Análise de rótulos de suplementos de creatina segundo a RDC Nº18/2010 comercializados na cidade de Natal/RN

  • Sarah Rachell Brito de Araújo Universidade Estácio de Sá
  • Antonio Coppi Navarro Instituto Brasileiro de Pesquisa e Ensino em Fisiologia do Exercício
Palavras-chave: Suplemento, Creatina, Rotulagem, Legislação

Resumo

Introdução: A alimentação e hidratação são essenciais para o melhor desempenho e recuperação dos praticantes de atividade física embora algumas vezes se faça necessário uma suplementação. A creatina tem vários efeitos ergogênicos. Porém é necessário que os suplementos apresentem em seus rótulos todas as informações exigidas pela legislação. Objetivo: Analisar os rótulos dos suplementos de creatina conforme a legislação. Materiais e Métodos: Foram avaliados 18 rótulos de creatina, de 17 marcas diferentes, utilizando-se um check list próprio segundo a RDC n°18/2010. Resultados: Dos rótulos analisados 77,8% apresentaram irregularidades. Discussão: As inadequações foram: designação do produto (5,5%), lista de ingredientes (5,5%), utilização de creatina monohidratada (22,2%) e grau de pureza mínima de 99,9% (77,8%). Além do mais foram detectadas contradições quanto a tradução do rótulo e modo de uso com as recomendações do ministério da saúde. Conclusão: As irregularidades dos rótulos com a prática ilegal de muitos profissionais podem levar a erros no consumo de suplementos. É necessária uma rigorosa fiscalização a fim de oferecer a segurança do consumidor, garantindo a eficácia dos produtos.

 

ABSTRACT

Analysis of Creatine Labels by RDC nº 18/2010 Sold in the City of Natal-RN

Introduction: Nutrition and hydration are essential for optimal performance and recovery of physical activity practitioners although supplementation sometimes become necessary. Creatine has several ergogenic effects but it is necessary that supplements present on their labels all information required by law. Aim: To analyze the labels of creatine supplements according to the law. Materials and Methods: 18 creatine labels of 17 different brands were evaluated using a proper check list according to RDC n ° 18/2010. Results: Of analyzed labels 77.8 % were irregular. Discussion: The inadequacies were: description of the product (5.5%), list of ingredients (5.5%), use of creatine monohydrate (22.2 %) and minimum degree of purity of 99.9 % (77.8 %). Besides, contradictions regarding the translation of the label and method of use with the recommendations of the ministry of health were detected. Conclusion: The irregularities of the labels with the illegal practice of many professionals can lead to errors in the consumption of supplements. Close monitoring is required in order to provide consumer safety, ensuring the effectiveness of the products.

Publicado
2015-04-03
Como Citar
Brito de Araújo, S. R., & Navarro, A. C. (2015). Análise de rótulos de suplementos de creatina segundo a RDC Nº18/2010 comercializados na cidade de Natal/RN. RBNE - Revista Brasileira De Nutrição Esportiva, 9(49), 66-73. Recuperado de http://www.rbne.com.br/index.php/rbne/article/view/502
Seção
Artigos Científicos - Original