Utilização do óleo de coco na redução de peso e circunferência abdominal em praticantes de atividade fí­sica de uma academia de um municí­pio do Rio Grande do Sul

  • Gabriela Valerius Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões (URI), Erechim-RS, Brasil
  • Roseana Baggio Spinelli Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões (URI), Erechim-RS, Brasil
  • Vivian Polachini Skzypek Zanardo Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões (URI), Erechim-RS, Brasil
  • Marta Beatriz Santolin Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões (URI), Erechim-RS, Brasil
Palavras-chave: Óleo de coco, Perda de peso, Circunferência abdominal

Resumo

O excesso de gordura corporal está associado ao desequilí­brio entre gasto energético e consumo alimentar inadequado, sendo estes os principais fatores que podem levar a alterações e comorbidades metabólicas. O consumo do óleo de coco tem sido destaque na diminuição da circunferência abdominal e redução de peso, por ser composto de triglicerí­deos de cadeia média, os quais, após o consumo, são prontamente oxidados fornecendo energia, sem ser depositado como gordura. O objetivo desta pesquisa foi verificar o consumo de óleo de coco na redução de peso, circunferência abdominal e índice de Massa Corporal de praticantes de atividade fí­sica em uma academia de um municí­pio do Norte do Rio Grande do Sul. A coleta de dados aconteceu por meio de cinco etapas, durante dois meses com doze participantes de ambos os sexos. Observou-se que o índice de Massa Corporal não obteve alteração ao final das avaliações. Comparando a primeira avaliação com a última o peso médio inicial foi de 76,91 (±14,22) kg e o peso médio final foi de 76,08 (±13,52) kg. Em relação à circunferência abdominal, na primeira avaliação observou-se que a média foi de 95,87 (±10,32) cm e na quinta avaliação foi de 94,35 (±10,36) cm. Como resultados do estudo, pode-se verificar que a ingestão diária de 12g apresentou efeito como auxiliar na redução de circunferência abdominal e diminuição de peso corporal. Sugere-se, portanto, para um efeito mais expressivo, a necessidade de aliar uma dieta adequada e a prática regular de exercí­cios fí­sicos.

Biografia do Autor

Gabriela Valerius, Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões (URI), Erechim-RS, Brasil

DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE, CURSO DE NUTRIÇÃO.

Referências

-Associação Brasileira para o Estudo da Obesidade e da Síndrome Metabólica Diretrizes brasileiras de obesidade/ABESO - Associação Brasileira para o Estudo da Obesidade e da Síndrome Metabólica – 4.ed. São Paulo. 2016.

-Assunção, M. L.; e colaboradores. Effects of Dietary Coconut Oil on the Biochemical and Anthropometric Profiles of Women Presenting Abdominal Obesity. Original Article. Alagoas. Vol. 44. 2009. p. 593-601.

-Bittar, M.; e colaboradores. Utilização do óleo de coco para emagrecimento e redução da abdominal. Revista Odontológica de Araçatuba. Araçatuba. Vol. 38. Num. 2. 2017. p. 26-31.

-Brasil. Ministério da saúde. Vigitel Brasil 2016 Saúde Suplementar vigilância de fatores de risco e proteção para doenças crônicas por inquérito telefônico, Brasília- Distrito Federal, 2016.

-Cardoso, D.A.; e colaboradores. A coconut extra virgin oil-rich diet increases HDL cholesterol and decreases waist circumference and body mass in coronary artery disease patients. Nutrición Hospitalaria. Rio de Janeiro. Vol. 5. Num. 32. 2015. p. 2144-2152.

-Codoñer-Franch, P.; e colaboradores. Oxidant mechanisms in childhood obesity: the link between inflammation and oxidative stress. [s.l.: S.n.]. Vol. 158. Num. 6. 2011. p. 369-384.

-Diniz Júnior, J.; Vieira, L. C. R.; de Sousa, D. S.; Sirotheau, R. D. N.; Lima, F. M. P. Avaliação do conhecimento sobre emagrecimento e exercício físico de frequentadores de academias de ginástica de Santarém, Pará. Revista brasileira de nutrição esportiva. São Paulo. Vol. 4. Num. 23. 2010. p. 420-426. Disponível em: <http://www.rbne.com.br/index.php/rbne/article/view/208>

-Ferreira, A.M.D.; Barbosa, P.E.B.; Ceddia, R.B. A influência da suplementação de triglicerídeos de cadeia média no desempenho em exercícios de ultra-resistência. Revista Brasileira de Medicina do Esporte. Niterói. Vol. 9. Num. 6. 2003. p. 413-419.

-Huxley, R.; e colaboradores. Body mass index, waist circumference and waist:hip ratio as predictors of cardiovascular risk - a review of the literature. European Journal of Clinical Nutrition. Sydney. Vol. 64. 2010. p. 16-22.

-Khaw, K; e colaboradores. Randomised trial of coconut oil, olive oil or butter on blood lipids and other cardiovascular risk factors in healthy men and women. Bmj Open. Cambridge. Vol. 8. 2018.

-Liau, K.M.; e colaboradores. An Open-Label Pilot Study to Assess the Efficacy and Safety of Virgin Coconut Oil in Reducing Visceral Adiposity. ISRN Pharmacology. Pulau Pinang. 2011. p. 1-7.

-Massaroli, L. C et al. Qualidade de vida e o IMC alto como fator de risco para doenças cardiovasculares: Revisão sistemática. Revista da Universidade Vale do Rio Verde. São Paulo. Vol. 16. Num. 1. 2018. p.1-2.

-Papamandjaris, A.A.; MacDougall, D.E.; Jones, P.J. Medium chain fatty acid metabolism and energy expenditure: obesity treatment implications. Life Sci Num. 62. 1998. p. 1203-1215.

-Ribeiro, L.G.T. A verdade científica sobre um superalimento funcional denominado óleo de coco. Brazilian Journal of Surgery and Clinical Research. São Paulo. 2017. p. 109-117.

-Rodrigues, A. Óleo de Coco – Milagre para Emagrecer ou Mais um Modismo? Evidências em Obesidade (ABESO). Num. 56. 2012.

-St-onge, M.P.; e colaboradores. Medium-Chain Triglycerides Increase Energy Expenditure and Decrease Adiposity in Overweight Men. Obesity Research. Quebec. Vol. 11. Num. 3. 2003. p.395-402.

-Suganami, T.; Ogawa, Y. Adipose tissue macrophages: their rolein adipose tissue remodeling. Journal of Leukocyte Biology. Tokyo. Vol. 88. 2010. p. 33-39.

-Tsuji, H.; e colaboradores. Dietary Medium-Chain Triacylglycerols Suppress Accumulation of Body Fat in a Double-Blind, Controlled Trial in Healthy Men and Women. Human Nutrition and Metabolism. Tokyo. 2001. p. 2853-2859.

-Wang, Y.; e colaboradores. Medium Chain Triglycerides enhances exercise endurance through the increased mitochondrial biogenesis and metabolism. Plos On. New York. 2018. p. 1-11.

-WHO, World Health Organization. Obesity: preventing and managing the global epidemic. Genebra, 1997.

-WHO, World Health Organization. Physical Status: The use and interpretation of anthropometry. Genebra: World Health Organization. 1995.

Publicado
2019-01-01
Como Citar
Valerius, G., Spinelli, R. B., Zanardo, V. P. S., & Santolin, M. B. (2019). Utilização do óleo de coco na redução de peso e circunferência abdominal em praticantes de atividade fí­sica de uma academia de um municí­pio do Rio Grande do Sul. RBNE - Revista Brasileira De Nutrição Esportiva, 12(76), 1036-1042. Recuperado de http://www.rbne.com.br/index.php/rbne/article/view/1207
Seção
Artigos Científicos - Original