Efeito ergogênico da creatina sobre a performance de atletas do Handebol

Fernanda Grison Confortin, Ricardo Bordignon, Renata Feitosa, Clodoaldo Sá, Felipe Corbellini, Shawanda Abreu Oliveira

Resumo


A creatina vem sendo muito usada como recurso ergogênico visando o aumento do rendimento físico, força e potência. O objetivo deste trabalho foi avaliar a creatina como suplemento nutricional ergogênico sobre a performance de atletas de handebol feminino pertencentes ao time patrocinado pela Universidade Comunitária da Região de Chapecó, no município de Chapecó-SC. A amostra foi composta por 11 atletas com idade entre 15 e 22 anos. As atletas foram submetidas a suplementação com creatina na primeira fase com 10g (sobrecarga) durante 5 dias e na segunda fase 3g (manutenção) durante 7 dias. O grupo controle recebeu solução placebo (dextrose) pelo mesmo período de tempo. Depois da suplementação, as atletas foram testadas em sprints repetidos. Foi avaliado o tempo de melhor sprint (TSR pico), a média de tempo dos sprints, pico de velocidade e a queda de desempenho ao longo dos sprints (índice de fadiga-IF). Os resultados apontaram piora no tempo (s) e na velocidade (m/min) durante a realização dos sprints repetidos, em ambos os grupos após a aplicação dos protocolos de suplementação de creatina e placebo. Embora, não se tenha constatado resultados significativos entre as médias, observa-se para IF que para o grupo experimental houve redução nos valores, a cada protocolo testado. Analisando os resultados pode-se concluir que embora o grupo experimental tenha apresentado redução nos valores do IF a ausência de resultados significativos durante o teste de esforço repetido, permite concluir que a dosagem utilizada neste período de tempo não apresenta melhora no desempenho das atletas de handebol.


Palavras-chave


ergogênico; Suplementação alimentar; Atletas

Texto completo:

PDF

Referências


-Borges, P. H.; Silva, D.O.; Ciqueira, E. F. L.; Rinaldi, I. P. B.; Rinaldi, W.; Vieira, L. F. Motivação e desempenho tático em jovens jogadores de futebol: uma análise a partir da teoria da autodeterminação. Revista Cinergis. Vol. 16. Num. 2. 2015. p.120-124. Disponível em: Acesso em: 17/03/18.

-Braz, T. V.; Ugrinowitsch, H.; Flausino, N. H.; Freitas, W. Z. De.; Piza, E. S. O Efeito da Motivação no Desempenho do Teste de Cooper em Jovens Futebolistas. Revista Treinamento Desportivo. Vol. 8. Num. 1. 2007. p. 53-59.

-Carmo, M. C. L.; Oliveira, R. A. R.; Marins, J. C. B. Nível de conhecimento e hábitos de recursos ergogênicos de Judocas. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva. São Paulo. Vol. 11 Num. 61. 2017. p. 48-58. Disponível em: Acesso em: 31/10/17.

-Coelho, J. S.; Souza, R. A.; Barbosa, D.; Oliveira, A. Efeitos de uma partida de handebol sobre o estado de hidratação em atletas amadores. Fitness & Perfomance Journal. Rio de Janeiro. Vol. 6 Num. 2. 2007. p. 121-125. Disponível em: Acesso em: 14/11/2017.

-Confortin, F. G.; Sá, C. A.; Wildner, P. P. Avaliação da creatina associada à dextrose como suplemento nutricional ergogênico sobre a performance de atletas de futebol. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva. São Paulo. Vol. 10, Num. 56. 2016. p. 136-144. Disponível em Acesso em: 28/03/18.

-Coqueiro, A. Y.; Godois, A.M.; Raizel, R.; Tirapegui, J. Creatina como antioxidante em estados metabólicos envolvendo estresse oxidativo. Revista Brasileira de Prescrição e Fisiologia do exercício. São Paulo. Vol.11. Num. 64. 2017. p.128-137. Disponível em Acesso em: 31/10/17.

-Donato, F.; Prestes, J.; Silva, F. G.; Capra, E.; Navarro, F. Efeitos da suplementação aguda de creatina sobre os parâmetros de força e composição corporal de praticantes de musculação. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva. São Paulo. Vol. 1. Num. 2. 2007. p. 38-44. Disponível em Acesso em: 15/11/17.

-Faccim, A. G. Avaliação antropométrica e nível de ingestão dos micronutrientes, ferro, vitamina C e cálcio de atletas de handebol do Instituto Federal do Espírito Santos - Campus Venda Nova do Imigrante, Espírito Santo. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva. São Paulo. Vol. 9. Num. 50. 2015 p.120-128. Disponível em Acesso em: 31/10/2017.

-Falcão, L. E. M. Saturação de creatina em indivíduos fisicamente ativos: técnica eficaz ou desnecessária?. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva. São Paulo. Vol. 10. Num. 57. 2016. p.327-334. Disponível em Acesso em: 31/10/17

-Fleck, S. J.; Volek, J. S.; Kraemer, W. J. Efeito da Suplementação de creatina em sprints no pedalar e na performance de sprints repetitivos no pedalar. Revista Brasileira Ciência e Movimento. Brasília. Vol. 8. Num. 3. 2000. p. 25-32. Disponível em Acesso em: 17/11/17.

-Gualano, B.; Ugrinowitsch, C.; Seguro, A. C.; Júnior, A. H. L. A suplementação de creatina prejudica a função renal?. Revista Brasileira de Medicina do Esporte. Niterói. Vol.14. Num. 1. 2008. p. 68-73. Disponível em Acesso em: 18/04/18.

-Lima, I. F.; Mendes, B.G. A relevância do ambiente de treinamento para o desempenho dos atletas de voleibol. Revista Brasileira de Ciências da Vida. Vol. 6. Num. 1. 2017. Disponível em Acesso em: 25/02/18.

-Loon, L. J. C.; Van.; Oosterlaar, A. M.; Hartgens, F.; Hesselink, M. K. C.; Snow, R. J.; Wagenmakers, A. J. M. Effects of creatine loading and prolonged creatine supplementation on body composition, fuel selection, sprint and endurance performance in humans. Clinical Science. 2003. p.153-162. Disponível em Acesso em: 31/10/17.

-Lorenzeti, F. M.; Júnior, L. C.C.; Lima, W. P.; Zanuto, R. Nutrição e suplementação esportiva: aspectos metabólicos, fitoterápicos e da nutrigenômica. Phorte. 2015. p. 392.

-Machado, G.; Flores, L. F.; Mendes, J. C.; Olivoto, R.; Guglielmo, L. G.; Nunes, R. Comparação da potência aeróbia e anaeróbia máxima entre atletas juvenis de basquetebol e handebol. Revista Kinesis. Santa Maria. Vol. 35. Num. 2. 2017. p. 61-74. Disponível em Acesso em: 31/10/17.

-Oliveira, L. M.; Azevedo, M.O.; Cardoso, C. K. S. Efeitos da suplementação de creatina sobre a composição corporal de praticantes de exercícios físicos. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva, São Paulo. Vol. 11. Num. 61. 2017. p.10-15. Disponível em Acesso em: 18/03/19.

-Panta, R.; Filho, J. N. S. Efeitos da suplementação de creatina na força muscular de praticantes de musculação: uma revisão sistemática. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva. São Paulo. Vol. 9. Num. 54. 2015. p.518-524. Disponível em Acesso em: 31/10/17.

-Prado, R. G.; Bacurau, R. F. P.; Junior, D. R.; Aoki, M. S. Suplementação de creatina potencializa o desempenho de sprints consecutivos em jogadores de basquetebol. Revista Brasileira de Ciência e Movimento. Brasília. Vol. 15. Num. 1. 2007. p. 23-28. Disponível em Acesso em: 31/10/17.

-Silva, V. S.; Filho, E. A. R.; Leão, I. C. S.; Viana, M. T.; Tashiro, T. Análise dos sistemas defensivos da seleção brasileira feminina adulta de handebol. Revista Brasileira do Esporte Coletivo. Vol. 1. Num. 1. 2017. p. 21-25. Disponível em Acesso em: 27/10/17.

-Zanelli, J. C. S.; Cordeiro, B. A.; Beserra, B. T. S.; Trindade, E. B. S. M. Creatina e treinamento resistido: efeito na hidratação e massa corporal magra. Revista Brasileira Medicina do Esporte. Vol. 21. Num. 01. 2015. Disponível em Acesso em: 31/10/17.

-Ziegenfuss, T. N.; Rogers, M.; Lowery, L.; Mullins, N.; Mendel, R.; Antonio, J.; Lemon, P. Effect of creatine loading on anaerobic performance and skeletal muscle volume in NCAA Division I athletes. Nutrition. Vol. 18. Num. 5. 2002. p. 397-402. Disponível em Acesso em: 31/10/17.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons

RBNE - Revista Brasileira de Nutrição Esportiva

IBPEFEX - Instituto Brasileiro de Pesquisa e Ensino em Fisiologia do Exercício

Editor-Chefe: Francisco Navarro. E-mail para contato: aqui

Editor Gerente: Francisco Nunes Navarro. E-mail para contato: aqui