 2015. p. 298-308.

-Junior, V.J.S.; Guerra, R.O. Confiabilidade de testes de aptidão funcional em mulheres de 60 a 80 anos. Motriz. Vol. 7. Num. 2. 2011. p. 7-13.

-Landi, F.; Marzetti, E.; Martone, A.M.; Bernabe, I.R.; Onder, G. Exercise as a remedy for sarcopenia. Current Opinion in Clinical Nutrition & Metabolic Care. Vol. 17. Num. 1. 2014. p. 25-31.

-Lima-Costa, M.F.; Barreto, S.M.; Giatti, L. Condições de saúde, capacidade funcional, uso de serviços de saúde e gastos com medicamentos da população idosa brasileira: um estudo descritivo baseado na Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios. 2003.

-Liu, C.J.; Latham, N.K. Progressive resistance strength training for improving physical function in older adults. Cochrane Database of Systematic Reviews. 2009.

-Maciel, M.G. Atividade física e funcionalidade do idoso. Motriz. Rio Claro. Vol. 16. Num. 4. 2010. p. 1024-1032.

-Marandini, B.A.N.; Silva, B.T.; Abreu, D.P.G. Avaliação da capacidade funcional de idosos: atividade das equipes da Estratégia de Saúde da Família. Revista de Pesquisa: Cuidado é Fundamental Online. Vol. 9. Num. 4. 2017. p. 1087-1093.

-Mascarenhas, M.D.M.; Andrade, S.S.C.A.; Neves, A.C.M.; Pedrosa, A.A.G.; Silva, M.M.A.; Malta, D.C. Violência contra a pessoa idosa: análise das notificações realizadas no setor saúde - Brasil, 2010. Ciência & Saúde Coletiva. Vol. 17. Num. 9. 2012. p. 2331-2341.

-Ministério da Saúde; Secretaria de Atenção à Saúde; Departamento de Atenção Básica. Estratégias para o cuidado da pessoa com doença crônica: diabetes mellitus. Brasília (DF), 2014. 160p.

-Novais, F.V. Influência de um programa de exercícios físico e recreativos na auto-percepção do desempenho em atividades de vida diária de idosos. In Gonçalves, A.K.; Groenwald, R.M.F. Qualidade de vida e estilo de vida ativo no envelhecimento. Evangraf. Porto Alegre. 2005.

-Nunes, M.E.; Santos, S. Avaliação funcional de idosos em três programas de atividade física: caminhada, hidroginástica e Lian Gong. Revista Portuguesa de Ciências do Desporto. Vol. 9. Num. 2. 2009. p. 150-159.

-Nunes, M.C.; Ribeiro, R.C.L.; Rosado, L.E.F.P.L.; Franceschini, S.C. Influência das características sociodemográficas e epidemiológicas na capacidade funcional de idosos residentes em Ubá, Minas Gerais. Revista Brasileira de Fisioterapia. São Carlos. Vol. 13. 2006.

-Pereira, F.D.; et al. Posicionamento Oficial da Sociedade Brasileira de Medicina. Revista Brasileira de Geriatria e Gerontologia. Rio de Janeiro. 2009.

-Rikli, R.E.; Jones, C.J. Development and validation of a functional fitness test for community-residing older adults. Journal of Aging and Physical Activity. Vol. 7. 1999.

-Rikli, R.E.; Jones, C.J. Teste de aptidão física para idosos. Manole. 2008.

-Schneider, R.H.; Marcolin, D.; Dalacorte, R.R. Avaliação funcional de idosos. Scientia Médica. Vol.18. Num. 1. 2008. p. 4-9.

-Vale, R.G.S.; Barreto, A.C.G.; Novaes, J.S.; Dantas, E.H.M. Efeitos do treinamento resistido na força máxima, na flexibilidade e na autonomia funcional de mulheres idosas. Revista Brasileira de Cineantropometria e Desempenho Humano. Rio de Janeiro. Vol. 8. Num. 4. 2006. p. 52-58.

-Zenevicz, L.; Moriguchi, Y.; Madureira, V.S.F. The religiosity in the process of living getting old. Revista da Escola de Enfermagem da USP. Vol. 47. Num. 2. 2013. p. 433-439.


Apontamentos

  • »


Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons

RBNE - Revista Brasileira de Nutrição Esportiva

IBPEFEX - Instituto Brasileiro de Pesquisa e Ensino em Fisiologia do Exercício

Editor-Chefe: Francisco Navarro. E-mail para contato: aqui

Editor Gerente: Francisco Nunes Navarro. E-mail para contato: aqui