Efeito do exercício físico e da suplementação com L-arginina em marcadores bioquímicos, antropométricos e de força em mulheres com Hipotireoidismo

  • Caroline Rizzi Domenico Mestranda no Programa de Pós-Graduação em Biociências e Reabilitação do Centro Universitário Metodista-IPA, Porto Alegre-RS, Brasil.
  • Jerri Ribeiro Docente no Programa de Pós-Graduação em Biociências e Reabilitação do Centro Universitário Metodista-IPA, Porto Alegre-RS, Brasil.
  • Alexandre Mello Docente no Programa de Pós-Graduação em Biociências e Reabilitação do Centro Universitário Metodista-IPA, Porto Alegre-RS, Brasil.
  • Alessandra Peres Docente no Programa de Pós-Graduação em Biociências e Reabilitação do Centro Universitário Metodista-IPA, Porto Alegre-RS, Brasil; Docente na Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre, Porto Alegre-RS, Brasil.
  • Gilson Pires Dorneles outorando na Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre, Porto Alegre-RS, Brasil.
Palavras-chave: Hipotireoidismo, Óxido nítrico, Arginina, Exercício físico

Resumo

O hipotireoidismo é caracterizado por uma disfunção da glândula tireoide que apresenta uma alta produção do hormônio tireo-estimulante (TSH) e deixa de produzir seus hormônios tiroxina (T4) e triiodotironina (T3) corretamente. Frequente em populações femininas, está relacionado a dislipidemias secundárias, disfunção endotelial e a redução da biodisponibilidade de óxido nítrico (NO). Objetivo: Esta pesquisa avaliou o efeito do exercício físico e da suplementação de L-arginina sobre os níveis de NO, perfil lipídico, dados antropométricos e físicos em 16 mulheres portadoras de hipotireoidismo residentes no município de Sarandi-RS. Materiais e Métodos: Este estudo é caracterizado por um estudo clínico randomizado por intervenção, dividido em quatro grupos. G1: exercício e suplementação; G2: exercício; G3: suplementação com L-arginina e G4: controle. Para avaliar as capacidades físicas das voluntárias foram analisados dados antropométricos (peso, altura, medidas de cintura e quadril, dobras cutâneas). Foram realizados testes de força de 1RM, e teste de VO2max em esteira rolante. Para análises sanguíneas foram realizados exames de CT, HDL, LDL, TG, TSH, T3, T4 e NO. Resultados: Os resultados obtidos foram significativos para a redução do %G e aumento de massa magra para os grupos G1 e G3, assim como foi verificado aumento de 1RM no G1 e G2. Outros resultados importantes verificados foram o aumento significativo de NO para G1, e de T3 para G2. Conclusão: A suplementação com L-arginina pode ser benéfica a população estudada, podendo melhorar a qualidade de vida, reduzindo o CT e aumentando a biodisponibilidade de NO, assim como exercício físico pode ser benéfico ao aumento de T3.

Referências

-Ãlvares, T. S.; e colaboradores. Acute l-arginine supplementation increases muscle blood volume but not strength performance. Applied Physiology, Nutrition, and Metabolism. Vol. 37. Núm. 1. p. 115-126. 2012.

-Cremers, S. G.; Wolffram, S. J.; Weinberg, P D. Atheroprotective effects of dietary L-arginine increase with age in cholesterol-fed rabbits. British journal of nutrition. Vol. 105. Núm. 10. p. 1439-1447. 2011.

-Fontana, M.; e colaboradores. Low triiodothyronine and exercise capacity in heart failure. International journal of cardiology. Vol. 154. Núm. 2. p. 153-157. 2012.

-Forbes, S. C.; Harber, V.; Bell, G. J. Oral L-arginine before resistance exercise blunts growth hormone in strength trained males. International journal of sport nutrition and exercise metabolism. Vol. 24. Núm. 2. p. 236-244. 2014.

-Hurt, R. T.; e colaboradores. L-arginine for the treatment of centrally obese subjects: a pilot study. Journal of dietary supplements. Vol. 11. Núm. 1. p. 40-52. 2014.

-Ichiki, T. Hormônio da tireóide e remodelação vascular. Jornal de aterosclerose e trombose. Vol. 23. Núm. 3. p.266-275. 2016.

-Kaminski, J.; e colaboradores. Treatment of hypothyroidism with levothyroxine plus liothyronine: a randomized, double-blind, crossover study. Archives of endocrinology and metabolism. Vol. 60. Núm. 6. p. 562-572. 2016.

-Khazaei, M.; e colaboradores. Effect of chronic L-Arginine supplementation on aortic fatty streak formation and serum nitric oxide concentration in normal and high-cholesterol fed rabbits. Acta Physiologica Hungarica. Vol. 99. Núm. 1. p. 87-93. 2012.

-Lima, J. M.; e colaboradores. L-arginina aumenta a produção endotelial de óxido nítrico e reduz a pressão arterial de repouso sem alterar as respostas pressóricas do exercício. Motricidade. Vol. 8. Núm. 3. p. 19-29. 2012.

-Louzada, R. A.; Carvalho, D. P. Similarities and differences in the peripheral actions of thyroid hormones and their metabolites. Frontiers in endocrinology. Vol. 9. 2018.

-Mainenti, M.R.M.; Teixeira, P.F.S.; Oliveira, F.P.; Vaisman, M. Impacto do hipotireoidismo subclínico na resposta cardio pulmonar em esforço e na recuperação. Arquivo Brasileiro de endocrinologia e Metabologia. Vol. 51. Núm. 9. p. 1485-1492. 2007.

-Malfatti, C. R. M.; e colaboradores. Acute hypothalamic administration of L-arginine increases feed intake in rats. Revista de Nutrição. Vol. 28. Núm. 1. p. 55-63. 2015.

-Marquis, B. J.; e colaboradores. Skeletal Muscle Acute and Chronic Metabolic Response to Essential Amino Acid Supplementation in Hypertriglyceridemic Older Adults. Current Developments in Nutrition. Vol. 1. Núm. 11. p. e002071. 2017.

-Masi, L. N.; Silva, E. P.P. A influência dos ácidos graxos trans na disfunção da célula endotelial e o possível efeito terapêutico do exercício sobre o tecido endotelial como forma de prevenção ou regressão da aterosclerose. Departamento de Fisiologia e Biofísica. Instituto de Ciências Biomédicas. Vol. 8. Núm. 2. p. 171-176. 2009.

-Pimentel, R. C.; e colaboradores. Perfil dos hormônios tireoidianos nas síndromes coronarianas agudas. Arquivo Brasileiro de Cardiologia. Vol. 86. Núm. 6. p.688-694. 2006.

-Pinho, R.A.; e colaboradores. Doença arterial coronariana, exercício físico e estresse oxidativo. Sociedade Brasileira de Cardiologia. Vol. 94. Núm. 4. p. 549-555. 2010.

-Puga, G. M.; Novais, I. P.; Zanesco, A. Efeitos terapêuticos da suplementação de L-arginina nas doenças cardiovasculares e doenças endócrino-metabólicas. Arquivos de medicina. Vol. 25. Núm. 3. p. 107-114. 2012.

-Reule, C. A.; Goyvaerts, B.; Schoen, C. Effects of an L-arginine-based multi ingredient product on endothelial function in subjects with mild to moderate hypertension and hyperhomocysteinemia-a randomized, double-blind, placebo-controlled, cross-over trial. BMC complementary and alternative medicine. Vol. 17. Núm. 1. p. 92. 2017.

-Silva, G. A. R.; Costa, T. B. Hipotireoidismo subclínico: uma revisão para o médico clínico. Revista da Sociedade Brasileira de. Vol. 11. Núm. 3. p.289-95. 2013.

-Souza, A. A.; e colaboradores. Influência dos exercícios físicos nas alterações cardiovasculares induzidas pelo hipotireoidismo. Revista Brasileira de Atividade Física e Saúde. Vol. 17. Núm. 5. p.370-382. 2012.

-Skelin, M.; e colaboradores. Effect of timing of levothyroxine administration on the treatment of hypothyroidism: a three-period crossover randomized study. Endocrine. p. 1-8. 2018.

-Souza Junior, T. P.; e colaboradores. Óxido nítrico e exercício: uma revisão. Revista de Educação Física/ UEM. Vol. 23. Núm. 3. p. 469-481. 2012.

-Sowers, M.; e colaboradores. Thyroid stimulating hormone (TSH) concentrations and menopausal status in women at the midâ€life: SWAN. Clinical endocrinology. Vol. 58. Núm. 3. p. 340-347. 2003.

-Suliburska, J.; e colaboradores. Changes in mineral status are associated with improvements in insulin sensitivity in obese patients following L-arginine supplementation. European journal of nutrition. Vol. 53. Núm. 2. p. 387-393. 2014.

-Tonello, L.; e colaboradores. Aerobic training and lipid profile of hypothyroid rats. Revista Andaluza de medicina del Deport. Vol. 6. Núm. 2. p. 47-51. 2013.

-Valentina, V.N.; e colaboradores. Subclinical Hypothyroidism and risk to carotid atherosclerosis. Arquivo Brasileiro de Endocrinologia e Metabologia. Vol. 55. Núm. 7. p. 475-480. 2011.

-Von Hafe, M.; e colaboradores. The impact of thyroid hormone dysfunction on ischemic heart disease. Endocrine connections. Vol. 8. Núm. 5. p.R76-R90. 2019.

-Willoughby, D. S.; e colaboradores. Effects of 7 days of arginine-alpha-ketoglutarate supplementation on blood flow, plasma L-arginine, nitric oxide metabolites, and asymmetric dimethyl arginine after resistance exercise. International journal of sport nutrition and exercise metabolism. Vol. 21. Núm. 4. p. 291-299. 2011.

-Zago, A. S.; Zanezso, A. Óxido nítrico, doenças cardiovasculares e exercício físico. Sociedade Brasileira de Cardiologia. Vol. 87. Núm. 6. p. 264-270. 2006.

Publicado
2021-05-20
Como Citar
Domenico, C. R., Ribeiro , J., Mello, A., Peres , A., & Dorneles, G. P. (2021). Efeito do exercício físico e da suplementação com L-arginina em marcadores bioquímicos, antropométricos e de força em mulheres com Hipotireoidismo. RBNE - Revista Brasileira De Nutrição Esportiva, 14(86), 281-290. Recuperado de http://www.rbne.com.br/index.php/rbne/article/view/1654
Seção
Artigos Científicos - Original