Consumo de suplementos alimentares enriquecidos de vitaminas e minerais, e/ou suplemento vitamínico-mineral em uma Universidade Privada de Brasília-DF

Thaisy Oliveira Frinhani, Valeria Leonhardt

Resumo


Objetivo: Verificar o consumo de suplementos vitamínico – mineral, e os fatores que o envolve, assim como a prevalência na indicação. Materiais e Métodos: Foi aplicado um questionário estruturado de múltipla escolha, para 160 universitários de uma instituição privada de Brasília – DF, os indivíduos foram divididos entre ciências exatas, humanas e biológicas, a partir do 5º semestre e de ambos os sexos. Resultados: Do total da amostra, 58,2% (93) já consumiram suplementos de vitaminas e/ou minerais. Sendo 57,5% dos usuários do grupo de ciências exatas e humanas, e 58,7% de ciências biológicas. A prevalência de indicação do primeiro grupo, foi realizado por médicos (39%), no segundo grupo a indicação que prevaleceu foi à vontade própria (38,3%). Discussão: O consumo de suplemento alimentar é alto na população brasileira, e quanto mais recente o estudo, maior é a prevalência do consumo de suplementos alimentares. Sendo um dos fatores, a ausência do conhecimento que uma alimentação equilibrada e com qualidade, supre as necessidades nutricionais de indivíduos saudáveis que praticam exercícios físicos. Conclusão: Os dados do presente estudo e de pesquisas anteriores mostra que, cada vez mais indivíduos vêm usando suplementos alimentares. Diante dos resultados é evidente a importância de conscientizar a população, que o consumo de suplementos nutricionais deve ocorrer após diagnostico do estado nutricional, por meio de resultados clínicos, dietéticos, antropométricos e bioquímicos.

 

ABSTRACT 

Supplements food consumption enriched of vitamins and minerals, and / or supplement vitamin - mineral in a private university of Brasilia-DF

Objective: To determine the consumption of vitamin supplements - mineral, and the factors surrounding it, as well as the prevalence in the statement. Materials and Methods: A structured questionnaire was applied multiple choice, for 160 students of a private institution of Brasília - DF, subjects were divided among exact sciences, human and biological, from the 5th semester and both sexes. Results: Of the total sample, 58.2% (93) have consumed supplements of vitamins and / or minerals. It is 57.5% of users in the group of exact sciences and humanities, and 58.7% of biological sciences. The prevalence indication of the first group, was conducted by doctors (39%) in the second group the statement that prevailed was the will (38.3%). Discussion: consumer food supplement is high in the Brazilian population, and the more recent the study, the greater the prevalence of food supplements. It is one of the factors, the lack of knowledge that a balanced diet and quality, meets the nutritional needs of healthy individuals who practice physical exercises. Conclusion: The data of this study and previous research shows that more and more individuals have used dietary supplements. Based on the results is clearly important to educate the public that the consumption of nutritional supplements must occur after diagnosis of nutritional status, through clinical, dietary, anthropometric and biochemical results.


Palavras-chave


Suplementação Alimentar; Consumo; Vitaminas e Minerais

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons

RBNE - Revista Brasileira de Nutrição Esportiva

IBPEFEX - Instituto Brasileiro de Pesquisa e Ensino em Fisiologia do Exercício

Editor-Chefe: Francisco Navarro. E-mail para contato: aqui

Editor Gerente: Francisco Nunes Navarro. E-mail para contato: aqui