Consumo de suplementos alimentares por adultos praticantes de musculação em academias no interior de Pernambuco

Cleudiane Cabral da Silva, Rebecca Peixoto Paes Silva

Resumo


A alta prevalência na prática de musculação em academias de ginástica no país pode estar associada à busca pela população pelo desenvolvimento de um melhor condicionamento físico e manutenção de hábitos de vida saudáveis. E para alcançar resultados “mais rápidos”, os praticantes de musculação se submetem cada vez mais ao consumo de suplementos alimentares. Portanto, o objetivo do estudo foi avaliar o consumo de suplementos alimentares por adultos praticantes de musculação em academias no interior de Pernambuco. Para tal, foi realizado estudo transversal descritivo, com 180 adultos praticantes de musculação, com idade entre 18 a 59 anos matriculados em duas academias de ginástica dos municípios de Alagoinha e Pesqueira, localizadas no Agreste de Pernambuco, Brasil. Observou-se um elevado consumo de suplementos alimentares (56,7%), com maior frequência do gênero masculino. Dentre os produtos utilizados, aqueles à base de proteína foram os mais consumidos por ambos os sexos. Logo, nota-se que há um consumo desordenado de suplementos alimentares que quando prescritos de forma inadequada por profissionais desabilitados ou indivíduos leigos podem ocasionar possíveis efeitos indesejáveis naqueles que os consomem. Assim, o elevado consumo de suplementos alimentares pelos praticantes de musculação demonstra a necessidade de sensibilização da população a um uso adequado e consciente.

 

ABSTRACT

Consumption of dietary supplements by adults musculation practicers in fitness centers inland of Pernambuco 

The high prevalence in the practice of musculation practicers in fitness centers in the country may be associated with the search for the population by the development of a better physical conditioning and maintenance of healthy habits of life. And to achieve "faster" results, musculation practicers increasingly submit to the consumption of dietary supplements. Therefore, the objective of the study was to evaluate the consumption of dietary supplements by adults musculation practicers in academies in the interior of Pernambuco. For this, a descriptive cross - sectional study was carried out, with 180 adults practicing bodybuilding, aged between 18 and 59 years enrolled in two fitness centers in the municipalities of Alagoinha and Pesqueira, located in Agreste of Pernambuco, Brazil. There was a high consumption of food supplements (56.7%), with a higher frequency of males. Among the products used, those based on protein were the most consumed by both sexes. Therefore, it is noticed that there is a disordered consumption of dietary supplements that when inadequately prescribed by disabled professionals or lay individuals can cause possible undesirable effects in those who consume them. Thus, the high consumption of dietary supplements by musculation practicers demonstrates the need to sensitize the population to appropriate and conscious use.


Palavras-chave


Suplemento alimentar; Suplementação; Academias de ginástica

Texto completo:

PDF

Referências


-Barbosa, D. A.; Oliveira, J. S.; Siqueira, E. C. S.; Fagundes, A. T. S. Avaliação do consumo de suplementos nutricionais por praticantes de musculação. EFDeportes, Revista Digital. Buenos Aires. Vol.16. Num. 162. 2011.

-Cantori, A. M.; Sordi, M. F.; Navarro, A. C. Conhecimento sobre ingestão de suplementos por frequentadores de academias de duas cidades diferentes no sul do Brasil. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva. Vol. 3. Num. 15. 2009. p. 172-181. Disponível em:

-Costa, D. C.; Rocha, N. C. A.; Quintão, D. F. Prevalência do uso de suplementos alimentares entre praticantes de atividade física em academia de duas cidades do Vale do Aço/MG: Fatores associados. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva. Vol. 7. Num. 41. 2013. p. 287-299. Disponível em:

-Domingues, S. F.; Marins, J. C. B. Utilização de recursos ergogênicos e suplementos alimentares por praticantes de musculação em Belo Horizonte-MG. Fitness Performance Journal. Vol. 6. Num. 4. 2007. p. 218-226. Disponível em:

-Fayh, A. P. T.; silva, C. V.; Jesus, F. R. D.; Costa, G. K. Consumo de suplementos nutricionais por frequentadores de academias da cidade de Porto Alegre. Revista Brasileira de Ciências do Esporte. Vol. 35. Num. 1. 2013. p. 27-37.

-Fernandes, C.; Gomes, J. M.; Navarro, F. Utilização de suplementos alimentares por praticantes de atividade física na cidade de São Paulo e região. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva. Vol. 3. Num. 13. 2009. p. 05-12. Disponível em:

-Food and Drug Administration. Definição de suplementos alimentares. 2014. Disponível em: . Acesso em 05/03/2014.

-Freitas, A.; Evangelista, A. L.; Lopes, C. R.; Silva, A. K. S.; Lima, A. V.; Freitas, E. S. F.; Motta, G. R. Uso de suplementos ergogênicos em praticantes de atividades esportivas na cidade de Teresina-PI. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva. Vol. 7. Num. 40. 2013. p. 246-252. Disponível em:

-Frizon, F.; Macedo, S. M. D.; Yonamine, M. Uso de esteroides andrógenos anabólicos por praticantes de atividade física das principais academias de Rechim e Passo Fundo/RS. Revista de Ciências Farmacêuticas Básica Aplicada. Vol. 26. Num. 3. 2005. p. 227-232.

-Hernandez, A. J.; Nahas, R. M. Modificações dietéticas, reposição hídrica, suplementos alimentares e drogas: comprovação de ação ergogênica e potenciais riscos para a saúde. Revista Brasileira de Medicina do Esporte. Vol. 15. Num. 2. 2009. p. 3-12.

-Hirschbruch, M. D.; Carvalho, J. R. Nutrição esportiva: uma visão prática. Manole. 2014.

-Hirschbruch, M. D.; Fisberg, M.; Mochizuki, L. Consumo de suplementos por jovens frequentadores de academias de ginástica em São Paulo. Revista Brasileira de Medicina do Esporte. Vol. 14. Num.7. 2008. p. 539-543.

-Jesus, I. A. B.; Oliveira, D. G.; Moreira, A.P.B. Consumo alimentar e de suplementos nutricionais por praticantes de exercício físico em academia de Juiz de Fora-MG. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva. Vol. 11. Num. 66. 2017. p. 696-707. Disponível em:

-Linhares, T.C.; Lima, R M. Prevalência do uso de suplementos alimentares por praticantes de musculação nas academias de Campos dos Goytacazes-RJ, Brasil. Vértices. Vol. 8, Num. 1/3. 2006. p. 101-122. Disponível em:

-Lollo, P. C. B.; Tavares, M. C. G. C. F. Perfil dos consumidores de suplementos dietéticos nas academias de ginástica de Campinas-SP. EFDeportes, Revista Digital. Buenos Aires. Vol. 10. Num. 76. 2004.

-Melo, I. C. O.; Bueno, L. O.; Fleury Neto, H. P.; Liberali, R. O consumo de suplementos alimentares em academia de Brasília-DF. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva. Vol. 4. Num. 24. 2010. p. 489-493. Disponível em:

-Milani, V. C.; Teixeira, E. T.; Marquez, T. B. Fatores associados ao consumo de suplementos nutricionais em frequentadores de academias de ginástica da cidade de Nova Odessa. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva. Vol. 8. Num. 6. 2014. p. 264-278. Disponível em:

-Nogueira, F. R.; Souza, A. A.; Brito, A. F. Prevalência do uso e efeitos de recursos ergogênicos por praticantes de musculação nas academias brasileiras: uma revisão sistematizada. Revista Brasileira de Atividade Física e Saúde. Vol. 18. Num. 1. 2013. p. 16-39, 2013.

-Pontes, M. C. F. Uso de suplementos alimentares por praticantes de musculação em academias de João Pessoa-PB. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva. Vol. 7. Num. 37. 2013. p. 19-27. Disponível em:

-Queiroz, S.F.; Silva, H. C.; Bezerra, H. P. O.; Freitas, L. K. P.; Costa, H. A.; Oliveira, J. A. M.; Andrade, M. L. L. Utilização de suplemento alimentar por usuários de academias de ginástica do município de Pau dos Ferros-RN. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva. Vol. 3. Num. 17. 2009. p. 468-477. Disponível em:

-Sabino, C.; Luz, M. T.; Cravalho, M. C. O fim da comida: suplementação alimentar e alimentação entre frequentadores assíduos de academias de musculação e fitness do Rio de Janeiro. História, Ciências e Saúde – Manguinhos. Vol. 17. Num. 2. 2010. p. 343-356.

-Silveira, D. F.; Lisbôa, S. D.; Souza, S. Q. O consumo de suplementos alimentares em academias de ginástica da cidade de Brasília-DF. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva. Vol. 5. Num. 25. 2011. p. 05-13. Disponível em:

-Sussmann, K. Avaliação do consumo de suplementos nutricionais por praticantes de exercício físico em academia na zona Sul do Rio de Janeiro. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva. Vol. 7. Num. 37. 2013. p. 35-42. Disponível em:

-Wagner, M. Avaliação do uso de suplementos nutricionais e outros recursos ergogênicos por praticantes de musculação em academias de um bairro de Florianópolis-SC. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva. Vol. 5. Num. 26. 2011. p. 130-34. Disponível em:

-Wolinsky, I.; Hickson, J. F. Nutrição no exercício e no esporte. Roca. 2002.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons

RBNE - Revista Brasileira de Nutrição Esportiva

IBPEFEX - Instituto Brasileiro de Pesquisa e Ensino em Fisiologia do Exercício

Editor-Chefe: Francisco Navarro. E-mail para contato: aqui

Editor Gerente: Francisco Nunes Navarro. E-mail para contato: aqui