Avaliação da suplementação e da orientação por nutricionais em praticantes de musculação em Erechim-RS

Jaine Micheli Mazon, Dayanne Carla De Bastiani, Marta Beatriz Santolin

Resumo


A alimentação, aliada ao exercício constitui elemento fundamental para o ganho de massa muscular. O papel da nutrição no exercício já está bem estabelecido. Porém, existe falta de conhecimento de que a alimentação balanceada e de qualidade pode atender as necessidades nutricionais de praticantes de exercícios. Observa-se o aumento da procura e por vezes, uso abusivo de recursos ergogênicos. O objetivo deste estudo foi avaliar a suplementação e a busca por orientação nutricional por praticantes de musculação de uma academia de Erechim. Foram avaliados 60 indivíduos, de ambos os sexos, com idade entre 18 e 35 anos e prática mínima de três meses. O uso de suplementos foi questionado e observado em inquérito alimentar. Notou-se que a procura pela musculação foi maior pelos participantes do sexo masculino (61,7%). Destes, 80% objetivavam hipertrofia e 95,2% fazia o uso de suplementos. O objetivo perda de peso foi observado em 73.3% das mulheres. Observa-se ainda que 57,1% (n=12) dos que suplementavam usavam mais de um tipo de produto. Desta amostra, 35% fazia uso de suplementos, sendo que somente 28,6% destes o fazia com orientação devida. Somente 30% da amostra relatou ter sido orientado por nutricionista algum dia. Este estudo sugere que praticantes, mesmo demonstrando consciência da relação positiva entre treino e dieta e de que o uso de suplementos é dispensável, na maioria dos casos, ainda procuram estes recursos. Destaca-se a necessidade de acompanhamento com nutricionista.

 

ABSTRACT 

Evaluation of supplementation and of orientation by nutritionist bodybuilders in Erechim-RS

Food, allied to exercise, is essential to get muscle mass. The role of nutrition in sport is already established. However, there is a lack of knowledge that balanced and quality food can meet the nutritional needs of exercise practitioners. It is observed the increase of the demand and sometimes abusive use of ergogenic resources. The objective of this study was to evaluate the supplementation and the search for nutritional guidance by bodybuilders of an Erechim academy. Sixty individuals of both sexes, aged between 18 and 35 years, with a minimum practice of three months, were evaluated. The use of supplements was questioned and observed in the food questionnaire. It was observed that the demand for bodybuilding was higher among male participants (61.7%). Of these, 80% aimed at hypertrophy and 95.2% used supplements. The goal of weight loss was observed in 73.3% of the women. It is also observed that 57.1% (n = 12) of those who supplemented used more than one type of product. Of the total of individuals in this sample, 35% used supplements, and only 28.6% of them did so with appropriate guidance. Only 30% of the sample reported having been advised by a nutritionist someday. This study suggests that practitioners, even demonstrating awareness of the positive relationship between training and diet and that the use of supplements is expendable, in most cases still seek these features. The need for follow-up with a nutritionist is highlighted.


Palavras-chave


Treino de resistência; Nutrição no esporte; Suplementos alimentares

Texto completo:

PDF

Referências


-ANVISA. Perguntas Frequentes/Alimentos: Qual a indicação dos alimentos para atletas. 2015. Disponível em: http://portal.anvisa.gov.br/wps/content/anvisa+portal/anvisa/perguntas+frequentes/alimentos/b9423100434bbd628188afff30613c2e

-Bacurau, R.F. Suplementação Esportiva. Nutrição e Suplementação Esportiva. São Paulo. 5ª edição. p. 18. 2007.

-Cuppari, L. Nutrição clínica no adulto – Guia de medicina ambulatorial e hospitalar. UNIFESP/Escola Paulista de Medicina. Rev Bras Nutr Clin. 2005.

-Fernandes, W. N.; Machado, J. S. Uso de suplementos alimentares por frequentadores de uma academia do município de Passo Fundo-RS. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva. São Paulo. Vol. 10. Núm. 55. p. 59-67. 2016. Disponível em:

-Freitas, A.; Evangelista, A. L.; Lopes, C. R.; Silva, A. K. S.; Lima, A. V.; Freitas, E. S. F.; Motta, G. R. Uso de suplementos ergogênicos em praticantes de atividades esportivas na cidade de Teresina-PI. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva. São Paulo. Vol. 7. Núm. 40. p. 246-252. 2013. Disponível em:

-Goldhill, S. Quem você pensa que é? In Goldhill, S. Amor, Sexo & Tragédia: Como o mundo antigo influência nossas vidas. Jorge Zahar editor. p.83. 2007.

-Goston, J. L. Correia, M. I. T. D. Intake of nutritional supplements among people exercising in gyms and influencing factors. ed 26. p. 604-611. Nutrition. 2010

-Hirschbruch, M. D.; Fisberg, M.; Mochlzuki, L. Consumo de suplementos por jovens freqüentadores de academias de ginástica em São Paulo. Revista Brasileira de Medicina no Esporte. Vol. 14. Num. 6. p. 539-543. 2008.

-Marques, E. B. Uso de Suplementos por alunos que frequentam uma academia de Porto Alegre (RS). Trabalho de Conclusão, Curso de Educação Física. Porto Alegre. 2015.

-Melo, I. C. O.; Bueno, L. O.; Neto, H. P. F.; Liberali, R. O consumo de suplementos alimentares em academias de Brasília-DF. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva. São Paulo. Vol. 4. Núm. 24. p. 489-493. 2010. Disponível em:

-Menon, D.; Santos, J. S. Consumo de proteína por praticantes de musculação que objetivam hipertrofia muscular. Revista Brasileira de Medicina no Esporte. Vol. 18. Núm. 1. p. 8-12. 2012.

-Molinero, O.; Márquez, S. Use of nutritional supplements in sports: risks, knowledge, and behavioural-related factors. Nutrición Hospitalaria. Vol. 2. Núm. 24. p. 2009.

-Neves, D. C. G. das.; Pereira, R. V.; Lira, D. S.; Firmino, I. C.; Tabai, K. C. Consumo de suplementos alimentares: alerta à saúde pública. Oikos: Revista Brasileira de Economia Doméstica. Viçosa. Vol. 28. Núm. 1. p. 224-238, 2017

-Pereira, R. F.; Lajolo, F. M.; Hirschbruch, M. D. Consumo de suplementos por alunos de academias de ginástica em São Paulo. Revista Nutrição. Campinas. Vol. 3. Núm. 16. 2003.

-Pontes, M. C. F. Uso de suplementos alimentares por praticantes de musculação e academias de João Pessoa-PB. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva. São Paulo. Vol. 7. Núm. 37. p. 19-27. 2013. Disponível em:

-Sá, C. A. G.; Bennemann, G. D.; Silva, C. C.; Ferreira, A. J. C. Consumo alimentar, ingestão hídrica e uso de suplementos protéicos por atletas de jiu-jitsu. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva. São Paulo. Vol. 9. Núm. 53. p. 411- 418. 2015. Disponível em:

-Souza, A. L. N.; Schneider, A. C. R. Avaliação do conhecimento sobre suplementação alimentar dos praticantes de academia de Novo Cruzeiro-MG. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva. São Paulo. Vol. 10. Núm. 55. p. 87-92. 2016. Disponível em:

-Souza, F.; Ceni, G. C. Uso de suplementos alimentares e autopercepção corporal de praticantes de musculação em academias de Palmeira das Missões-RS. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva. São Paulo. Vol. 8. Núm. 43. p.20-29. 2014. Disponível em:

-Souza, L. B. L.; Palmeira, M. E.; Palmeira, E. O. Eficácia do uso de whey protein associado ao exercício, comparada a outras fontes proteicas sobre a massa muscular de indivíduos jovens e saudáveis. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva. São Paulo. Vol. 9. Núm. 54. p.607-613. 2015. Disponível em:

-World Health Organization (WHO). Physical status: the use and interpretation of anthropometry: report of a WHO expert committee. WHO Technical Report series. Geneva. Núm. 854. 1995.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons

RBNE - Revista Brasileira de Nutrição Esportiva

IBPEFEX - Instituto Brasileiro de Pesquisa e Ensino em Fisiologia do Exercício

Editor-Chefe: Francisco Navarro. E-mail para contato: aqui

Editor Gerente: Francisco Nunes Navarro. E-mail para contato: aqui