Conhecimento sobre suplementos alimentares e recursos ergogênicos em profissionais de Educação Física das academias da cidade de Ubá-MG

Jeferson Simoncini Inácio da Silva, Idail Gonçalves Júnior, Elizângela Fernandes Ferreira, Rômulo José Mota Júnior, Renata Aparecida Rodrigues de Oliveira

Resumo


Introdução: Os suplementos alimentares (SA) e os recursos ergogênicos (RE) são utilizados na tentativa de aumentar os resultados físicos nas academias e, na maioria das vezes, são prescritos pelos profissionais de educação física. Objetivo: Avaliar o conhecimento dos profissionais formados em educação física, que atuam na área das academias, a respeito dos principais SA e RE. Materiais e Métodos: Foi feito um estudo descritivo, no qual foram avaliados 30 professores de educação física, de ambos os sexos. Utilizou-se um questionário semiestruturado e validado de 17 perguntas de múltipla escolha, em relação ao consumo de suplementos, à frequência em que são consumidos, por quem foram indicados, entre outras perguntas. A análise dos dados foi realizada através de uma estatística descritiva. Resultados: Dentre os avaliados, 93,3% disseram terem conhecimento sobre SA e RE; 50% admitiram ter obtido suas informações sobre SA e RE por um nutricionista; e 80% afirmaram que seu consumo pode ser necessário em certos momentos. Um total de 90% da amostra mencionou fazer uso ou ter conhecimento de alguém que já usou anabolizante. Conclusão: A maioria dos profissionais possui conhecimento sobre SA e RE, obteve suas informações através de um profissional da nutrição e conhece os riscos da utilização de anabolizantes.

 

ABSTRACT 

Knowledge on food supplements and ergogenic resources of physical education professionals of academies from the city of Ubá-MG

Introduction: Food supplements (FS) and ergogenic resources (ER) are used as an attempt to increase physical performance in gyms and, most of the times, are prescribed by physical education professionals. Aim: To evaluate the knowledge of professionals formed in physical education, that work in the area of academies, regarding the main FS and ER. Materials and Methods: A descriptive study was carried out in which 30 physical education teachers of both sexes were evaluated. A semi-structured and validated questionnaire of 17 multiple-choice questions was used in relation to the consumption of supplements, the frequency at which they are consumed, by whom they were indicated, among other questions. Data analysis was performed using descriptive statistics. Results: Among those evaluated, 93.3% said they had knowledge about FS and ER; 50% admitted having obtained their information on FS and ER by a nutritionist; And 80% stated that their consumption may be necessary at certain times. A total of 90% of the sample mentioned making use of or having knowledge of someone who has ever used anabolic. Conclusion: Most professionals have knowledge about FS and RE, obtained their information through a nutrition professional and know the risks of using anabolic.

Palavras-chave


Nutrição Esportiva; Suplementação; Professores de Educação Física

Texto completo:

PDF

Referências


-Agencia Nacional de Vigilancia Sanitária-Anvisa. Alimentos para atletas. Suplementos alimentares. Disponível em: . Acesso em: 01/10/2016.

-Almeida, C.; Radke, T.L.; Liberli, R.; Navarro, F. Avaliação do conhecimento sobre nutrição esportiva, uso e indicação de suplementos alimentares por educadores físicos nas academias de Passo Fundo-RS. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva. Vol. 3. Núm. 15. p.232-240. 2009. Disponível em:

-Alves, S. C. R.; Navarro, F. O uso de suplementos alimentares por frequentadores de academias de Potim-SP. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva. Vol. 4. Núm. 20. p.139-146. 2010. Disponível em:

-Assunção, S. S. M. Dismorfia muscular. Revista Brasileira de Psiquiatria. Vol. 24. Supl. III. p. 80-84. 2002.

-Azevedo, A. M. P.; Ferreira, A. C. D.; Silva, P. P. C.; Silva, E. A. P. C.; Caminha, I. O. Dismorfia muscular: características alimentares e da suplementação nutricional. ConScientiae Saúde. Vol. 10. Núm. 1. p.129-137. 2011.

-Brasil. Lei Federal n° 9.696, artigo 10, de 1º de setembro de 1998. Código Civil. Disponível em: Acesso em: 18/03/2016.

-Brasil. Lei Federal n° 8234, artigo 4º, de 17 de setembro de 1991. Código Civil. Disponível em: . Acesso em: 27/03/2016.

-Domingues, S. F.; Marins, J. C. B. Utilização de recursos ergogênicos e suplementos alimentares por praticantes de musculação em Belo Horizonte/MG. Fitness e Performance Journal. Núm. 4. p.218-226. 2007.

-Fayh, A. P.T.; Silva, C. V. D.; Jesus, F. R. D. D.; Costa, G. K. Consumo de suplementos nutricionais por frequentadores de academias da cidade de Porto Alegre. Revista Brasileira de Ciências do Esporte. Vol. 35. Núm. 1. p.27-37. 2012.

-Fontes, A. M. S. A.; Navarro, F. Consumo de suplementos nutricionais por praticantes de atividades físicas em academias de Sete Lagoas-MG. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva. Vol. 4. Núm. 24. p.515-523. 2010. Disponível em:

-Fujita, A. G.; da Silva, U. S. L. G.; Navarro, A. C. Consumo de suplementos alimentares entre educadores físicos da cidade de São Paulo. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva. Vol. 4. Núm. 20. p.130-138. 2010. Disponível em:

-Hallak, A.; Fabrini, S.; Peluzio, M. C. G. Avaliação do consumo de suplementos nutricionais em academias da zona sul de Belo Horizonte-MG, Brasil. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva. Vol. 1. Núm. 2. p.55-60. 2007. Disponível em:

-Hernandez, A. J.; Nahas, R. M. Modificações dietéticas, reposição hídrica, suplementos alimentares e drogas: comprovação de ação ergogênica e potenciais riscos para a saúde. Revista Brasileira de Medicina do Esporte. Vol. 9. Núm. 2. p.3-12. 2009.

-Lopes, F. G.; Mendes, L. L.; Binoti, M. L.; Oliveira, N. P.; Percegoni, N. Conhecimento sobre nutrição e consumo de suplementos em academias de ginástica de Juiz de Fora, Brasil. Revista Brasileira de Medicina do Esporte. Vol. 21. Núm. 6. p.451-456. 2015.

-Moreira, F. P.; Rodrigues, K. L. Conhecimento nutricional e suplementação alimentar por praticantes de exercícios físicos. Revista Brasileira de Medicina do Esporte. Vol. 20. Núm. 5. p.370-373. 2014.

-Nogueira, F. R. S.; Brito, A. F.; Vieira, T. I.; Oliveira, C. V. C.; Gouveia, R. L. B. Prevalência de uso de recursos ergogênicos em praticantes de musculação na cidade de João Pessoa, Paraíba. Revista Brasileira de Ciências do Esporte. Vol. 37. Núm. 1. p.56-64. 2015.

-Nogueira, F. R. S.; Souza, A. A.; Brito, A. F. Prevalência do uso e efeito de recursos ergogênicos por praticante de musculação nas academias brasileiras: uma revisão sistematizada. Revista Brasileira de Atividade Física, Pelotas-RS. Vol. 18. Núm. 1. p.16-30. 2013.

-Pereira, R. F.; Lajolo, F. M.; Hirschbruch, M. D. Consumo de suplementos por alunos de academias de ginástica em São Paulo. Revista de Nutrição. Vol. 16. Núm. 3. p.265-272. 2003.

-Silva, H.; Silveira, M. C. S.; Araújo, N. T. M.; Moraes, S. S.; Amaro, S.; Araújo, M. A.; Alvarenga, M. L. Avaliação do conhecimento em nutrição esportiva de profissionais de educação física em um clube esportivo de São Paulo. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva. Vol. 10. Núm. 56. p.241-247. 2016. Disponível em:

-Schneider, L.; Bennemann, G. D.; Ballard, C. R.; Trindade, M. C. C. Avaliação de conhecimentos em nutrição e de hábitos alimentares por profissionais educadores físicos no município de Guarapuava-Paraná. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva. Vol. 8. Núm. 43. p.65-73. 2014. Disponível em:

-WHO. World Health Organization. Global recommendations on physical activity for health. Geneva. WHO, 2010.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons

RBNE - Revista Brasileira de Nutrição Esportiva

IBPEFEX - Instituto Brasileiro de Pesquisa e Ensino em Fisiologia do Exercício

Editor-Chefe: Francisco Navarro. E-mail para contato: aqui

Editor Gerente: Francisco Nunes Navarro. E-mail para contato: aqui