Conhecimentos dos clientes de uma loja de suplementos alimentares sobre a alimentação saúdavel e fatores associados

  • Ronilson Ferreira Freitas Universidade Estadual de Montes Claros (Unimontes), Montes Claros-MG, Brasil.
  • Samira Gonçalves de Oliveira Campos Instituto de Ciências da Saúde (ICS), Faculdades Unidas do Norte de Minas (Funorte), Montes Claros-MG, Brasil.
  • Anne Cristine Fernandes Maia Faculdade de Saúde e Humanidades Ibituruna (FASI), Montes Claros-MG, Brasil.
  • Keli Fuckner Benevides Faculdade de Saúde e Humanidades Ibituruna (FASI), Montes Claros-MG, Brasil.
  • Iara Veloso Almeida Faculdade de Saúde e Humanidades Ibituruna (FASI), Montes Claros-MG, Brasil.
  • Éryka Jovânia Pereira Instituto de Ciências da Saúde (ICS), Faculdades Unidas do Norte de Minas (Funorte), Montes Claros-MG, Brasil.
Palavras-chave: Alimentação saudável, Nutrição esportiva, Suplementos alimentares, Consumidor

Resumo

Objetivo: Avaliar conhecimento dos clientes de uma loja de suplementos alimentares sobre alimentação saudável e fatores associados. Materiais e Métodos: Trata-se de um estudo do tipo analítico, transversal, com abordagem quantitativa. Este estudo foi realizado em uma loja que comercializa suplementos alimentares na cidade Montes Claros-MG. Participaram 61 clientes selecionados por conveniência e de forma intencional, que aceitaram responder aos questionários, que apresentaram idade superior a 18 anos. Foram aplicados questionários que avaliavam as características sociodemográficas e econômicas, hábitos de vida, nível de atividade física, tabagismo, etilismo, tratamento para perder peso e Índice de Massa Corporal. Para avaliar o conhecimento acerca da alimentação saudável e o uso de suplementos alimentares, os indivíduos responderam a um questionário adaptado de Zamin e Schimanoski (2010). Resultados: Com relação ao conhecimento sobre alimentação saudável, 91,8% dos entrevistados afirmaram ter conhecimento muito bom/suficiente sobre esta prática e 60,7% acreditam que a alimentação saudável é indispensável na prática de atividade física. Houve associação significativa entre o conhecimento sobre alimentação saudável com as variáveis: escolaridade (p=0,023), número de refeições diárias (p=0,020), conhecimento sobre suplementos alimentares (p=0,003) e prática de atividade física (p= 0,028). Conclusão: Conclui-se que pessoas tem buscado cada vez mais conhecimento sobre a alimentação saudável para suprir suas necessidades alimentares e que fatores como nível de escolaridade, número de refeições diárias, conhecimento sobre o sobre suplementos alimentares e prática de atividade física, são fatores que se associam ao conhecimento sobre alimentação saudável dessa população.

Biografia do Autor

Ronilson Ferreira Freitas, Universidade Estadual de Montes Claros (Unimontes), Montes Claros-MG, Brasil.
Doutorando em Ciências da Saúde pela Universidade Estadual de Montes Claros - Unimontes. Docente das Faculdades Integradas do Norte de Minas - Funorte e da Faculdade de Saúde Ibituruna - FASI.
Samira Gonçalves de Oliveira Campos, Instituto de Ciências da Saúde (ICS), Faculdades Unidas do Norte de Minas (Funorte), Montes Claros-MG, Brasil.
Graduada em Nutrição pelo Instituto de Ciências da Saúde das Faculdades Unidas do Norte de Minas – ICS/Funorte.
Anne Cristine Fernandes Maia, Faculdade de Saúde e Humanidades Ibituruna (FASI), Montes Claros-MG, Brasil.
Bacharel em Nutrição pela Faculdade de Saúde e Humanidades Ibituruna - FASI.
Keli Fuckner Benevides, Faculdade de Saúde e Humanidades Ibituruna (FASI), Montes Claros-MG, Brasil.
Graduada em Nutrição pela Faculdade de Saúde e Humanidades Ibituruna - FASI.
Iara Veloso Almeida, Faculdade de Saúde e Humanidades Ibituruna (FASI), Montes Claros-MG, Brasil.
Graduada em Nutrição pela Faculdade de Saúde e Humanidades Ibituruna - FASI.
Éryka Jovânia Pereira, Instituto de Ciências da Saúde (ICS), Faculdades Unidas do Norte de Minas (Funorte), Montes Claros-MG, Brasil.
Graduada em Nutrição, Instituto de Ciências da Saúde das Faculdades Unidas do Norte de Minas – ICS/Funorte, Montes Claros – MG.

Referências

-Almeida, C. M.; Balmant, B.D. Avaliação do hábito alimentarpré e pós - treino e uso de suplementos em praticantes de musculação de uma academia no interior do estado de São Paulo. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva. São Paulo. Vol. 11. Num. 62. 2017.

-Almeida, I. V.; Ribeiro, M. C. O.; Freitas, R. F. Uso de suplementos alimentares e fatores associados em praticantes de atividade física de alta intensidade. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva. São Paulo. Vol. 12. Num. 76. 2018. p. 992-1004.

-Barros, A. J. S.; Pinheiro, M. T. C.; Rodrigues, V. D. Conhecimentos acerca da alimentação saudável e consumo de suplementos alimentares por praticantes de atividade física em academias. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva. São Paulo. Vol. 11. Num. 63. 2017. p. 301-311.

-Campos, M. O.; Maciel, M. G.; Neto, J. F. R. Atividade física insuficiente: fatores associados e qualidade de vida. Revista Brasileira de Atividade Física & Saúde. Vol. 17. Num. 6. 2012. p. 562-572.

-Cardoso, R.P.Q.; Vargas, S.V.S.; Lopes, W.C. Consumo de Suplementos Alimentares dos Praticantes de Atividade Física em Academias. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva. São Paulo. Vol. 11. Num. 65. 2017. p. 584-592.

-Craig, C. L.; Marshall, A. L.; Sjostrom, M.; Bauman, A. E.; Booth, M. L.; Ainsworth, B. E. International physical activity questionnaire: 12-country reliability and vality. MedSci Sports Exerc. Vol. 35. Num. 8. 2003. p.1381-95.

-Galati, P. C.; Giantaglia, A. P. F.; Toledo, G. C. G. Caracterização do Consumo de Suplementos Nutricionais e de Macronutrientes em Praticantes de Atividade Física em Academias de Ribeirão Preto-SP. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva. São Paulo. Vol. 11. Num. 62. 2017. p.150-159.

-Lima, C. C.; Nascimento, S. P.; Macêdo, É. M. C. Avaliação do consumo alimentar no pré-treino em praticantes de musculação. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva. São Paulo. Vol. 7. Num. 37. 2013. p. 13-18.

-Lorenzetti, F.M.; Carnevali Júnior, L.C.; Lima, W.P.; Zanuto, R. Nutrição e Suplementação Esportiva. São Paulo. Phorte. 2015.p. 388.

-Matsudo, S.; Araújo, T.; Matsudo, V.; Andrade, D.; Andrade, E.; Oliveira, C. Questionário Internacional de Atividade Física (IPAQ): estudo de validade e reprodutibilidade no Brasil. Rev Bras Ativ Fís Saúde. Vol. 06. Num. 2. 2001. p. 5-12.

-Moura, M. G.; e colaboradores. Consumo de Carboidratos Pré-Treino e Pós-Treino em Jogadores de Squash. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva. São Paulo. Vol. 8. Num. 47. 2014. p.343- 350.

-Nogueira, L. R.; Mello, A. V.; Spinelli, M. G. N.; Morimoto, J. M. Dietas da moda consumidas por desportistas de um clube e academias em São Paulo. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva. São Paulo. Vol. 10. Num. 59. 2016. p.554-561.

-Oliveira, J. P. L.; Guilarducci, J. S.; Abreu, W. C. Avaliação do conhecimento sobre nutrição básica e aplicada ao esporte de universitários. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva. São Paulo. Vol. 12. Num. 71. 2018. p. 282-287.

-Paiva, L.K.L.K.; Andrade, M.L.L.; Maia, M.M.O.; Júnior, A.T.C.; Medeiros, H.J.; Knackfuss, M.I. Consumo de macronutrientes por usuários de academias de ginástica. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva. São Paulo. Vol. 7. Núm. 37. 2013. p.43-50.

-Santos, E. A.; Pereira, F.B. Conhecimento Sobre Suplementos Alimentares entre Praticantes de Exercício Físico Revista Brasileira de Nutrição Esportiva. São Paulo. Vol. 11. 2017. p.134-140.

-Sperandio, B. B.; Silva, L. D. S.; Domingues, S. F.; Ferreira, E. F.; Oliveira, R. A. R. Consumo de Suplementos Alimentares e Recursos Ergogenicos por Mulheres Praticantes de Musculação em Ubá-MG. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva. São Paulo. Vol. 11. Num. 62. 2017.p.209-218.

-Silva, R. P. Q. C.; Vargas, V. S.; Lopes, W. C. Consumo de suplementos alimentares por praticantes de atividade física em academias. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva. São Paulo. Vol. 11. Num. 65. 2017. p. 644-653.

-Villela, N. B.; Rocha, R. Manual básico para atendimento ambulatorial em nutrição. 2ª edição. Salvador. 2008. p.120.

-Zamin, T. V.; Schimanoski, V. M. Avaliação de hábitos alimentares saudáveis e uso de suplementos alimentares entre frequentadores de academias. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva. São Paulo. Vol. 4. Num. 23. 2010. p. 410-419.

-World Health Organization (WHO). Obesity: preventing and managing the global epidemic (reportof a WHO consultation on obesity). Genebra. World Health Organization. 1998.

Publicado
2020-08-04
Como Citar
Freitas, R. F., Campos, S. G. de O., Maia, A. C. F., Benevides, K. F., Almeida, I. V., & Pereira, Éryka J. (2020). Conhecimentos dos clientes de uma loja de suplementos alimentares sobre a alimentação saúdavel e fatores associados. RBNE - Revista Brasileira De Nutrição Esportiva, 13(82), 902-911. Recuperado de http://www.rbne.com.br/index.php/rbne/article/view/1474
Seção
Artigos Científicos - Original

##plugins.generic.recommendByAuthor.heading##