Consumo de suplementos proteicos por desportistas do município de Pelotas-RS

Kamila Duarte Braga, Ellen Luíse Vaghetti Hoerlle, Carla Alberici Pastore, Alessandra Doumid Borges Pretto

Resumo


Introdução e objetivo: Com o aumento da valorização de um corpo perfeito pela mídia, cresce a preocupação com a forma física. Esta inquietação muitas vezes se mostra arriscada, visto que, para alcançarem tal objetivo, muitos indivíduos submetem-se a dietas inadequadas, prática exagerada de exercícios sem supervisão de um profissional e com utilização de suplementos alimentares, muitas vezes sem orientação profissional. O estudo objetivou verificar o consumo de suplementos proteicos por desportistas do município de Pelotas-RS. Materiais e métodos: Estudo transversal e descritivo com desportistas de academias do município de Pelotas. Foram aplicados questionários de forma corporal, de frequência alimentar, de comportamento alimentar, de percepção de imagem corporal e de consumo de suplementos proteicos. Foram aferidas medidas de peso, altura e circunferência da cintura. O estudo foi aprovado pelo Comitê de Ética da Universidade Federal de Pelotas, sob parecer nº 84303618.7.0000.5316. As análises foram feitas no Stata 14.0 ®, com nível de significância de 5%. Resultados: A pesquisa contou com 139 desportistas, sendo a maioria (65,47%) do sexo feminino, com idade entre 18 a 59 anos, eutrófica (57,55%) e com circunferência da cintura média de 78 cm. O IMC médio da amostra foi de 24,83 Kg/m². Da amostra estudada, 33,81% utiliza suplemento alimentar. Discussão e Conclusão: O consumo de suplementos está cada vez maior por frequentadores de academias e na amostra estudada, o consumo foi elevado, sendo utilizado na maioria objetivando o ganho de massa muscular. Diante disto, ressalta-se a importância da presença de profissionais da saúde nas academias, orientando sobre hábitos saudáveis de vida e coibindo o uso inadequado de suplementos.


Palavras-chave


Suplementos proteicos; Desportistas; Consumo alimentar

Texto completo:

PDF

Referências


-Alves, S.C.R.; Navarro, F. O uso de suplementos alimentares por frequentadores de academias de Potim-SP. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva. Vol. 4. Num. 20. 2010. p. 139-146. Disponível em:

-Benetti, F.; Chagas, B.C. Avaliação do consumo de suplementos alimentares por praticantes de musculação das academias do município de Tenente Portela-RS. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva. Vol. 11. Num. 63. 2017. p. 363-374. Disponível em:

-Benvenuto, H.D.; Vivian, T.A.B.; Marques, L. Motivos para consumo de suplementos nutricionais por frequentadores de academias de ginástica. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva. Vol. 11. Num. 65. 2017. p. 577-583. Disponível em:

-Bezerra, C.S.L. Efeitos da suplementação de creatina por via oral para a reabilitação de músculo esquelético inativo. TCC. Universidade Estadual da Paraíba. Campina Grande. 2011.

-Bighetti, F. Tradução e validação do Eating Attitudes Test (EAT-26) em adolescentes do sexo feminino na cidade de Ribeirão Preto. Dissertação de Mestrado. Universidade de São Paulo. Ribeirão Preto. 2003.

-Brito, D.S.; Liberali, R. Perfil do consumo de suplemento nutricional por praticantes de exercício físico nas academias da cidade de Vitória da Conquista-BA. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva. Vol. 6. Num. 31. 2012. p. 66-75. Disponível em:

-Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística-IBGE. CENSO 2010. Brasília. 2010.

-Chiaverini, L.C.T.; Oliveira, E.P. Avaliação do consumo de suplementos alimentares por praticantes de atividade física em academias de Botucatu-SP. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva. Vol. 7. Num. 38. 2013. p. 108-117. Disponível em:

-Cooper, P.J.; Taylor, M.J.; Cooper, Z.; Fairbum C.G. The development and validation of the body shape questionnaire. International Journal Eating Disorders. Vol. 6. 1987. p. 485-494.

-Conselho Federal de Nutrição. Resolução CFN nº 380, de 28 de dezembro de 2005. Brasília. 2005

-Fayh, A.P.T.; Silva, C.V.; Jesus, F.R.D.; Costa, G.K. Consumo de suplementos nutricionais por frequentadores de academias da cidade de Porto Alegre. Revista Brasileira de Ciências do Esporte. Vol. 35. Num. 1. 2013. p. 27-37.

-Froiland, K; Koszewiski, W; Hingst, J; Kopecky, L. Nutritional supplement use among college athletes and their soruces of information. International Journal of Sport Nutrition and Exercise Metabolism. Vol. 14. Num. 5. 2004. p. 104-120.

-Haraguchi, F.K.; Abreu, W.C.; Paula, H. Proteínas do soro do leite: composição, propriedades nutricionais, aplicações no esporte e benefícios para a saúde humana. Revista de nutrição. Vol. 19. Num. 4. 2006. p. 479-488.

-Hirschbruch, M.D.; Fisberg, M.; Mochizuki, L. Consumo de suplementos por jovens freqüentadores de academias de ginástica em São Paulo. Revista Brasileira Medicina do Esporte. Vol. 14. num. 6. 2008. p. 539-543.

-Johann, J.; Berleze, K.J. Estado nutricional e perfil antropométrico de frequentadores de academias de ginástica, usuários ou não de suplementos de cinco municípios do interior do Rio Grande do Sul. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva. Vol. 4. Num. 21. 2010. p. 197-208. Disponível em:

-Lima, A.F; Batista, K.A; Junior, N.L. A ideologia do corpo feminino perfeito: questões com o real. Psicologia em Estudo. Vol. 18. Num. 1. 2013. p. 49-59.

-Mattila, V.M.; Parkkari, P.; Harri, L.; Pihlajamäki, A.; Rimpelä L. Use of dietary supplements and anabolic-androgenic steroids among Finnish adolescents in 1991-2005. European Journal of Public Health. Vol. 20. Num. 3. 2010. p. 306-311.

-Ministério da Saúde. Guia alimentar para a população brasileira. Brasília. 2015.

-Ministério da Saúde. Alimentação saudável. Brasília. 2009.

-Molinero, O.; Márquez, S. Use of nutritional supplements in sports: risks, knowledge, and behavioural-related factors. Nutrición Hospitalaria. Vol. 24. Num. 2. 2009. p.1 28-134.

-Pellegrini, A.R.; Corrêa, F.S.; Barbosa, M.R. Consumo de suplementos nutricionais por praticantes de musculação da cidade de São Carlos-SP. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva. Vol. 11. Num. 61. 2017. p. 59-73. Disponível em:

-Polisseni, M.L.C.; Ribeiro, L.C. Exercício físico como fator de proteção para a saúde em servidores públicos. Revista Brasileira de Medicina do Esporte. Vol. 20. Num. 5. 2014. p. 340-344.

-Quintã, J.I.J. Suplementação e Prática Desportiva: O Papel Do Farmacêutico Comunitário. Dissertação de Mestrado. Universidade de Coimbra. Coimbra. Portugal. 2014.

-Ronsen, O.; Sundgot, B.J.; Maehum, S. Supplement use in nutritional habits in Norwegian elite athletes. Scandinavian Journal of Medicine & Science in Sports. Vol. 9. Num. 1. 2009. p. 28-35.

-Roth, K.D.T.; Boscaini, C. Estado nutricional, exercício físico e uso de suplementos em indivíduos de uma academia da Serra Gaúcha-RS. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva. Vol. 8. Num. 46. 2014. p.217-227. Disponível em:

-Santini, E.; Morini, K.A.F.; Mattei, L.S.M.; Coelho, M.; Almeida, S.S. Consumo alimentar, conhecimento nutricional e composição corporal em atletas velocistas e fundistas de Cuiabá-MT. Seminário Transdisciplinar da Saúde. Núm. 4. 2016.

-Staudt, F.S.; Mattos, K.M. Circunferência da cintura e risco cardiovascular: um estudo em acadêmicos da área da saúde. Disciplinarum Scientia. Vol. 12. num. 1. 2011. p. 93-102.

-Stunkard, A.J.; Sorensen, T.I.; Hanis, C.; Teasdale, T.W.; Chakraborty, R.; Shull, W.J; Schulsinger, F. An adoption study of human obesity. New England Journal of Medicine. Vol. 314. Num. 4. 1986. p. 193-198.

-Terada, L.C.; Godoi, M.R.; Silva, T.C.V.; Monteiro, T.L. Efeitos metabólicos da suplementação do Whey Protein em praticantes de exercícios com pesos. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva. Vol. 3. Núm. 16. 2009. p. 295-304. Disponível em: <>

-Witt, J.S.G.Z.; Schneider, A.P. Nutrição Estética: valorização do corpo e da beleza através do cuidado nutricional. Revista Ciência & Saúde Coletiva. Vol. 16. Num. 9. 2011. p. 3909-3916.

-Word Health Organization. Physical status: the use and interpretation of antrophometry. Report of a WHO Expert Committee. Geneva. 1995.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons

RBNE - Revista Brasileira de Nutrição Esportiva

IBPEFEX - Instituto Brasileiro de Pesquisa e Ensino em Fisiologia do Exercício

Editor-Chefe: Francisco Navarro. E-mail para contato: aqui

Editor Gerente: Francisco Nunes Navarro. E-mail para contato: aqui