Consumo de suplementos por praticantes de atividade física em academias de ginásticas da cidade de Sete Lagoas-MG

Cíntia Monteiro Bastos Fayer Maximiano, Lana Claudinez Santos

Resumo


Introdução: O consumo de suplementos faz parte da rotina de muitos frequentadores de academias de ginásticas e o ambiente costuma ser propício ao uso desses produtos. Por isso torna–se necessário identificar o consumo dessas substâncias, orientar os praticantes quanto ao seu uso correto e alertar quanto aos riscos decorrentes da ingestão indevida. Objetivo: Avaliar o consumo de suplementos por praticantes de atividade física em academias de ginástica da cidade de Sete Lagoas-MG e os fatores relacionados a essa prática. Materiais e métodos: Participaram do estudo 41 indivíduos, sendo 26 (63,4%) mulheres e 15 (36,6%) homens que responderam a um questionário de auto-preenchimento incluindo dados pessoais e referentes à prática de atividade física e consumo de suplementos. Resultados: A idade média dos participantes foi de 27,2 anos. A busca por academias visou o ganho de massa muscular, redução do peso corporal e melhora do condicionamento físico e a modalidade mais praticada foi a musculação. Mais da metade dos participantes relataram o uso de suplementos esportivos em sua rotina de treino sendo os mais utilizados aqueles à base de proteínas e aminoácidos. Grande parte dos participantes não recebeu prescrição/orientação pelo profissional capacitado, o nutricionista. Conclusão: É importante conscientizar os praticantes de atividade física que o uso de suplementos esportivos deve ser recomendado e orientado pelo nutricionista, sendo indispensável avaliar a real necessidade dessa suplementação, de forma a evitar que o consumo indevido dessas substâncias traga prejuízo à saúde.

 

ABSTRACT

Supplement use by practitioners of physical activity in gyms in the city of Sete Lagoas-MG

Introduction: The consumption of supplements is routine for many students of the gyms and the environment is conductive to use of these products. Therefore it is necessary to identify the consumption of these products, guide practitioners as to their proper use and warn about the risks of improper intake. Aim: To evaluate the consumption of supplements by practitioners of physical activity in gyms in the city of Sete Lagoas-MG and the factors related to the practice. Materials and methods: The study included 41 subjects, 26 (63.4%) women and 15 (36.6%) men who answered a self-administered questionnaire including personal data and about practice physical activity and consumption supplements. Results: The men age of participants was 27.2 years. The search for academies aimed muscle mass, reducing body weight and improving physical conditioning and the most practiced was bodybuilding. More than half of participants reported using sports supplements into your routine being the most used those based on proteins and amino acids. Most of the participants did not receive prescription and guidance by qualified professionals, such as nutricionist. Conclusion: It is important to raise awareness among practitioners of physical activity that the use of sports supplements should be recommended and supervised by nutricionist. It is essencial to assess the actual need for such supplementation in order to prevent the improper use of these substances bring harm to health.


Palavras-chave


Suplementos nutricionais; Proteína; Aminoácidos; Musculação

Texto completo:

PDF

Referências


-Almeida, C.; Radke, T. L.; Liberali, R.; Navarro, F. Avaliação do conhecimento sobre nutrição esportiva, uso e indicação de suplementos alimentares por educadores físicos nas academias de Passo Fundo/RS. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva. Vol. 3. Num. 15. 2009. p.232-240. Disponível em:

-Brito, D. S.; Liberali, R. Perfil do consumo de suplemento nutricional por praticantes de exercício físico nas academias da cidade de Vitória da Conquista-BA. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva. Vol. 6. Num. 31. 2012. p.66-75. Disponível em: http://www.rbne.com.br/index.php/rbne/article/view/263/265.

-Carvalho, A. P. P. F.; Molina, G. E.; Fontana, K. E. Suplementação com creatina associada ao treinamento resistido não altera as funções renal e hepática. Revista Brasileira de Medicina Esporte. Vol. 17. Num. 4. 2011. p.300-304. Disponível em:

-Corrêa, D. B.; Navarro, A. C. Distribuição de respostas dos praticantes de atividade física com relação à utilização de suplementos alimentares e o acompanhamento nutricional numa academia de Natal-RN. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva. Vol. 8. Num. 43. 2014. p.35-51. Disponível em:

-Costa, D. C.; Rocha, N. C. A.; Quintão, D. F. Prevalência do uso de suplementos alimentares entre praticantes de atividade física em academias de duas cidades do Vale do Aço/MG: fatores associados. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva. Vol. 7. Num. 41. 2013. p.287-299. Disponível em:

-Fayh, A. P. T.; Silva, C. V.; Jesus, F. R. D.; Costa, G. K. Consumo de suplementos nutricionais por frequentadores de academias da cidade de Porto Alegre. Revista Brasileira de Ciências do Esporte. Vol. 35. Num. 1. 2013. p.27-37. Disponível em:

-Gomes, G. S.; Degiovanni, G. C.; Garlipp, M. R.; Chiarello, P. G.; Jordão, J. A. A. Caracterização do consumo de suplementos nutricionais em praticantes de atividade física em academias. Revista de Medicina (Ribeirão Preto). Vol. 41. Num. 3. 2008. p.327-331. Disponível em:

-Gualano, B.; Ugrinowitsch, C.; Seguro, A. C.; Junior, A. H. L. Suplementação de creatina prejudica a função renal? Revista Brasileira de Medicina do Esporte. Vol. 14. Num. 1. 2008. p.68-73. Disponível em:

-Hernandez, A. J.; Nahas, R. M. Modificações dietéticas, reposição hídrica, suplementos alimentares e drogas: comprovação de ação ergogênica e potenciais riscos para a saúde. Revista Brasileira de Medicina do Esporte. Vol. 15. Num. 2. 2009. p.3-10. Disponível em:

-Hirschbruch M.D.; Fisberg M.; Mochizuki, L. Consumo de suplementos por jovens frequentadores de academias de ginástica em São Paulo. Revista Brasileira de Medicina do Esporte. Vol. 14. Num. 6. 2008. p.539-543. Disponível em:

-Parra, R. M.; Palma, A.; Pierucci, A. P. T. R. Contaminação de suplementos dietéticos usados para prática esportiva. Revista Brasileira de Ciências do Esporte. Vol. 33. Num. 4. 2011. p.1071 - 1084. Disponível em:

-Rocha, L. P; Pereira, M. V. L. Consumo de suplementos nutricionais por praticantes de exercícios físicos em academias. Revista de Nutrição. Vol. 11. Num. 1. 1998. p.76-82.

-Rodrigues, T.; Meyer, F.; Junior, A.H.L.; Rose, E.H. Modificações dietéticas, reposição hídrica, suplementos alimentares e drogas: comprovação de ação ergogênica e potenciais riscos à saúde. Revista Brasileira de Medicina do Esporte. Vol. 9. Num. 2. 2003. p.3-12. Disponível em:

-Tirapegui, J. Nutrição, metabolismo e suplementação na atividade física. São Paulo. Atheneu. 2012.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons

RBNE - Revista Brasileira de Nutrição Esportiva

IBPEFEX - Instituto Brasileiro de Pesquisa e Ensino em Fisiologia do Exercício

Editor-Chefe: Francisco Navarro. E-mail para contato: aqui

Editor Gerente: Francisco Nunes Navarro. E-mail para contato: aqui