Avaliação da rotulagem de suplementos proteicos comercializados na cidade do Recife-PE

  • Hannah Fernandes Cavalcanti Brandão Faculdade Pernambucana de Saúde (FPS), Recife- PE, Brasil.
  • Lizandra de Souza Galdino Faculdade Pernambucana de Saúde (FPS), Recife- PE, Brasil.
  • Lúcia Roberta de Souza Filizola Faculdade Pernambucana de Saúde (FPS), Recife- PE, Brasil.
  • Sydia Darcila Machado Cavalcanti Faculdade Pernambucana de Saúde (FPS), Recife- PE, Brasil.
Palavras-chave: Suplemento alimentar, Rótulo, Regulamentação

Resumo

A população mundial está cada vez mais à procura de uma melhor qualidade de vida, buscando a prática de exercícios físicos e o consumo de suplementos que auxiliem na melhora dos seus resultados. A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA), órgão federal responsável pela regulamentação e fiscalização de suplementos no Brasil, publicou em 26 de julho de 2018, a RDC Nº 243, em que dispõe sobre os requisitos para composição, qualidade, segurança e rotulagem dos suplementos alimentares. Devido à importância de se ter informações fidedignas na rotulagem dos suplementos, o presente trabalho teve como objetivo analisar a rotulagem de suplementos proteicos comercializados na cidade do Recife-PE, conforme a RDC Nº 243, de 26 de julho de 2018. A pesquisa tem caráter descritivo e comparativo. Para a coleta dos dados, inicialmente foi realizado o registro fotográfico de todos os rótulos dos suplementos durante as visitas aos estabelecimentos selecionados em seguida, foi registrado em planilha no Excel o nome do produto e sua respectiva marca, sendo analisadas no total 20 amostras de suplementos proteicos. O presente estudo demonstra que 100% (n=20) dos rótulos apresentaram não conformidade em pelo menos um dos itens analisados. Conforme os resultados obtidos, pode-se concluir que todas as amostras apresentaram não conformidade em pelo menos um item de acordo com as duas legislações utilizadas.

Referências

-Brasil. Ministério da Saúde/Agência Nacional de Vigilância Sanitária/Diretoria Colegiada. Dispõe sobre os requisitos sanitários dos suplementos alimentares. Diretoria Colegiada. Num. 243 de 26 de julho de 2018. Brasília. 2018.

-Brasil. Ministério da Saúde/Agência Nacional de Vigilância Sanitária/Diretoria Colegiada. Dispõe sobre alimentos para atletas. Diretoria Colegiada. Num. 18 de 27 de abril de 2010.

-CFN. Conselho Federal de Nutrição - Resolução n° 656. de 15 de junho de 2020.

-CFN. Conselho Federal de Nutrição - Resolução nº 600, de 25 de fevereiro de 2018.

-Catalani, L.A.; Kang, E.M.S.; Dias, M.C.G.; Maculevicius, J. Fibras alimentares. Rev. Bras. Nutr. Clin. Vol. 4. Num. 18. 2003. p. 178-182.

-Cavada, G.S.; Paiva, F.F.; Helbig, E.; Borges, L.R. Nutritional labelling: do you know that are you eating?. Braz. J. Food Technol. Vol 4. p. 84-88. 2012.

-Ferreira, A.C.D. Adequabilidade à legislação dos suplementos proteicos e de creatina para atletas. Nutrição em Pauta. Vol. 121. 2013. p.15-9.

-Freitas, H. R.; Bizarello, T. B.; Romano, U. S.; Silva Santana, P. G. B.; Silva, R. H. S.; Castro, I. P. L. Avaliação da rotulagem e informação nutricional de suplementos proteicos importados no Brasil. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva. São Paulo. Vol. 9. Núm. 49. p.14-24. 2015.

-Gabriels, G.; Lambert, M. Nutritional supplement products: does the label information influence purchasing decisions for the physically active?. Nutr J. Vol. 12. Num. 1. 2013. p.133-16.

-Kreider, R.B.; Kalman D.S.; Antonio, J.; Ziegnsfuss, T.N.; Wildman, R.; Collins, R.; Candow, D.G.; Kleiner S.M.; Almada A.L.; Lopez H.L.; International Society of Sports Nutrition position stand: safety and efficacy of creatine supplementation in exercise, sport, and medicine. J Int Soc Sports Nutr. Vol.14. Num. 18. 2017.

-Lane, M.T.; Herda, T.J., Fry, A.C., Cooper, M.A., Andre, M.J, Gallagher, P.M. Endocrine responses and acute mTOR pathway phosphorylation to resistance exercise with leucine and whey. Biol Sport. Vol.34. Num. 2. p.197-203. 2017.

-Leite, V.C.C.; Souza, E.B.; Neves, A.S.; Saron, M.L.G.; Mallet, A.C.T.; Oliveira, C.F. Análise dos Rótulos de Suplementos Protéicos para Atletas, segundo as Normas Brasileiras em Vigência. Cadernos UniFOA. Vol. 1. Núm. 28. p.69-74. 2015.

-Macedo, T.S.; Sousa A.L.; Fernandez, N.C. Suplementação e consumo alimentar em praticantes de musculação. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva. São Paulo. Vol. 11. Núm. 68. p.974-985. 2018.

-Moreira, F.P.; Rodrigues, K.L. Conhecimento nutricional e suplementação alimentar por praticantes de exercícios físicos. Rev Bras Med Esporte. Vol.20. Num.5. 2014. p.370-3.

-Moreira, S.S.P.; Cardoso, F.T.; Souza, G.G.; Silva, E.B. Avaliação da adequação da rotulagem de suplementos esportivos. Corpus et Scientia. Vol.9. Num.2. 2013. p.45-55.

-Nabuco, H.C.G.; Rodrigues V.B.; Coelho, C.F. Fatores associados ao uso de suplementos alimentares entre atletas: Revisão Sistemática. Rev Bras Med Esporte. Vol. 22. 2016.

-Rodrigues, M.S.; Júnior, A.L.R.C. Avaliação da rotulagem de suplementos proteicos comercializados em lojas especializadas em São Luís-MA. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva. São Paulo. Vol. 11. Núm. 64. p.420-427. 2017.

-Santos, G.M.; Sousa, P.V.L.; Oliveira, J.M.S.; Saldanha, N.M.V.; Neiva, R.C.; Barros, N.V.A. Análise da rotulagem de suplementos proteicos comercializados na cidade de Teresina-PI. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva. São Paulo. Vol. 12. Num. 70. 2018. p.255-261.

-Sasaki, C.A.L.; Aruda.; S.F.; Costa.; T.H.M. Avaliação da rotulagem de suplementos energéticos em Brasília. Rev Bras Med Esporte. Vol. 24. 2018.

-Silva, F.S.; Lupki, F.B.; Morais, H.A. Avaliação da rotulagem nutricional de suplementos energéticos comercializados em Diamantina, Minas Gerais. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva. São Paulo. Vol. 11. Num. 64. 2017.

Publicado
2021-10-22
Como Citar
Brandão, H. F. C., Galdino, L. de S., Filizola, L. R. de S., & Cavalcanti, S. D. M. (2021). Avaliação da rotulagem de suplementos proteicos comercializados na cidade do Recife-PE. RBNE - Revista Brasileira De Nutrição Esportiva, 15(93), 281-289. Recuperado de http://www.rbne.com.br/index.php/rbne/article/view/1685
Seção
Artigos Científicos - Original