Perfil nutricional de praticantes de exercício físico com objetivo de hipertrofia e emagrecimento

  • Nathan Henrique Lang Universidade Regional de Blumenau (FURB), Blumenau-SC, Brasil.
  • Roseane Leandra da Rosa Universidade Regional de Blumenau (FURB), Blumenau-SC, Brasil.
Palavras-chave: Consumo alimentar, Composição corporal, Exercício físico

Resumo

A idealização de um “corpo perfeito†tem impulsionado as pessoas a buscarem cada vez mais formas de alcançá-lo. A prática de exercício físico aliada a uma alimentação adequada, mostra-se muito eficiente para alcançar tal objetivo. Nesse contexto, o presente estudo buscou avaliar a composição corporal e consumo alimentar de praticantes de musculação com objetivo de hipertrofia e emagrecimento de uma academia localizada em Brusque-SC. Participaram da pesquisa 40 praticantes de exercício físico com objetivo de hipertrofia e emagrecimento. Para verificação da composição corporal foram aferidos peso, estatura e dobras cutâneas, e para conhecer o consumo alimentar foi aplicado o recordatório alimentar habitual de 3 dias não consecutivos, incluindo um dia de final de semana. Posterior, para a avaliação da composição corporal foi utilizado o protocolo de Jackson e Pollock de 3 dobras e IMC, para análise do consumo alimentar foi utilizado o software DietBox e para tabulação dos dados Microsoft Excel® 2016. Com relação ao grupo de hipertrofia, obteve-se uma média de percentual de gordura classificado como excelente, sendo o IMC de eutrofia em sua maioria, e consumo alimentar energético insuficiente. Já participantes com objetivo de emagrecimento possuíram um percentual de gordura mais elevado, classificado como regular e o IMC em sua maioria classificado em obesidade grau I, a média de consumo alimentar alcançou a estimativa da EER, demonstrando que o consumo alimentar desse grupo não permitiria uma redução na gordura corporal. Com isso, percebe-se a importância da presença do profissional nutricionista no âmbito esportivo.

Biografia do Autor

Nathan Henrique Lang, Universidade Regional de Blumenau (FURB), Blumenau-SC, Brasil.

Curso de Nutrição da Universidade Regional de Blumenau-FURB, Brusque, Santa Catarina, Brasil.

Roseane Leandra da Rosa, Universidade Regional de Blumenau (FURB), Blumenau-SC, Brasil.

Nutricionista; Doutora em Ciências Farmacêuticas com ênfase na área de Produtos Naturais e Substâncias Bioativas, pela Universidade do Vale do Itajaí, 2017; Mestre em Ciências Farmacêuticas também pela Universidade do Vale do Itajaí, 2013; Pós Graduada em Nutrição Clínica Funcional e Fitoterapia pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná, Curitiba, 2011 e graduada pela Universidade do Oeste de Santa Catarina, 2009; Especialização em andamento em Terapias Integrativas e Complementares pelo Instituto IBRATE, 2019. Experiência docente de 2014 a 2018, atuando principalmente em disciplinas relacionadas a nutrição clínica, nutrição esportiva, saúde coletiva e metodologia científica, além da orientação de estágio e trabalhos de conclusão de curso na Graduação em Nutrição e no Curso de Educação Física. Experiência na gestão, estando a frente da coordenação do Curso de Nutrição da UNIVALI de 2015 a 2018; Atualmente docente do Curso de Nutrição da Faculdade Metropolitana de Blumenau e da Fundação Universidade Regional de Blumenau (FURB) e Coordenadora do Curso de Nutrição do Centro Universitário Leonardo da Vinci, Santa-Catarina.

Referências

-Biesek, S.; Alves, l. A.; Guerra, I. Estratégia de nutrição e suplementação no esporte. Manole. 2010.

-Cantieri, G.S.; Bueno, C.A.M.; Ãvila, D.M. Efeitos do treinamento resistido em adultos com síndrome metabólica. Revista Brasileira de Fisiologia do Exercício. São Paulo. Vol. 11. Num. 3. 2018. p. 185-194.

-Ciolac, E. G.; Guimarães, G. V. Exercício Físico e Síndrome Metabólica. Revista Brasileira de Medicina do Esporte. Vol. 10. Num. 4. 2004. p. 319-324.

-Costa, W.S. A avaliação do estado nutricional e hábitos alimentares de alunos praticantes de atividade física de uma academia do município de São Bento do Una-PE. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva. São Paulo. Vol. 1. Num. 36. 2012. p. 464-469.

-Cuenca, R.N.; Borges, K.F.; Silva, M.S.V.; Romanholo, R.A. Exercício resistido com pesos na redução de gordura corporal em praticantes de musculação do município de Cacoal/Ro. Revista Brasileira de Obesidade, Nutrição e Emagrecimento. São Paulo. Vol. 1. Num. 2. 2007. p. 399-403.

-Dietary Reference Intakes. Tables and Application (DRI). Table: DRI Values Summary - A complete document containing the four tables listed above. The National Academies Sciences Engineering Medicine. 2019. Disponível em: <http://nationalacademies.org/hmd/~/media/Files/Report%20Files/2019/DRI-Tables-2019/6_DRIValues_Summary.pdf?la=en>. Acesso em 28/07/2019.

-Hirschbruch, M. D.; Carvalho, J. R. Nutrição Esportiva: uma visão prática. São Paulo. Manole. 2008.

-Jackson, A.S.; Pollock, M.L.; Ward, A. Generalized equations for predicting body density for men. Br J Nutr. Vol. 40. 1978. p. 497-504.

-Júnior, R.S.; Abreu, W.C.; Silva, R.F. Composição corporal, consumo alimentar e hidratação de praticantes de musculação. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva. São Paulo. Vol. 11. Num. 68. 2017. p. 9336-946.

-Menon, D.; Santos, J.S.; Consumo de proteína por praticantes de musculação que objetivam hipertrofia muscular. Revista Brasileira de Medicina do Esporte. Vol. 18. Num. 1. 2012. p. 8-12.

-Oliveira, C.E.; Sandoval, T.C.; Silva, J.C.S.; Stulbach, T.E.; Frade, R.E.T.; Avaliação do consumo alimentar antes da prática de atividade física de Frequentadores de uma academia no município de São Paulo Em diferentes modalidades. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva. São Paulo. Vol. 7. Num. 37. 2013. p. 57-67.

-Penatto, C.; Kühl. A.M.; Vieira, D.G.; Bennenmann, G.D.; Melhem, A.R.F.; Queiroga, M.R.; Carvalhes, M.F.M. Efeitos da prática de atividade física e acompanhamento nutricional para adultos: um estudo caso-controle. Revista Brasileira de Obesidade, Nutrição e emagrecimento. São Paulo. Vol. 13. Num. 78. 2019. p. 329-336.

-Pujol, A. P. Nutrição Aplicada à Estética. Rio de Janeiro. Rubio. 2011.

-Sehnen, R.C.; Soares, B.M. Avaliação nutricional de praticantes de musculação em academias de municípios do centro-sul do paraná. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva. São Paulo. Vol. 9. Num. 51. 2015. p. 206-214.

-Sociedade Brasileira de Medicina do Esporte (SBME). Modificações dietéticas, reposição hídrica, suplementos alimentares e drogas: comprovação de ação ergogênica e potenciais riscos para a saúde. Revista Brasileira de Medicina do Esporte. Vol. 15. Núm. 3. 2009.

-WHO. World Health Report 2000: Health Systems: Improving Performance. 2000 Geneva World Health Organization.

Publicado
2021-05-19
Como Citar
Lang, N. H., & Rosa, R. L. da. (2021). Perfil nutricional de praticantes de exercício físico com objetivo de hipertrofia e emagrecimento. RBNE - Revista Brasileira De Nutrição Esportiva, 13(83), 1090-1099. Recuperado de http://www.rbne.com.br/index.php/rbne/article/view/1529
Seção
Artigos Científicos - Original