Fatores motivacionais para a prática de corrida de rua na cidade de Caxias do Sul-RS

  • Daiane Cassol Educadora Física, Pós-graduanda em Nutrição Esportiva e Fisiologia do Exercício do Centro Universitário da Serra Gaúcha-FSG, Caxias do Sul, Rio Grande do Sul, Brasil.
  • Fernanda Bissigo Pereira Faculdade da Serra Gaúcha (FSG)

Resumo

Introdução: Entre as atividades físicas mais praticadas no mundo, a corrida de rua destaca-se por sua ascendência e vem crescendo muito nos últimos anos. É uma atividade que não faz distinção de sexo, idade e classe social e sua prática, assim como as outras atividades físicas, proporciona muitos efeitos benéficos à saúde. Compreender os motivos que levam as pessoas a praticar corrida de rua é importante para manter a mesma atraente ao praticante. Objetivo: Descobrir quais são os aspectos motivacionais para a prática de corrida de rua em atletas amadores de Caxias do Sul-RS. Materiais e métodos: Estudo observacional com corte transversal obtido por meio de amostra não probabilística por conveniência. Foram incluídos amadores de corrida de rua de ambos os sexos, maiores de 18 anos e participantes de algum grupo de corrida. Para a coleta dos dados foi utilizado um questionário IMPRAFE-132 autoaplicável composto por 132 itens relacionados à motivação. As características sociodemográficas foram obtidas por meio de questionário padronizado Resultados e Discussão: Participaram do estudo 52 atletas amadores com idade entre 18 e 60 anos. A maioria dos participantes relataram a Saúde (81,17 ±10,06) como maior motivação para realizar a corrida, seguida do Prazer (80,56 ±8,53). Conclusão: os principais aspectos motivacionais para a prática de corrida de rua entre os atletas amadores foram a Saúde e o Prazer.

Referências

-Balbinotti, M. A. A.; Gonçalves, G. H.; Klering, R. T.; Wiethaueper, D.; Balbinotti, C. A. A. Perfis motivacionais de corredores de rua com diferentes tempos de prática. Revista Brasileira de Ciências do Esporte. Vol. 37. Núm. 1. 2015. p. 65-73.

-Balbinotti, M. A. A. Inventário de Motivos à Prática Regular de Atividades Físicas e Esportivas. Laboratório de Psicologia do Esporte. Porto Alegre. Universidade Federal do Rio Grande do Sul. 2013.

-Dias, C. Corrida de rua no país do futebol. Recorde. Vol. 10. Núm. 1. 2017. p. 1-32.

-Estevam, L. C. Estudo do crescimento do número de corridas de rua e perfil dos participantes no Brasil. São Paulo. Monografia. Bacharel em Educação Física. Faculdade de Educação Física. Universidade Federal de Ouro Preto. São Paulo. 2016.

-Franco, K. N. Comparação de fatores motivacionais entre corredores de rua de equipes e individuais. TCC. Educação Física da Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Rio grande do Sul. 2010.

-Furlan, A. J. Fatores motivacionais relacionados à prática de corrida de rua por mulheres adultas na cidade de Curitiba-PR. Monografia. Bacharelado em educação física. Departamento Acadêmico de Educação Física. Universidade Tecnológica Federal do Paraná. 2014.

-Gonçalves, D.; Sties, S. W.; Andreato, L. V.; Aranha, E. E.; Pedrini, L.; Oliveira, C. Prevalência de lesões em corredores de rua e fatores associados: revisão sistemática. Revista Cinergis. Vol. 17. Núm. 3. 2016. p.235-238.

-Gratão, O. A.; Rocha, C. M. Dimensões da motivação para correr e para participar de eventos de corrida. Revista Brasileira de Ciência e Movimento. Vol. 24. Núm. 3. 2016. p. 90-102.

-Kuhn, M. E. W. Motivação e Grupo de Corrida: um estudo misto com alunos de uma assessoria de corrida. Universidade Federal do Rio Grande do Sul Escola de Educação Física. Porto alegre. 2018.

-Ribeiro, D. A. Fatores motivacionais de pessoas praticantes de corrida de rua em Porto Alegre. Monografia. Bacharel em educação Física. Departamento de Educação Física da Escola de Educação Física, Universidade Federal do Rio Grande do Sul. 2014.

-Rojo, J. R.; Starepravo, F. A.; Canan, F.; Mezzadri, F. M.; Silva, M. M. Transformações no modelo de corridas de rua no Brasil: um estudo na “Prova Rústica Tiradentesâ€. Revista Brasileira de Ciência e Movimento. Vol. 25. Núm. 1. 2017. p.19-28.

-Sabino, G. S. Perfil dos corredores de Brasília: independentes x assessorias esportivas. Revista Interdisciplinar Ciências Médicas. Vol. 1. 2017. p.110-122.

Publicado
2021-07-17
Como Citar
Cassol, D., & Pereira, F. B. (2021). Fatores motivacionais para a prática de corrida de rua na cidade de Caxias do Sul-RS. RBNE - Revista Brasileira De Nutrição Esportiva, 14(87), 390-397. Recuperado de http://www.rbne.com.br/index.php/rbne/article/view/1700
Seção
Artigos Científicos - Original