Avaliação nutricional de jogadores de Rúgbi

Ana Cecilia Vasconcelos Serrilho Naves, Kelly Mayumi Isizuka, Mariana de Oliveira Ruas, Raquel de Araújo Ramada, Márcia Nacif

Resumo


Objetivo: Avaliar os dados antropométricos e de consumo alimentar de jogadores de um time de rúgbi de uma universidade privada de São Paulo. Métodos: Participaram do estudo jogadores com idade média de 21,33 anos com os quais foi realizada avaliação antropométrica, aferindo peso e altura, medidas de circunferências corporais, dobras cutâneas e percentual de gordura corporal. O consumo alimentar foi avaliado por meio da aplicação de um recordatório de 24 horas. A análise dos macronutrientes do R24h foi feita pelo software Avanutri Online e foi realizada a comparação com as recomendações da Sociedade Brasileira de Medicina do Exercício e do Esporte (2009). Resultados: Observou-se IMC médio de 24,29 Kg/m2 e percentual de gordura corporal de 12,43%. As variáveis antropométricas apontaram a maioria dos indivíduos como eutróficos e com percentual de gordura corporal adequado. O consumo alimentar estava adequado em relação à ingestão energética, porém com inadequações para a distribuição de proteínas, lipídeos e carboidratos. Também se verificou consumo de suplementos alimentares por 40% dos jogadores. Conclusões: Desta forma, sugere-se que há grande espaço para a afirmação da nutrição como elemento fundamental de rendimento para estes atletas.

 

ABSTRACT 

Nutritional assessment of rugby players

Objective: To investigate the anthropometric and food intake of rugby players of a team from a private university in São Paulo. Methods: Study participants were players with mean age of 21.33 years with whom anthropometric assessment was carried out, checking weight and height, body circumferences, skinfold thickness and body fat percentage. Dietary intake was assess by a 24-hour recall. Analysis of the macronutrients was made by Avanutri Online software and was compared with the recommendations of the Brazilian Society of Medicine Exercise and Sports (2009). Results: The anthropometric assessment indicated an average BMI 24,29 kg/m2 and the body fat percentage 12,43%. The anthropometric variables shows most individuals as eutrophic and adequate percentage of body fat. Dietary intake was adequate in relation to energy intake, but with inadequacy for distribution of proteins, lipids and carbohydrates. The consumption of dietary supplements was cited by 40% of the players. Conclusion: Thus, it is suggested that there is great field for the affirmation of nutrition as a key element of income for these athletes.

Palavras-chave


Antropometria; Consumo alimentar; Esporte

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons

RBNE - Revista Brasileira de Nutrição Esportiva

IBPEFEX - Instituto Brasileiro de Pesquisa e Ensino em Fisiologia do Exercício

Editor-Chefe: Francisco Navarro. E-mail para contato: aqui

Editor Gerente: Francisco Nunes Navarro. E-mail para contato: aqui