Avaliação da ingestão alimentar e suplementação em praticantes de musculação de academias de Hortolândia-SP

Thaís Cristina Oliveira, Liliany de Magalhães Faicari

Resumo


Introdução: O exercício físico traz benefícios aos indivíduos, e devem ser combinados à alimentação adequada, para oferecer uma vida saudável e melhora estética. Objetivo: Avaliar a ingestão alimentar e suplementação ingeridas por praticantes de musculação. Materiais e Métodos: Pesquisa de campo realizada com 102 praticantes de musculação, de ambos os sexos, matriculados em academias de Hortolândia-SP. Foi aplicado um formulário de entrevista semiestruturado, avaliação da ingestão alimentar habitual e avaliação da composição corporal. Utilizou-se o Programa Estatístico STATA versão 13.1, com a distribuição dos dados entre os testes de Shapiro Wilk, Teste Qui-Quadrado ou Teste Exato de Fisher, teste t de Student e Teste de Mann Whitney, as variáveis numéricas foram descritas em média, desvio padrão (DP) e intervalo de confiança de 95% (IC95%). Resultados e Discussão: 62,75% dos participantes eram do gênero masculino e 37,25% do gênero feminino, com idade média avaliada de 30,9 (±10,6) anos, peso médio de 74,4 (±13,5) Kg e média de IMC de 25,7 (±3,3) Kg/m². 46% (n=47) dos participantes utilizam algum tipo de suplementação, e apenas 9% (n=4) procuraram orientação de um nutricionista. Houve diferenças significativas na % de gordura corporal entre os gêneros. Em relação ao consumo total diário, houve diferenças significativas de proteínas e carboidratos para os que utilizam suplementos. Conclusão: Os praticantes de atividade física devem ser conscientizados sobre a alimentação adequada e o uso de suplementos de maneira correta. Sendo assim, salienta-se a importância da orientação de um profissional nutricionista no auxílio da ingestão de alimentos e suplementos.

 

ABSTRACT 

Food and supplementation intake assessment in bodybuilders (resistance training practitioners) of Hortolandia-SP academies

Introduction: Physical exercises brings many benefits to people, and must be combined with a proper nutrition to provide healthier life and aesthetics improvement. Aim: Evaluate the food and supplementation ingestion by resistance training practitioners. Materials and Methods: Field research was conducted with 102 practitioners of bodybuilding, men and women, enrolled in academies located in the city of Hortolandia-SP. It was applied a semi-structured interview form, the evaluation of habitual food ingestion and body composition assessment. We used the statistical program STATA version 13.1, with the distribution of data across the Shapiro-Wilk test, Qhi-Square test or Fisher's Exact test, Student's t test and Mann Whitney test, numerical variables were described as mean, standard deviation (SD) and 95% confidence intervals (95% CI). Results and Discussion: 62.75% of the participants were male and 37.25% female, mean age 30.9 ± 10.6 years, mean weight was 74.4 C (± 13.5) kg and mean BMI 25.7 (± 3.3) kg/m². 46% (n = 47) of respondents use any kind of supplementation, and only 9% (n = 4) sought guidance from a nutritionist. There were significant differences in body fat% between genders. Relative to the total daily intake, there were significant differences in protein and carbohydrates for those using supplements. Conclusion: practitioners of physical activity should be made aware of adequate food intake and the correctly use of supplements. Therefore, it was emphasized the importance of the guidance from a professional nutritionist in assistance of food and supplements intake.

Palavras-chave


Alimentação; Suplemento; Nutrição; Exercício físico

Texto completo:

PDF

Referências


-Alves, S. C. R.; Navarro, F. O uso de suplementos alimentares por frequentadores de academias de Potim-SP. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva. Vol. 4. Num. 20. 2010. p.139-146. Disponível em:

-Brito, D. S.; Liberali, R. Perfil do consumo de suplemento nutricional por praticantes de exercício físico nas academias da cidade de Vitória da Conquista-BA. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva. Vol. 6. Num. 31. 2012. p.66-75. Disponível em:

-Chiaverini, L. C. T.; Oliveira, E. P. Avaliação do consumo de suplementos alimentares por praticantes de atividade física em academias de Botucatu-SP. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva. Vol. 7. Num. 38. 2013. p.108-117. Disponível em:

-Corrêa, D. B.; Navarro, A. C. Distribuição de respostas dos praticantes de atividade física com relação à utilização de suplementos alimentares e o acompanhamento nutricional numa academia de Natal-RN. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva. Vol. 8. Num. 48. 2014. p.35-51. Disponível em:

-Costa, D. C.; Rocha, N. C. A.; Quintão, D. F. Prevalência do uso de suplementos alimentares entre praticantes de atividade física em academias de duas cidades do Vale do Aço/MG: fatores associados. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva. Vol. 7. Num. 41. 2013. p.287-299. Disponível em:

-Escobar, W. F.; Liberali, R. Perfil dos índices antropométricos de indivíduos de uma academia de Brusque-SC. Revista Brasileira de Prescrição e Fisiologia do Exercício. Vol. 4. Num. 22. 2010. p.382-389. Disponível em:

-Ferreira, K. P.; Berleze, K. J.; Gallon, C. W. Antropometria, alimentação e auto-imagem corporal de mulheres frequentadores de academia de Caxias do Sul-RS. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva. Vol. 5. Num. 29. 2011. p.434-441. Disponível em:

-Filho, J. F. A prática da avaliação física: testes, medidas e avaliação física em escolares, atletas e academias de ginástica. 2. ed. Rio de Janeiro: Shape, 2003.

-Foss, M. L.; Keteyian, S. J. Fox: Bases fisiológicas do exercício e do esporte. 6ª edição. Rio de Janeiro. Guanabara Koogan. 2000.

-Graciano, L. C.; Ferreira, F. G.; Chiapeta, S. M. S. V.; Scolforo, L. B.; Segheto, W. Nível de conhecimento e prática de hidratação em praticantes de atividade física em academia. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva. Vol. 8. Num. 45. 2014. p.146-155. Disponível em:

-Jackson, A. S.; Pollock, M. L. Generalized equations for predicting body density of men. British Journal of Nutrition. Vol. 40. 1978. p.497-504.

-Jackson, A. S.; Pollock, M. L.; Ward, A. Generalized equations for predicting body density of women. Medicine and Science in Sports and Exercise. Vol. 12. 1980. p.175-182.

-Lima, C. C.; Nascimento, S. P.; Macêdo, E. M. C. Avaliação do consumo alimentar no pré-treino em praticantes de musculação. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva. Vol. 7. Num. 37. 2013. p.13-18. Disponível em:

-Menon, D.; Santos, J. S. Consumo de proteína por praticantes de musculação que objetivam hipertrofia muscular. Revista Brasileira de Medicina do Esporte. Vol. 18. Num. 1. 2012. p.8-12.

-Morais, A. C. L.; Silva, L. L. M.; Macêdo, E. M. C. Avaliação do consumo de carboidratos e proteínas no pós-treino em praticantes de musculação. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva. Vol. 8. Num. 46. 2014. p.247-253. Disponível em:

-Nóbrega, A. C. L.; Werutski, C. A; Baptista, C.; Macedo, C.; Crispin, C.; Kopiler, D.; Freitas, H. F. G.; Padilha, H. V. G.; Souza, J.; Brazão, M. A. O.; Girão, M.; Leitão, M.; Regazzine, M.; Silva, P. S. B.; Baptista, P.; Borges, S.; Bonumá, S. Modificações dietéticas, reposição hídrica, suplementos alimentares e drogas: comprovação de ação ergogênica e potenciais riscos para a saúde. Revista Brasileira de Medicina do Esporte. Vol. 15. Num. 3. 2009. p.3-12.

-Pontes, M. C. F. Uso de suplementos alimentares por praticantes de musculação em academias de João Pessoa-PB. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva. Vol. 7. Num. 37. 2013. p.19-27. Disponível em:

-Ramos, D. C. C.; Navarro, F. Perfil alimentar e antropométrico de praticantes de musculação na cidade de Brasília. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva. Vol. 6. Num. 32. 2012. p.140-145. Disponível em:

-Reis, C.; Mello, N. A.; Confortin, F. G. Conhecimento nutricional de usuários e não usuários de suplementos alimentares em academias de uma cidade do Oeste de Santa Catarina. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva. Vol. 6. Num. 34. 2012. p.250-260. Disponível em:

-Roth, K. D. O. T.; Boscaini, C. Estado nutricional, exercício físico e uso de suplementos em indivíduos de uma academia da Serra Gaúcha-RS. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva. Vol. 8. Num. 46. 2014. p.217-227. Disponível em:

-Sabino, C.; Luz, M. T.; Carvalho, M. C. O fim da comida: suplementação alimentar e alimentação entre frequentadores assíduos de academias de musculação e fitness do Rio de Janeiro. História, Ciências, Saúde. Vol. 17. Num. 2. 2010. p.343-356.

-Schneider, L.; Bennemann, G. D.; Ballard, C. R.; Trindade, M. C. C. Avaliação de conhecimentos em nutrição e de hábitos alimentares por profissionais educadores físicos no município de Guarapuava-Paraná. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva. Vol. 8. Num. 43. 2014. p.65-73. Disponível em:

-Silva, R. F.; Liberali, R. Perfil do consumo de suplementos em praticantes de musculação de uma academia do município de Lajeado-RS. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva. Vol. 5. Num. 30. 2011. p.497-506. Disponível em:

-Silva, R. K.; Junior, D. A. F.; Neves, A. S. Consumo de ergogênicos nutricionais por praticantes de musculação de diversas academias de ginástica de Resende-RJ. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva. Vol. 6. Num. 36. 2012. p.470-476. Disponível em:

-Siri, W.E. Body composition from fluid spaces and density: analysis of methods. In: Brozeck J, Henschel A, eds. Techniques for measuring body composition. Washington DC: National Academy of Sciences. Natural Resource Council. 1961. p.223-244.

-Uchoas, G. D. S.; Pires, C. R.; Marin, T. Hábitos alimentares de frequentadores de academias em Apucarana-PR. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva. Vol. 5. Num. 30. 2011. p.530-540. Disponível em:

-Wagner, M. Avaliação do uso de suplementos nutricionais e outros recursos ergogênicos por praticantes de musculação em academias de um bairro de Florianópolis-SC. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva. Vol. 5. Num. 26. 2011. p.130-134. Disponível em:

-World Health Organization. Physical status: the use and interpretation of anthropometry. Technical Report Series 854. Geneva: WHO, 1995.

-Zilch, M. C.; Soares, B. M.; Bennemann, G. D.; Sanches, F. L. F. Z.; Cavazzotto, T. G.; Santos, E. F. Análise da ingestão de proteínas e suplementação por praticantes de musculação nas academias centrais da cidade de Guarapuava-PR. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva. Vol. 6. Num. 35. 2012. p.381-388. Disponível em:


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons

RBNE - Revista Brasileira de Nutrição Esportiva

IBPEFEX - Instituto Brasileiro de Pesquisa e Ensino em Fisiologia do Exercício

Editor-Chefe: Francisco Navarro. E-mail para contato: aqui

Editor Gerente: Francisco Nunes Navarro. E-mail para contato: aqui