Perfil nutricional de adolescentes atletas de Judô em períodos pré e pós-competições

Karolynne Bonatto Mognol, Mirian Patrícia Castro Pereira Paixão

Resumo


Uma das estratégias mais utilizadas se trata da restrição dietética de calorias, acompanhada pelo aumento na intensidade dos treinamentos. Dado esse fato, o presente estudo tem como principal objetivo comparar a dieta pré-competição do atleta de combate com sua dieta rotineira. O referente estudo também buscou mostrar o perfil dietético e antropométrico desses atletas. Com relação aos aspectos éticos todos os participantes assinaram o Termo de Consentimento Livre e Esclarecido. Trata-se de uma pesquisa longitudinal e descritiva, na qual foi comparado o antes e depois do período competitivo da população de atletas através do teste estatístico de t Student. 30 voluntários praticantes de judô se submeteram a uma avaliação antropométrica duas semanas antes e duas semanas depois de sua competição, assim como se dispuseram à fazer um registro alimentar de 3 dias antes e depois do período competitivo com o objetivo de comparar o antes e o depois. Quanto à análise dietética pré-competição dos voluntários foi constatado que apenas a vitamina A e a vitamina C atingiram a média recomendada pela DRI (Dietary Reference Intakes). Em contramão na análise pós-competição verificou-se que apenas o cálcio e as fibras não atingiam a média sugerida. A média de peso pré e pós-competição do sexo masculino variou 2,6kg, enquanto o feminino variou 4,2kg. Mesmo com a grande variação de peso constatada não houve aumento significativo no percentual de gordura corporal em ambos os sexos, nem mesmo um aumento significativo nos demais indicadores antropométricos avaliados, sugerindo que o ganho de peso dos atletas foi de tecido muscular, em função principalmente ao elevado nível de atividade física dos atletas estudados. A contínua carência de nutrientes na dieta cotidiana dos atletas sugere a falta de acompanhamento nutricional dessa população, o que de fato é de grande importância, sabendo que uma alimentação desequilibrada nutricionalmente pode afetar o crescimento e o desenvolvimento cognitivo do adolescente, prejudicando também o seu rendimento em competições.

 

ABSTRACT 

Nutritional profile of adolescents judo athletes pre and post-competitions.

One of the most used strategies is a low intake of calories combined with a more intense training. Given this fact, this study aim to compare the athlete pre-competition diet with the non-competition normal everyday diet. This study also sought to show the dietary and anthropometric profile of these athletes. Regarding the ethical aspects, all participants signed the Termo de Consentimento Livre e Esclarecido. This is a longitudinal and descriptive research, which was compared the before and after of the competition period of the population of athletes through t Student statistical test. Thirty judo practitioners have voluntarily submitted themselves to an anthropometric evaluation two weeks before and two weeks after their competition. Also, the subjects were asked to keep a meal record three days before and three days after the competition period with the objective of compare the records. It was observed that in the pre-competition dietary analysis of the volunteers, only vitamin A and C had reached the level recommended by the DRI (Dietary Reference Intakes). In contrast the post-competition analysis showed that only calcium and fibers did not reach the average suggested. The average weight pre and post competition varies 2.6 kg for male and 4.2kg for female. Even with the large variation in the weight, no significant increase in the body fat percentage was observed in both sexes. Not even a significant increase in other anthropometric indicators evaluated, suggesting that the weight gain of the athletes was of muscle tissue due mainly to the high level of physical activity of the studied athletes. The continued lack of nutrients in the daily diet of athletes suggests the absence of nutritional monitoring in this population, which indeed is very important, knowing that a nutritionally unbalanced diet can affect growth and adolescent cognitive development and reducing their performance in competitions as well.

Palavras-chave


Nutrição Esportiva; Alimentação; Atleta; Judô

Texto completo:

PDF

Referências


-Agência Nacional de Vigilância Sanitária. Resolução RDC nº18 de 27 de abril de 2010. Dispõe sobre alimentos para atletas. Brasília, 2010. Disponível em: . Acesso em: 01/12/2015.

-Alimentação Saudável. Alimentação Desportiva. 2008. Disponível em: . Acesso em: 28/11/2015.

-Alves, C.; Lima, R. V. B. Uso De Suplementos Alimentares Por Adolescentes. Jornal de Pediatria. Vol. 85. Num. 4. p.287-294. 2008. Disponível em: Acesso em 25/04/2016.

-Baptista, C. F. S. Judô: da escola à competição. Sprint. 1999.

-Belini, M. R. L.; Silva, M.; Gehring, L. Utilização de Suplementos Nutricionais por Adolescentes Praticantes de Musculação em Academias da Cidade de Campo Mourão-PR. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva. Vol. 9. Num. 54. p.553-562. 2015. Disponível em: Acesso em 25/04/2016.

-Brasil. Lei 8.234 de 17 de dezembro de 1991. Regulamenta a profissão de Nutricionista e determina outras providências. Brasília, 1991. Disponível em: . Acesso em: 30/11/2015.

-Camina, S. M.; Kazapi, I. M. Avaliação do perfil nutricional e conhecimentos de nutrição de atletas de voleibol. Nutrição em Pauta. Vol. 12. Num. 69. p.20-24. 2004.

-Chagas, C. E. A.; Ribeiro, S. M. L. Avaliação de uma Intervenção Nutricional convencionam em Atletas de Luta. Associação Brasileira de Nutrição Esportiva. Vol. 1. p.1-9. 2012.

-Choma, C. W.; Sforzo, G. A.; Keller, B. A. Impact of rapid weight loss on cognitive function in collegiate wrestlers. Med. Sci. Sports Exerc. Vol. 30. Num. 4. p.746-749. 1998.

-Confederação Brasileira de Judô. História do Judô. Disponível em: Acesso em: 04/10/2015.

-Costa, W. S. A avaliação do estado nutricional e hábitos alimentares de alunos praticantes de atividade física de uma academia do município de São Bento do UNA-PE. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva. Vol. 6. Num. 36. 2012. Disponível em:

-Fernandez, M. D.; Saínz, A. G.; Garzón, M. J. C. Treinamento Físico Desportivo e Alimentação. 2ª edição. Artmed. 2002.

-Francischi, R. P. P.; e colaboradores. Obesidade: atualização sobre sua etiologia, morbidade e tratamento. Revista de Nutrição. Vol. 13. Num. 1. p.17-28. 2000.

-Guimarães, N. G.; e colaboradores. Adesão a um programa de aconselhamento nutricional para adultos com excesso de peso e comorbidades. Revista de Nutrição. Vol. 23. Num. 3. p.323-333. 2010.

-Lancha Junior, A. H.; Ferraz, P. L. C.; Rogeri, P. S. Suplementação Nutricional do Esporte. Rio de Janeiro. Guanabara Koogan. 2009.

-Lima, L. L.; Hirabara, S. M. Efeitos da Perda Rápida de Pesoem Atletas de Combate. Rev. Bras. Ciênc. Esporte. Vol. 35. Num. 1. p.245-260. 2013.

-Lopes, M. Q.; Mazzoccante, R. P.; Browne, R. A. V.; Bartholomeu Neto, J.; Sotero, R. C.; Sales, M. M.; Asano, R. Y. Estratégias de Perda de Peso em Judocas de Nível Nacional. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva. Vol. 6. Num. 34. p.268-274. 2012.

-Marcondelli, P.; Costa, T. H. M.; Schmitz, B. A. S. Nível de atividade física e hábitos alimentares de universitários do 3º ao 5º semestres da área da saúde. Revista de Nutrição. Vol. 21. Num. 1. p.39-47. 2008.

-Maughan, R. J.; King, D. S.; Lea, T. Dietary supplements. Journal of Sports Sciences. London. Vol. 22. p.95-113. 2004.

-Mcardle, W. D.; Katch, F. I.; Katch, L. V. Fisiologia do Exercício: Energia Nutrição e Desempenho Humano. 4ª edição. Rio de Janeiro. Guanabara Koogan. 1998.

-Monteiro, S. M. N. Glutamina e exercício: Metabolismo, Imunomodulação e Suplementação. Nutrição Saúde e Performance. Anuário de nutrição esportiva funcional. Vol. 7. Num. 32. p.34-37. 2006.

-Pereira, R. F.; Lajolo, F. M.; Hirschbruch, M. D. Consumo de suplementos por alunos de academias de ginástica em São Paulo. Revista de Nutrição. Vol. 16. Num. 3. p.265-272. 2003.

-Pinto, D. C. C.; e colaboradores. Judô: caminho suave ou caminho da vitória? Arte marcial que se esportivizou ou esporte que se tornou arte marcial? In: XII Simpósio Internacional Processo Civilizador. 2009, Recife. Anais Eletrônicos. Uberlândia: UNITRI 2009. Disponível em: Acesso em: 1/04/2016.

-Rodrigues, E. M.; Soares, F. P. T. P.; Boog, M. C. F. Resgate do conceito de aconselhamento no contexto do atendimento nutricional. Revista de Nutrição. Vol. 18. Num. 1. p.119-128. 2005.

-Santos, M. Â. A.; Santos, R. P. Uso de suplementos alimentares como forma de melhorar a performance nos programas de atividade física em academias de ginástica. Revista Paulista de Educação Física. Vol. 16. Num. 2. p.174-185. 2002.

-Santos, R. P.; e colaboradores. Aconselhamento sobre alimentação e atividade física: prática e adesão de usuários da atenção primária. Revista Gaúcha de Enfermagem. Vol. 33. Num. 4. p.14-21. 2012.

-Scofield, D. E.; Unruh, S. Dietary supplement use among adolescent athletes in central Nebraska and their sources of information. The Journal of Strength & Conditioning Research. Vol. 20. Num. 2. p.452-455. 2006. Disponível em: . Acesso em: 01/12/2015.

-Silva, A. L.; Miranda, G. D. F.; Liberali, R. A influência dos carboidratos antes, durante e após-treinos de alta intensidade. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva. Vol. 2. Num. 10. 2012. p.211-224. Disponível em: . Acesso em: 28 nov. 2015.

-Silveira, M. K. S.; Mazzoccante, R. P.; de Sousa, I. C.; Olher, R. R.; Mendes, L. V.; Asano, R. Y.; Sotero, R. C. Perda de Peso no Período Pré-Competitivo de Atletas de Judô e Jiu Jitsu. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva. Vol. 7. Num. 41. p.256-262. 2013. Disponível em:

-Siqueira, F. V.; e colaboradores. Aconselhamento para a prática de atividade física como estratégia de educação à saúde Counseling for physical activity as a health education strategy. Caderno de Saúde Pública. Vol. 25. Num. 1. p.203-213. 2009.

-Sociedade Brasileira de Medicina do Esporte. Modificações dietéticas, reposição hídrica, suplementos alimentares e drogas: comprovação de ação ergogênica e potenciais riscos para a saúde. Revista Brasileira de Medicina do Esporte. Vol. 3. Num. 15. p.3-12. 2009. Disponível em: Acesso em: 01/12/2015.

-Steezn, S. N.; Mckinney, S. Nutrition assessment of college wrestlers. Phys Sportsmed. Vol. 14. Num. 11. p.100-116. 1986.

-Willians, M. H. Nutrição para saúde, condicionamento físico e desempenho esportivo. 5ª edição. São Paulo. Manole. 2002.

-Zonta, F. S. C.; Bergozza, F. C. B.; Liberali, R. Perfil Dietético e Antropométrico de Atletas de Judô de uma Equipe do Oeste Catarinense. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva. Vol. 5. Num. 28. p.276-284. 2011. Disponível em:


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons

RBNE - Revista Brasileira de Nutrição Esportiva

IBPEFEX - Instituto Brasileiro de Pesquisa e Ensino em Fisiologia do Exercício

Editor-Chefe: Francisco Navarro. E-mail para contato: aqui

Editor Gerente: Francisco Nunes Navarro. E-mail para contato: aqui