Efeito da suplementação do suco de melancia no desempenho de uma equipe de atletismo

  • Bruna Neves Curso de Nutrição, Departamento de Educação Física e Saúde, Universidade de Santa Cruz do Sul, Santa Cruz do Sul-RS, Brasil.
  • Patrícia Molz Programa de Pós-graduação em Promoção da Saúde, Departamento de Educação Física e Saúde, Universidade de Santa Cruz do Sul, Santa Cruz do Sul-RS, Brasil; Programa de Pós-Graduação em Biociências, Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre, Porto Alegre-RS, Brasil.
  • Camila Schreiner Pereira Curso de Nutrição, Departamento de Educação Física e Saúde, Universidade de Santa Cruz do Sul, Santa Cruz do Sul-RS, Brasil. 2 - Programa de Pós-graduação em Promoção da Saúde, Departamento de Educação Física e Saúde, Universidade de Santa Cruz do Sul, Santa Cruz do Sul-RS, Brasil
Palavras-chave: Suco de Melância, Desempenho, Atletismo

Resumo

Introdução e objetivo: A suplementação com suco de melancia tem sido proposta como recurso nutricional ergogênico por sua alta concentração do aminoácido l-citrulina. Portanto, este estudo objetivou determinar os efeitos da suplementação de uma única dose de suco de melancia no desempenho, no volume máximo de oxigênio (VO2 máx), na frequência cardíaca e na pressão arterial de atletas adolescentes de uma equipe de atletismo. Materiais e métodos: estudo quase-experimental, conduzido com 12 atletas adolescentes, de ambos os sexos, de uma equipe de atletismo. Em dias diferentes, os atletas foram suplementados aleatoriamente, com suco de melancia (450 mL de suco de melancia diluído em 50 mL de água, equivalente a ~1,05 g de l-citrulina) ou uma bebida placebo (500 mL de água mineral, contendo aromatizante de melancia, corante vermelho e edulcorante). Testes físicos específicos, como pressão arterial e frequência cardíaca foram avaliados antes e após cada teste. Além disso, aferiu-se a distância percorrida e estimou-se o VO2 máx ao final de cada teste. Resultados: O desempenho dos atletas não diferiu, após a suplementação com suco de melancia (p=0,154). A suplementação com o suco de melancia também não alterou os níveis de VO2 máx (p=0,154), nem a frequência cardíaca final e a variação da frequência cardíaca (p>0,05). Em relação a pressão arterial sistólica e diastólica, somente a pressão arterial sistólica final e a sua variação foram significativamente menores após a suplementação com suco de melancia (p=0,010 e p=0,008, respectivamente). Conclusão: Uma única dose de suco de melancia parece não ser suficiente para melhorar o desempenho, o VO2 máx e a frequência cardíaca no exercício, porém parece ser uma boa estratégia para melhora e controle da pressão arterial sistólica.

Referências

-Bailey S.J.; Blackwell J.R.; Lord T.; Vanhatalo A.; Winyard P.G.; Jones A.M. l-Citrulline supplementation improves O2 uptake kinetics and high-intensity exercise performance in humans. Journal of Applied Physiology. Vol. 119. Num. 4. p. 385-95. 2015.

-Cooper, K.H. A means of assessing maximal oxygen intake: correlation between field and treadmill testing. Jama. Vol. 203. Num. 3. p. 201-204. 1968.

-Costa, M.S.; Toscano, L.T.; Toscano, L.D.L.T.; Luna, V.R.; Torres, R.A.; Silva, J.A.; Silva, A.S. Ergogenic potential of foods for performance and recovery: a new alternative in sports supplementation? A systematic review. Critical Reviews in Food Science and Nutrition. Vol. Num. p.1-22. 2020.

-Cutrufello, P.T.; Gadomski, S.J.; Zavorsky, G.S. The effect of l-citrulline and watermelon juice supplementation on anaerobic and aerobic exercise performance. Journal of sports sciences. Vol. 33. Num. 14. p. 1459-66. 2015.

-Figueroa, A.; Wong, A.; Jaime, S.J.; Gonzales, J.U. Influence of L-citrulline and watermelon supplementation on vascular function and exercise performance. Current Opinion in Clinical Nutrition and Metabolic Care. Vol. 20. Num. 1. p. 92-8. 2017.

-Glenn, J.M.; Gray, M.; Wethington, L.N.; Stone, M.S.; Stewart, R.W.; Moyen, N.E. Acute citrulline malate supplementation improves upper-and lower-body submaximal weightlifting exercise performance in resistance-trained females. European Journal of Nutrition. Vol. 56. Num. 2. p.775-784. 2017.

-Junior, D.R. A competição como fonte de estresse no esporte. Revista. Brasileira de ciência e movimento. Vol. 10. Num. 4. p. 19-26. 2002.

-Martínez-Sánchez, A.; Alacid, F.; Rubio-Arias, J.A.; Fernandez-Lobato, B.; Ramos-Campo, D.J.; Aguayo, E. Consumption of watermelon juice enriched in L-citrulline and pomegranate ellagitannins enhanced metabolism during physical exercise. Journal of Agricultural and Food Chemistry. Vol. 65. Num. 22. p.4395-4404. 2017.

-Ridwan, R.; Razak, H.R.; Adenan, M.I.; Saad, W.M. Supplementation of 100% flesh watermelon [Citrullus lanatus (Thunb.) matsum. and nakai] juice improves swimming performance in rats. Preventive Nutrition and Food Science. Vol. 24. Num. 1. p. 41. 2019.

-Tarazona-Díaz, M.P.; Alacid, F.; Carrasco, M.; Martínez, I.; Aguayo, E. Watermelon juice: potential functional drink for sore muscle relief in athletes. Journal of agricultural and food chemistry. Vol. 61. Num. 31. p.7522-7528. 2013.

-Valaei, K.; Mehrabani, J.; Wong, A. Effects of L-citrulline supplementation on nitric oxide and antioxidant markers after high-intensity interval exercise in young men: a randomized controlled trial. British Journal of Nutrition. Vol. 17. p. 1-23. 2021.

-Wax, B.; Kavazis, A.N.; Weldon, K.; Sperlak, J. Effects of supplemental citrulline malate ingestion during repeated bouts of lower-body exercise in advanced weightlifters. The Journal of Strength & Conditioning Research. Vol. 29. Num. 3. p.786-792. 2015.

-Wu, G.; Collins, J.K.; Perkins-Veazie, P.; Siddiq, M.; Dolan, K.D.; Kelly, K.A.; Heaps, C.L.; Meininger, C.J. Dietary supplementation with watermelon pomace juice enhances arginine availability and ameliorates the metabolic syndrome in Zucker diabetic fatty rats. The Journal of Nutrition. Vol. 137. Num. 12. p. 2680-2685. 2007.

Publicado
2022-05-14
Como Citar
Neves, B., Molz, P., & Pereira, C. S. (2022). Efeito da suplementação do suco de melancia no desempenho de uma equipe de atletismo. RBNE - Revista Brasileira De Nutrição Esportiva, 16(98), 143-149. Recuperado de http://www.rbne.com.br/index.php/rbne/article/view/1980
Seção
Artigos Científicos - Original