Nível de desidratação e concentração de lactato de praticantes de atividade física de alta intensidade

  • João Pedro Assis Moreira Departamento de Farmácia e Nutrição, Centro de Ciências Exatas, Naturais e da Saúde, Universidade Federal do Espírito Santo (UFES), Alegre-ES, Brasil.
  • Thiago Pires Mendes Departamento de Farmácia e Nutrição, Centro de Ciências Exatas, Naturais e da Saúde, Universidade Federal do Espírito Santo (UFES), Alegre-ES, Brasil.
  • André Gustavo Vasconcelos Costa Departamento de Farmácia e Nutrição, Centro de Ciências Exatas, Naturais e da Saúde, Universidade Federal do Espírito Santo (UFES), Alegre-ES, Brasil.
Palavras-chave: Atividade física, Consumo alimentar, Carboidratos, Desidratação, Lactato

Resumo

A desidratação gerada por atividades físicas de alta intensidade, como o croosfit, prejudica a performance dos atletas. De forma paralela, a acidez aumentada em função do acúmulo de lactato contribui para a fadiga do atleta. Este estudo objetivou avaliar a desidratação e a relação entre o consumo de carboidrato e o nível de lactato sanguíneo de praticantes de atividade física de alta intensidade. Um total de 13 indivíduos concluíram um treinamento padronizado chamado de Open 16.5 (CrossFit Games Open). Inicialmente, coletou-se dados antropométricos e dietéticos dos participantes. No dia do treino, foram determinados o nível de lactato e grau de desidratação. Os dados dietéticos indicaram baixo consumo de carboidrato, com média de ingestão diária de 2,6 ± 0,7 g de carboidrato/kg, além do consumo proteico e lipídico aumentado. O tempo médio de execução da atividade foi de 16,6 ± 3,6 minutos. O lactato apresentou média final de 9,6 ± 2,2 mmol/L, com variação de 6,9 ± 2,5 mmol/L. Ao avaliar a taxa de desidratação, observou-se perda hídrica de 394 ± 155 mL. O consumo de carboidrato diário ou anterior ao treino não se correlacionou com o grau de desidratação, concentração de lactato ou tempo de conclusão do treino. Portanto, o presente estudo não observou correlação entre a ingestão de carboidrato com o nível de lactato sanguíneo, porém evidenciou uma perda hídrica importante, apesar de um treino curto, reforçando a necessidade da hidratação correta do atleta.

Referências

-Antonio, J.; Ellerbroek, A.; Silver, T.; Orris, S.; Scheiner, M.; Gonzalez, A.; Peacock, C.A. A high protein diet (3.4 g/kg/d) combined with a heavy resistance training program improves body composition in healthy trained men and women. a follow-up investigation. Journal of the International Society of Sports Nutrition. Vol. 12. Num. 1. 2015. p. 39.

-Brito, C.J.; Fabrini, S.P.; Marins, J.C.B. Mensuração de Reposição Hídrica Durante o Treinamento de Judô. Revista Mineira de Educação Física. Viçosa. Vol. 15. Num. 2. 2007. p. 144-152.

-Brito, C.J.; Marins, J.C. Caracterização das Práticas Sobre Hidratação em Atletas da Modalidade de Judô no Estado de Minas Gerais. Revista Brasileira de Ciência e Movimento. Vol. 13. Num. 2. 2008. p. 59-74.

-Buchholz, A.C.; Schoeller, D. A. Is a calorie a calorie?. The American Jornal of Clinical Nutrition. Vol. 79. Num. 5. 2004. p. 899-906.

-Borg, G. Escala CR10 de Borg. Escalas de Borg para a dor e esforço percebido. São Paulo: Manole. 2000. p. 43-47.

-Carvalho, T. De; Mara, L.S. De. Hidratação e Nutrição no Esporte. Revista brasileira de Medicina e Esporte. 2010. p. 144-148.

-Costill, D.L.; Wilmore, J.H. Fisiologia do Esporte e do Exercício. São Paulo. Manole. 2001. p. 28-51.

-Escobar, K.A.; Morales, J.; Vandusseldorp, T.A. The Effect of a Moderately Low and High Carbohydrate Intake on Crossfit Performance. International journal of exercise science. Vol. 9. Num. 3. 2016. p. 460.

-Godois, A.D.M.; Raizel, R.; Rodrigues, V.B.; Revagnani, F.C.D.P.; Fett, C.A.; Voltarelli, F.A.; Coelho-Ravagnani, C.D.F. Perda hídrica e prática de desidratação em atletas de futebol. Revista Brasileira de Medicina Esportiva. Vol. 20. Num. 1. 2014. p. 47-50.

-Hall, M.M.; Rajasekaran, S.; Thomsen, T.W.; Peterson, A.R. Lactate: Friend or Foe. PM&R. Vol. 8. Num. 3. 2016. p. S8-S15.

-Jeukendrup, A.E. Carbohydrate Intake During Exercise and Performance. Nutrition. Vol. 20. Num. 7. 2004. p. 669-677.

-Kerksick, C.M.; Wilborn, C.D.; Roberts, M.D.; Smith-Ryan, A.; Kleiner, S.M.; Jäger, R.; Greenwood, M. ISSN Exercise & Sports Nutrition Review Update: Research & Recommendations. Journal of the International Society of Sports Nutrition. Vol. 15. Num. 1. 2018. p. 38.

-Maciel, E.D.S.; Vilarta, R.; Modeneze, D.M.; Sonati, J.G.; Vasconcelos, J.S.; Junior, V.; Oetterer, M. Relação Entre os Aspectos Físicos da Qualidade de Vida e Níveis Extremos De Atividade Física Regular em Adultos. Cadernos Saúde Pública. Vol. 29. Num. 11. 2013. p. 2251-2260.

-Maté-Muñoz, J.L.; Lougedo, J.H.; Barba, M.; García-Fernández, P.; Garnacho-Castaño, M.V.; Domínguez, R. Muscular Fatigue in Response to Different Modalities of Crossfit Sessions. PloS One. Vol. 12. Num. 7. 2017. p. 10-11.

-McDermott BP, Anderson SA, Armstrong LE, Casa DJ, Cheuvront SN, Cooper L, Kenney WL, O'Connor FG, Roberts WO. National Athletic Trainers' Association Position Statement: Fluid Replacement for the Physically Active. Journal of Athletic Training. Vol. 52. Num. 9. p.877-895. 2017.

-Moreno, I.L.; Pastre, C.M.; Papoti, M.; Vanderlei, L.C.M. Efeitos da Reposição Hidroeletrolítica Sobre Parâmetros Cardiorrespiratórios em Exercício e Recuperação. Revista de Educação Física. 2012. p. 165-175.

-Perciavalle, V.; Marchetta, N.S.; Giustiniani, S.; Borbone, C.; Perciavalle, V.; Petralia, M.C.; Coco, M. Attentive Processes, Blood Lactate and Crossfit®. The Physician and Sports Medicine. Vol. 44. Num. 4. 2016. p. 403-406.

-Perrella, M.M.; Noriyuki, P.S.; Rossi, L. Avaliação da Perda Hídrica Durante Treino Intenso de Rugby. Revista Brasileira de Medicina no Esporte. Vol. 11. Num. 4. 2005. p. 229-232.

-Tirapegui, J. Nutrição, Metabolismo e Suplementação na Atividade Física. São Paulo. Atheneu. 2005.

-Vimieiro-Gomes, A.C.; Rodrigues, L.O.C. Avaliação do Estado de Hidratação dos Atletas, Estresse Térmico do Ambiente e Custo Calórico do Exercício Durante Sessões de Treinamento em Voleibol de Alto Nível. Revista Paulista de Educação Física. Vol. 15. Num. 2. 2017. p. 201-211.

-World Health Organization. Physical Status: The use of and interpretation of anthropometry, Report of a WHO Expert Committee. 1995.

Publicado
2019-09-19
Como Citar
Moreira, J. P. A., Mendes, T. P., & Costa, A. G. V. (2019). Nível de desidratação e concentração de lactato de praticantes de atividade física de alta intensidade. RBNE - Revista Brasileira De Nutrição Esportiva, 13(81), 648-656. Recuperado de http://www.rbne.com.br/index.php/rbne/article/view/1414
Seção
Artigos Científicos - Original