Supercompensação de carboidratos na avaliação funcional e no desempenho de atletas velocistas

Graciana Teixeira Costa, Gislei Frota Aragao, Paulo Cesar de Almeida, Luis Sérgio Fonteles Duarte, Márcia Barros Moura Fé

Resumo


A supercompensação de carboidratos é um método eficiente para aumentar as reservas energéticas nos tecidos, este efeito já é amplamente estudado e comprovado no desempenho em exercícios de longa duração. Este estudo teve como objetivo investigar a influência da supercompensação de carboidratos na avaliação funcional em atletas com exercício de curta duração. A pesquisa foi realizada em uma clínica especializada em saúde esportiva e a amostra foi composta por nove velocistas com idade entre 19 e 39 anos. Foram coletadas medidas antropométricas e a história alimentar. Depois disso, os velocistas foram submetidos a uma dieta normocalórica por seis dias. No dia seguinte realizaram o teste de esforço. Após o teste, os atletas permaneceram consumindo essa dieta por três semanas, onde iniciaram o protocolo de supercompensação por seis dias e foram submetidos novamente ao teste de esforço. Amostras de sangue foram coletadas antes e após os testes para verificar a glicose no sangue. Os resultados mostraram que apesar não haver diferenças significativas no tempo de corrida, na taxa de força, na aptidão cardiorrespiratória e na glicemia, houve um aumento significativo da capacidade aeróbica sugerindo que o protocolo aplicado pode melhorar o desempenho esportivo. Concluímos que em exercício de curta duração a supercompesação de carboidratos pode ser uma estratégia ergogênica eficiente.

 

ABSTRACT

Overcompensation carbohydrates in functional assessment in athletes sprinters

Overcompensation of carbohydrates is an efficient method to make the tissue energy reserves, making this an ergogenic effect. This effect is widely studied and proven only in long-term performance. This study aimed to investigate the influence of overcompensation of carbohydrates in the functional assessment in athletes sprinters. The sample was composed of nine sprinters at the age between 19 to 39 years, Fortaleza-CE. This research took place at a clinic specializing in sports health. Anthropometric measurements were collected and made a food history. After that, the sprinters were subjected to a normal caloric diet for six days and then carried out the effort test. After the test, the athletes remained consuming this diet for three weeks, where they started the overcompensation protocol for six days and after, subject again to the effort test. Blood samples were collected before and after the tests to check blood glucose. The results showed that although there were no significant differences in running time, effort test, cardiopulmonary fitness and blood glucose, there was a significant increase in aerobic capacity suggesting that the applied protocol can improve sports performance. We conclude that in a short-term exercise the overcompensation of carbohydrates can be an efficient ergogenic strategy.


Palavras-chave


Dieta da carga de carboidratos; Glicemia; Limiar anaeróbio

Texto completo:

PDF (English)

Referências


-Almeida, G.A.N.; Santos, J.E.; Passian, S.R.; Loureiro, S.R. Percepção de tamanho e forma corporal de mulheres: estudo exploratório. Psicologia em Estudo. Vol. 10. Num. 1. 2005. p. 27-35.

-Bighetti, F. Tradução e validação do Eating Attittudes Test (EAT 26) em adolescentes do sexo feminino na cidade de Ribeirão Preto-SP. Dissertação de Mestrado. Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto, Universidade de São Paulo. Ribeirão Preto-SP. 2003.

-Damasceno, V. O.; Lima, J.R.P.; Vianna, J.M.; Vianna, V.R.A.; Novaes, J.S. Tipo físico ideal e satisfação com a imagem corporal de praticantes de caminhada. Revista Brasileira de Medicina do Esporte. Vol. 11. Num. 3. 2005. p.181-186.

-Damasceno, V.O.; Vianna, V.R.A.; Vianna, J.M.; Lacio, M.; Lima, J.R.P.; Novaes, J.S. Imagem corporal e corpo ideal. Revista Brasileira de Ciência e Movimento. Vol. 14. 2006. p. 81-94.

-Di Pietro, M.; Silveira, D.X. Internal validity, dimensionality and performance of the Body Shape Questionnaire in a group of Brazilian college students. Revista Brasileira de Psiquiatria. Vol. 31. Num. 1. 2009. p.21-24.

-Fermino, R.C.; Pezzini, M.R.; Reis, R.S. Motivos para prática de atividade física e imagem corporal em frequentadores de academia. Revista Brasileira de Medicina e Esporte. Vol. 16. Num. 1. 2010. p.18-23.

-Ferreira, M.E.; Castro M.R.; Morgado, F.F. Imagem corporal: Reflexões, diretrizes e práticas de pesquisa. Juiz de Fora. Editora UFJF. 2014. p. 45-46.

-Florindo, A.A.; Latorre, M.R.D.O.; Tanaka, T.; Jaime, P.C.; Zerbini, C.A.F. Fatores associados à prática de exercícios físicos em homens voluntários adultos e idosos residentes na Grande São Paulo, Brasil. Revista Brasileira de epidemiologia. Vol. 4. Num. 2. 2001. p.105-113.

-Grogan, S. Body Image: Understanding Body Dissatisfaction in Men, Women, and Children. London. Routledge. 1999. P.141.

-Jesus K.F.G.; Oliveira, G.L.; Perini, T.A.; Cardoso, F.B.; Jesus, G.B. Avaliação da satisfação com a auto-imagem corporal e presença de transtornos alimentares entre adolescentes escolares de ambos os sexos. Ulbra Mov (Refum). Vol. 1. Num. 2. 2010. p. 23-40.

-Kakeshita, I.S.; Almeida, S.S.; Relação entre índice de massa corporal e a percepção da auto-imagem em universitários. Revista Saúde Pública. Vol. 40. Num. 3. 2006. p. 497-504.

-Lessa, P.; Furlan, C. C.; Capelari, J.B. Pedagogias do corpo e construção do gênero na prática de musculação em academias. Motrivivência. Vol. 1. Num. 37. 2001. p. 41-50.

-Maia, M.F.M.; Sousa, B.V.O.; Tolentino, F.M.; Silveira, M.G.; Tolentino, T.M. Autopercepção de imagem corporal por mulheres jovens adultas e da meia-idade praticantes de caminhada. Revista Brasileira de Atividade Física e Saúde. Vol. 16. Num. 4. 2011. p. 309-315.

-Martins, C. R.; Gordia, A. P.; Silva, D. A. S.; Quadros, T. M. B.; Ferrari, E. P.; Teixeira, D. M.; Petroski, E. L. Insatisfação com a imagem corporal e fatores associados em universitários. Estudos de Psicologia. Vol. 17. Num. 2. 2012. p. 241-246.

-Millstein, R.A.; Carlson, S.A.; Fulton, J.E.; Galuska, D.A.; Zhang, J.; Blanck, H.M. Relationships between body size satisfaction and weight control practices among US adults. Medscape journal of medicine. Vol. 10. Num. 5. 2008. p. 119.

-Nunes, M.A.; Camey, S.; Olinto, M.T.A.; Mari, J.J. The validity and 4-year test-retest reliability of the Brazilian version of the Eating Attitudes Test-26. Brazilian Journal of Medical and Biological Research. Vol. 38. Num. 11. 2005. p.1655-1662.

-Nunes, M.A.; Olinto, M.T.; Barros, F.C.; Camey, S. Influência da percepção do peso e do índice de massa corporal nos comportamentos alimentares anormais. Revista Brasileira de Psiquiatria. Vol. 23. Num. 1. 2001. p.21-27.

-Schilder, P. A imagem do corpo: as energias construtivas da psique. 3ª edição. São Paulo. Martins Fontes. 1999. p. 104.

-Secchi, K.; Camargo, B.V.; Bertoldo, R.B. Percepção da imagem corporal e representação sociais do corpo. Revista Psicologia: Teoria e Pesquisa. Vol. 25. Num. 2. 2009. p.229-236.

-Stipp, L.M.; Oliveira, M.R. Imagem corporal e atitudes alimentares: diferenças entre estudantes de nutrição e de psicologia. Saúde em Revista. Vol. 5. Num. 9. 2003. p.47-51.

-Tahara, A.K.; Schwartz, G.M.; Silva, K.A. Aderência e manutenção da prática de exercícios físicos em academias. Revista Brasileira Ciência e Movimento. Brasília. Vol. 11. Num. 4. 2003. p. 7-12.

-Tessmer, C.S.; e colaboradores. Insatisfação corporal em frequentadores de academia. R. bras. Ci e Mov. Vol. 14. Num. 1. 2006. p. 7-12.

-Thompson, J. K. The (mis)measurement of body image: ten strategies to improve assessment for applied and research purposes. Body Image. Florida. Vol. 1. Num. 7. 2004. p. 14.

-Theodoro, H.; Ricalde, S.R.; Amaro, F.S. Avaliação nutricional e autopercepção corporal de praticantes de musculação em academias de Caxias do Sul-RS. Revista Brasileira de Medicina do Esporte. Vol. 15. Num. 4. 2009. p. 291-294.

-Vigitel Brasil 2014. Vigilância de fatores de risco e proteção para doenças crônicas por inquérito telefônico. 2014. Disponível em: Acesso em: 15/03/2018.

-World Health Organization (WHO). Physical status: the use and interpretation of anthropometry. Geneva: WHO, 1995. Disponível em: Acesso em: 11/05/2018.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons

RBNE - Revista Brasileira de Nutrição Esportiva

IBPEFEX - Instituto Brasileiro de Pesquisa e Ensino em Fisiologia do Exercício

Editor-Chefe: Francisco Navarro. E-mail para contato: aqui

Editor Gerente: Francisco Nunes Navarro. E-mail para contato: aqui