Avaliação da composição corporal de uma equipe profissional de Futsal da cidade de Pato Branco-PR

Micheli Fernanda Canever, Indiomara Baratto

Resumo


O Futsal é uma modalidade esportiva caracterizada por exercícios intermitentes de intensidade variável, isto proporciona uma necessidade calórica superior à sujeitos não praticantes de exercícios físicos e que dependendo do nível de atividade do atleta, pode representar um importante dispêndio energético diário. O objetivo do presente trabalho foi avaliar a composição corporal de uma equipe profissional de futsal da cidade de Pato Branco-PR. A amostra contou com 16 atletas do gênero masculino com idade média de 21 anos. Após aceitarem o convite os mesmos receberam orientações de pré-teste, a fim de obter resultados fidedignos. Os métodos utilizados foram por impedância bioelétrica e 7 dobras cutâneas e foram aferidas medidas necessárias para determinação e classificação de IMC De acordo com os dados obtidos, a amostra aqui estudada, apresentou uma média boa de massa magra, de acordo com o preconizado para atletas. Ao analisar a massa gorda observou-se que apenas 1% (n=1) dos atletas estavam com a quantidade acima do preconizado. Ao analisar o percentual de água corporal verificou-se que 99% (n=15) estavam dentro dos padrões normais de hidratação, porém apenas 1% (n=1) apresentou uma hiper-hidratação. Ao comparar os dois métodos de avaliação corporal, BIA e DC, observa-se que apresentam valores diferentes, ou seja, o percentual de gordura quando comparados tem-se um valor médio de, BIA 10,61% e DC 7,45%, assim como o percentual de massa magra, sendo um valor médio de BIA 88,77% e DC 92,71%. Destacando que todos os atletas participantes desse estudo estavam dentro dos parâmetros normais de referência.

 

ABSTRACT 

Evaluation of the body composition of a futsasl professional team from the city of Pato Branco-PR

Futsal is a sport characterized by intermittent exercises of varying intensity, this provides a caloric requirement superior to subjects not practicing physical exercises and that depending on the level of activity of the athlete, can represent an important daily energy expenditure. The aim of the present study was to evaluate the body composition of a professional futsal team in the city of Pato Branco-PR. The sample consisted of 16 male athletes with a mean age of 21 years old. After accepting the invitation they received pre-test guidelines in order to obtain reliable results. The methods used were bioelectrical impedance and 7 skinfolds and measurements were necessary to determine and classify BMI According to the data obtained, the sample studied here presented a good mean of lean mass, according to what was recommended for athletes. When analyzing the fat mass, it was observed that only 1% (n=1) of the athletes were with the amount above that recommended. When analyzing the percentage of body water, it was verified that 99% (n=15) were within the normal hydration standards, but only 1% (n=1) presented hyperhydration. When comparing the two methods of body evaluation, BIA and DC, it is observed that they present different values, that is, the percentage of fat when compared has a mean value of BIA 10.61% and DC 7.45% As well as the percentage of lean mass, with an average BIA of 88.77% and DC 92.71%. Noting that all the athletes participating in this study were within normal reference parameters.


Palavras-chave


Nutrição; Composição corporal; Estado nutricional; Atletas

Texto completo:

PDF

Referências


-Aoki, M. S. Fisiologia, treinamento e nutrição aplicados ao futebol. 1 ed. Fountoura: Jundiaí-SP. 2002.

-Biesek, S.; Alves, L.A.; Guerra, I. Estratégias de Nutrição e Suplementação no Esporte. 3 ed. Manole: São Paulo. 2015.

-Brozek, J.; Grande, F.; Anderson, J.; Keys, A. Densitometric analysis of body composition: revision of some quantitative assumptions. Annals of the New York Academy of Sciences. Vol. 110. p. 113-140. 1963.

-Candia, F. N. P. Avaliação nutricional esportiva. in: DUARTE, A. C. Avaliação nutricional: aspectos clínicos e laboratoriais. São Paulo. Atheneu. p. 213-237. 2007.

-Damascena, L. L.; Neto, P. N.; Pereira, A. V. Correlação entre obesidade abdominal, IMC e risco cardiovascular. Centro de Ciências da Saúde/ Departamento de Educação Física/ PROLICEN. João Pessoa-PB, 2009.

-Ferranti, L.T.; Ballard, C.R.; Baratto, I.; Novello, D.; Avaliação Nutricional e Consumo Alimentar de Atletas de Rugby. Rev. da Universidade Vale do Rio Verde. Vol. 13. 2015.

-Hirschbruch, M. D.; Carvalho, J. R. Nutrição esportiva: Uma revisão prática. 2 ed. Manole: São Paulo. 2008.

-Monteiro, R.C.; Guerra, I.; Barros, L.T. Hidratação no futebol: uma revisão. Rev Bras Med Esporte. Vol. 9. Num. 4. 2003.

-Penteado, E. G.; Baratto, I.; Silva, R. Comparação entre o Índice de Massa Corporal e o percentual de gordura na avaliação do estado nutricional de atletas do futsal masculino. Anais da SIEPE, Semana de Integração Ensino, Pesquisa e Extensão 26 a 30 de outubro de 2009.

-Pineau, J. C. Frey, A. Comparaison de la composition corporelle obtenue par bio-impédance et par absorptiométrie biphotonique chez des sportifs de haut niveau. Paris, França, 2014.

-Popkin, B. M. The nutrition transition and its healthimplications in lower-income countries. Publ Health Nutr. Vol. 1. Núm. 1. p.5-21. 1998.

-Prado, W. L.; Botero, J. P.; Guerra, R. L. F.; Rodrigues, C. L.; Cuvello, L. C.; DÂMASO, A. R. Perfil antropométrico e ingestão de Macronutrientes em atletas profissionais brasileiros de futebol, de acordo com suas posições. Rev. Med. Esporte. Vol. 12. Núm. 2. p. 61-65. 2006.

-Santos, J. A. R. Estudo comparativo, fisiológico, antropométrico e motor entre futebolistas de diferente nível competitivo. Rev. Paul. Educ. Fis. Vol. 13. Num. 2. p. 146-159. 1999.

-Slaughter, M.; Lohman, T. An objective method for measurement of muscle-skeletal size to characterize body physique with application to the athletic population. Medicine and Science in Sports and Exercise. Vol. 12. p. 170-174. 1980.

-Souza, O. F. Pires Neto, C. S. Guimarães, F. J. S. P. Comparação e validação cruzada de equações antropométricas e de impedância bioelétrica para estimar a massa corporal magra de alunos do NPOR. Rev. paul. Educ. Fís. Vol. 12. Num. 2. p. 193-201. 1998.

-Souza, J. A.; Navarro, F.; Avaliação do Perfil Antropométrico e Nutricional de Atletas de Futsal do Clube Rio Branco-ES. Rev. Brasileira de Nutrição Esportiva. Vol. 9. Num. 50. p. 111-119. 2015. Disponível em:

-Soares, P.E.P.; Composição Corporal em Atletas de Futsal. Mestrado em Treino Desportivo para Crianças e Jovens. Coimbra, 2011.

-Soares, M. B.; Chagas, E. E. M.; Sehnem, C. R.; Círico, D. Avaliação da Ingestão Calórica e Composição Corporal de Atletas de Futsal Feminino do Município de Guarapuava-Paraná. Rev. Brasileira de Futsal e Futebol. Vol. 8. Num. 29. p. 129-141. 2016. Disponível em:

-World Health Organization. Obesity. Preventing and managing the global epidemic. Report of a WHO consultation on obesity. WHO/NUT/NCD/981, WHO, Geneva. 1998.

-Wilmore, J. H.; Costill, D. L. Training for sport and activity. Boston, Allyn and Bacon, 1987.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons

RBNE - Revista Brasileira de Nutrição Esportiva

IBPEFEX - Instituto Brasileiro de Pesquisa e Ensino em Fisiologia do Exercício

Editor-Chefe: Francisco Navarro. E-mail para contato: aqui

Editor Gerente: Francisco Nunes Navarro. E-mail para contato: aqui