Caracterização do estado nutricional, atividade física e alimentação de escolares entre 9 e 10 anos da rede pública de ensino de Coimbra-MG

Isabel Oliveira Almeida, Francisco Navarro

Resumo


Fatores de risco cardiovasculares e doenças crônicas degenerativas podem ser desenvolvidos durante a infância e adolescência e estão associados com morbidade e mortalidade na vida adulta, tornando necessária a prevenção primária nessas fases, incluindo o controle da dieta e da atividade física como objetivos na promoção de saúde. Sendo assim, o objetivo do artigo foi caracterizar o estado nutricional, a atividade física e o consumo alimentar de escolares participantes do Projeto “Educação Alimentar e Nutricional das escolas municipais de Coimbra-MG”. Participaram do estudo 62 crianças com idade média de 9,8 anos. Foram coletados dados antropométricos (peso e altura) e aplicado o questionário Dia Típico de Atividade Física e de Consumo Alimentar (DAFA). Os resultados mostraram que 69% das crianças apresentaram peso adequado, 26% sobrepeso/obesidade e 5% magreza. Quanto à prática de atividade física, os meninos foram mais ativos em relação aos tipos, intensidade e frequência semanal. Já a alimentação, foi considerada “Parcialmente adequada” já que a maioria (91%) atingiu a recomendação de cinco refeições estruturadas e a frequência de consumo para 5 dos 8 grupos alimentares do Guia Alimentar para a População Brasileira, 2008. Conclui-se a importância da continuidade da intervenção nutricional na escola assim como a implantação de ações que promovam a prática regular de atividade física a fim de conscientizar e incentivar as crianças para a prevenção do sobrepeso/obesidade e doenças crônicas não transmissíveis.

 

ABSTRACT 

Characterization of nutritional status, physical activity and school supply between 9 and 10 years of public education of Coimbra-MG

Cardiovascular risk factors and chronic degenerative diseases can be developed during childhood and adolescence is associated with morbidity and mortality in adulthood, requiring primary prevention in these phases, including the control of diet and physical activity objectives in health promotion. Thus, the aim was to characterize the nutritional status, physical activity and food intake of schoolchildren participating in the project "Food and Nutrition Education of the public schools in Coimbra / MG." The study included 62 children with an average age of 9.8 years. Anthropometric data (height and weight) and administered the questionnaire Typical Day for Physical Activity and Food Consumption (DAFA). The results showed that 69% of children had normal weight, 26% overweight / obesity and thinness 5%. Regarding physical activity, boys were more active on the types, intensity and frequency weekly. As for food, was considered "Partly proper" since most (91%) reached the recommendation five structured meals and consumption frequency for 5 of the 8 food groups of the Food Guide for the Brazilian Population, 2008. We conclude the importance of continuity of nutritional intervention in school as well as the implementation of actions that promote the practice of regular physical activity to raise awareness and encourage children to prevent overweight/obesity and chronic diseases.

Palavras-chave


Criança; Consumo de alimentos; Exercício

Texto completo:

PDF

Referências


-Azambuja, A. P. O.; Netto-Oliveira, E. R.; Azambuja, M. A.; Oliveira, A. A. B.; Rinaldi, W. Prevalência e fatores associados ao excesso de peso em escolares. Revista Baiana de Saúde Pública. Vol. 36. Núm. 3. 2012. p.740-750.

-Baker, J. L.; Olsen, L. W.; Sorensen, T. I. Childhood body mass index and the risk of coronary heart disease in adulthood. The New England Journal of Medicine. Vol. 357. Núm. 23. 2007. p.29-37.

-Barros, M. V. G.; Assis, M. A. A.; Pires, M. C.; Vasconcelos, F. A. G.; Grosseman, S.; Luna, M. E. P.; e colaboradores. Desenvolvimento e validação do questionário Dia Típico de Atividades Físicas e de Alimentação (DAFA) para crianças de sete a dez anos de idade. Revista de Saúde Pública. 2003.

-Bernardo, C. O.; Pudla, K. J.; Longo, G. Z.; Vasconcelos, V. A. G. Fatores associados ao estado nutricional de escolares de 7 a 10 anos: aspectos sociodemográficos, de consumo alimentar e estado nutricional dos pais. Revista Brasileira de Epidemiologia. Vol. 15. Núm. 3. 2012. p.651-661.

-Bracco, M. M.; Colugnati, F. A. B.; Pratt, M.; Taddei, J. A. A. C. Multivariate hierarchical model for physical inactivity among public school children. Jornal de Pediatria. Vol. 82. 2006. p.302-307.

-Brasil, Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de Atenção Básica. Guia alimentar para população brasileira: promovendo a alimentação saudável. Brasília: Ministério da Saúde, 2008, 210p.

-Carmo, M. B.; Toral, N.; Silva, M. V.; Slater B. Consumo de doces, refrigerantes e bebidas com adição de açúcar entre adolescentes da rede pública de ensino de Piracicaba, São Paulo. Revista Brasileira de Epidemiologia. Vol. 9. 2006. p.121-130.

-Costa, F. F.; Assis, M. A. A. Nível de atividade física e comportamentos sedentários de escolares de sete a dez anos de Florianópolis-SC. Revista Brasileira de Atividade Física & Saúde. Vol. 16. Núm. 1. 2011.

-Costa, L. C. F.; Vasconcelos, F. A. G.; Corso, A. C. T. Fatores associados ao consumo adequado de frutas e hortaliças em escolares de Santa Catarina, Brasil. Caderno de Saúde Pública. Vol. 28. Num. 6. 2012. p.1133-1142.

-Deminice, R.; Laus, M. F.; Marins, T. M.; Silveira, S. D. O.; Dutra de Oliveira, J. E. Impacto de um programa de educação alimentar sobre conhecimentos, práticas alimentares e estado nutricional de escolares. Alimentos e Nutrição. Vol. 18. p.35-40. 2007.

-Dumith, S. C.; Domingues, M. R.; Gigante, D. P.; e colaboradores. Prevalence and correlates of physical activity among adolescents from Southern Brazil. Revista de Saúde Pública. Vol. 44. 2010. p.457-467.

-Fagundes, A. L. N.; Ribeiro, D. C.; Naspitz, L.; Garbelini, L. E. B.; Vieira, J. K. P.; Silva, A. P. Prevalência de sobrepeso e obesidade em escolares da região de Parelheiros do município de São Paulo. Revista Paulista de Pediatria. Vol. 26. Núm. 3. 2008. p.212-217.

-Flores, T. R.; Ciochetto, C. R.; Nunes, B. P.; Vieira M. F. A. Consumo de refrigerantes entre escolares de séries iniciais da cidade de Pelotas, Rio Grande do Sul. Revista Ciência & Saúde. Vol. 6. Núm. 1. 2013. p.59-66.

-Gaglianone, C. P.; Taddei, J. A. A. C.; Colugnati, F. A. B.; Magalhães, C. G.; Davanço, G. M.; Macedo, L.; e colaboradores. Nutrition education in public elementary schools of São Paulo, Brazil: the reducing risks of illness and death in adulthood project. Revista de Nutrição. Vol. 19. 2006. p.309-320.

-Guedes, D. P.; Mendes, R. R. Crescimento físico e estado nutricional de escolares do Vale do Jequitinhonha, Minas Gerais, Brasil. Revista Brasileira Cineantropometria e Desempenho Humano. Vol. 14. Núm. 4. p.363-376. 2012.

-Hallal, P. C.; Bertoldi, A. D.; Gonçalves, H.; Victora, C. G. Prevalência de sedentarismo e fatores associados em adolescentes de 10-12 anos de idade. Caderno de Saúde Pública. Vol. 22. 2006. p.1277-1287.

-Jelliffe, D. B. Evaluación del estado de nutrición de la comunidad; com especial referencia a las encuestas en las regiones em desarrollo. Genebra: Organización Mundial de la Salud. 1968. 291p.

-Lasater, G.; Piernas, C.; Popkin, B. Beverage patterns and trends among school-aged children in the US, 1989-2008. Nutrition Journal. Vol. 10. Núm. 1. 2011. p.103. DOI:10.1186/1475-2891-10-103

-Lazarou, C.; Panagiotakos, D. B.; Panayiotou, G.; Matalas, A. L. Overweight and obesity in preadolescent children and their parents in Cyprus: prevalence and associated socio-demographic factors - the CYKIDS study. Obesity Rev. Vol. 9. 2008. p.185-193.

-Li, X.; Li, S., Ulusoy, E.; Chen, W.; Srinivasan, S. R.; Berenson, G. S. Childhood Adiposity as a Predictor of Cardiac Mass in Adulthood: The Bogalusa Heart Study. Circulation. Vol. 110. Núm. 22. 2004. p.3488-3492.

-Lopes, P. C. S.; Prado, S. R. L. A.; Colombo, P. Fatores de risco associados à obesidade e sobrepeso em crianças em idade escolar. Revista Brasileira de Enfermagem. Vol. 63. 2010. p.73-78.

-Malina, R.; Bouchard, C. Atividade física do atleta jovem: do crescimento a maturação. São Paulo: Roca. 2002.

-Pereira, P. J. A.; Lopes, L. S. C. Obesidade infantil: estudo em crianças num ATL. Millenium. Vol. 42. 2012. p.105-125.

-Pérez-Lizaur, A. B.; Kaufer-Horwitz, M.; Plazas, M. Environmental and personal correlates of fruit and vegetables consumption in low income, urban Mexican children. Journal of Human Nutrition and Dietetics. Vol. 21. 2008. p.63-71.

-Rae-Ellen, W. K.; Stephen, R. D.; Ronald, M. L.; Dianne, L. A.; Laura, L. H.; Kathryn, T. American Heart Association Guidelines for Primary Prevention of Atherosclerotic Cardiovascular Disease Beginning in Childhood. Circulation. Vol. 107. Núm. 11. 2003. p.1562-1566.

-Rosaneli, C. F.; Auler, F.; Manfrinato, C. B.; Rosaneli, C. F.; Sganzerla, C. e colaboradores. Avaliação da prevalência e de determinantes nutricionais e sociais do excesso de peso em uma população de escolares: análise transversal em 5.037 crianças. Revista Associação Médica Brasileira. Vol. 58. Núm. 4. 2012. p.472-476.

-Roseman, M. G.; Yeung, W. K.; Nickelsen, J. Examination of weight status and dietary behaviors of middle school students in Kentucky. Journal of the American Dietetic Association. Vol. 107. 2007. p.1139-1145.

-Soar, C.; Vasconcelos, F. A. G.; Assis, M. A. A. Prevalência de sobrepeso e obesidade em escolares de uma escola pública de Florianópolis, Santa Catarina. Revista brasileira de Saúde Materno Infantil. Vol. 4. Núm. 4. 2004. p.391-397.

-Whitaker, R. C.; Wright, J. A.; Pepe, M. S.; Seidel, K. D.; Dietz, W. H. Predicting obesity in young adulthood from childhood and parental obesity. The New England Journal of Medicine. Vol. 337. 1997. p.869-873.

-World Health Organization. Tables of BMI-for-age (5-19 years). 2007. Disponível em: . Acesso em 10 de janeiro de 2013.

-Zancul, M. S. Orientação nutricional e alimentar dentro da escola: Formação de conceitos e mudanças de comportamento. Tese de Doutorado. Araraquara. Faculdade de Ciências Farmacêuticas. Universidade Estadual Paulista. 2008.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons

RBNE - Revista Brasileira de Nutrição Esportiva

IBPEFEX - Instituto Brasileiro de Pesquisa e Ensino em Fisiologia do Exercício

Editor-Chefe: Francisco Navarro. E-mail para contato: aqui

Editor Gerente: Francisco Nunes Navarro. E-mail para contato: aqui