A carnosina diminui os efeitos da acidose muscular durante o exercício

  • Victor Araújo Ferreira Matos Universidade Potiguar (UNP)
  • Nailton José Brandão Albuquerque Filho Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN)
  • Gleidson Mendes Rebouças Universidade do estado do Rio Grande do Norte (UERN)
  • Thiago Renee Felipe Universidade Potiguar (UNP)
  • Cristiane Clemente de Mello Salgueiro Universidade Potiguar (UNP)
  • Edson Fonseca Pinto Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN)
Palavras-chave: Beta-alanina, Tamponamento intramuscular, Fadiga muscular, Suplemento dietético

Resumo

A carnosina é um dipeptídeo composto pelos aminoácidos beta-alanina e histidina encontrado em maior parte no tecido muscular. Sua síntese ocorre através da enzima carnosina sintase tendo a beta alanina como precursor limitante. Estudos tem mostrado que o aumento nos níveis de carnosina melhora o desempenho esportivo, devido a redução da diminuição do pH intramuscular durante o exercício, proporcionando maior capacidade de tamponamento de íons de hidrogênio (H+). O objetivo da presente revisão foi analisar estudos relacionados aos efeitos da suplementação crônica de beta-alanina no desempenho esportivo nos últimos anos. A estratégia de busca foi realizada através de consulta às bases de dados PubMed e Trip database, utilizando os descritores “carnosine”, “beta-alanine” e “exercise” de forma combinada em artigos publicados entre janeiro de 2007 e dezembro de 2013. Foram incluídos na análise apenas artigos originais e foram excluídos artigos que avaliaram amostra não saudável, suplementação de beta-alanina associada a outras substâncias, além de teses, dissertações e trabalhos de revisão. Com base na reunião de informações acreditamos que a suplementação de beta alanina pode ser considerada uma estratégia eficaz no aumento dos níveis de carnosina, refletindo em melhoria de desempenho através de aumento do tempo de exaustão e atraso no limiar de fadiga neuromuscular, apresentando melhores efeitos em atividades de alta intensidade.

 

ABSTRACT

Does carnosine reduce the effects of muscle acidosis during exercise?

Carnosine is a dipeptide of beta-alanine and histidine amino acids, being found in most of the muscle tissue. Its synthesis occurs through carnosine synthase enzyme having the beta alanine as a limiting precursor. The most recent works have shown that increased levels of carnosine improves sports performance due to reducing of decrease in pH intramuscular during exercise, providing greater buffering capacity of hydrogen ions (H +). The aim of this review was to analyze works related to the effects of chronic beta-alanine supplementation on exercise performance recent years. The search strategy was done through consultation with PubMed and Trip Database data using the combined descriptors “carnosine”, “beta-alanine” and “exercise” in articles published between January 2007 and December 2013. We included in this analysis just original articles and articles that evaluated unhealthy sample, beta-alanine supplementation associated with other substances, as well as these, dissertations and reviews were excluded. Based on information meeting, we believe that beta-alanine supplementation can be considered an effective strategy in increasing carnosine levels, reflecting improved performance through increased time to exhaustion and delayed on neuromuscular fatigue threshold, presenting better effects in high intensity activities.

Publicado
2015-04-03
Como Citar
Matos, V. A. F., Albuquerque Filho, N. J. B., Rebouças, G. M., Felipe, T. R., Salgueiro, C. C. de M., & Pinto, E. F. (2015). A carnosina diminui os efeitos da acidose muscular durante o exercício. RBNE - Revista Brasileira De Nutrição Esportiva, 9(50), 164-171. Recuperado de http://www.rbne.com.br/index.php/rbne/article/view/526
Seção
Artigos Científicos - Original