Avaliação do perfil dos frequentadores de uma academia quanto ao consumo de suplementos nutricionais e fatores associados no município de Alfenas-MG

  • Angela Rita Paitax da Silva Universidade Federal da Alfenas (UNIFAL- MG)
  • Amanda Aparecida Oliveira da Silva Universidade Federal da Alfenas (UNIFAL- MG)
  • Hudsara Aparecida de Almeida Paula Universidade Federal da Alfenas (UNIFAL- MG)
  • Débora Vasconcelos Bastos Marques Universidade Federal da Alfenas (UNIFAL- MG)
Palavras-chave: Academias esportivas, Desempenho esportivo, Suplementos alimentares

Resumo

A academia de ginástica constitui o local para a prática de exercício físico. Neste contexto, existe falta de informação e orientação em relação à nutrição adequada e, assim, o praticante de exercício pode vir a consumir erroneamente suplementos alimentares, prejudicando o alcance de seus objetivos, além de prejuízos à saúde. O objetivo deste estudo foi avaliar o perfil dos frequentadores de uma academia e a utilização de suplementos nutricionais, em Alfenas-MG. Foi realizado um levantamento de informações referentes aos frequentadores da academia, com enfoque no uso e conhecimento de suplementos nutricionais, por meio de um roteiro estruturado. Foram entrevistados 152 frequentadores de academia com idade média de 24 anos; destes, 71,05% (n= 108) cursavam ou já concluíram o ensino superior. A atividade física mais praticada foi musculação 85,18% (n=138), no entanto, 42,1 % (n= 64) dos entrevistados declararam fazer uso de suplementos nutricionais. Quanto ao perfil dos consumidores de suplementos: 57,81% (n= 37) consumiam um tipo de suplemento alimentar e eram predominantemente do sexo masculino 65,63% (n=42); 56,76% (n=42) faziam uso sem orientação de um especialista e a razão mais citada para o consumo foi aumentar a massa muscular 31,25% (n=30). O suplemento consumido com maior relato foi o Whey Protein 34,50% (n= 40). Os dados, obtidos desta amostra apontam o anseio de alcançar hipertrofia muscular. Não foi observada associação do uso de suplementos nutricionais com fatores como sexo, idade, nível de escolaridade e tipo de modalidade esportiva praticada.

 

ABSTRACT 

Assessment of the academic frequency profile on the consumption of nutritional supplements at the city of Alfenas-MG

The gym is the place to go for workout. In this context, there is a lack of information and guidance regarding proper nutrition and, thus, the exercise practitioner may erroneously consume dietary supplements, impairing the achievement of their goals, as well as health damage. The aim of this study was to evaluate the profile of the attendants of a gym and the use of nutritional supplements, in Alfenas-MG. A survey of information about the academics was made, focusing on the use and knowledge of nutritional supplements, through a structured script. We interviewed 152 people with an average age of 24; Of these, 71,05% (n= 108) attended or had completed college education. The most practiced physical activity was bodybuilding 85,18% (n= 138), so, 42,1% (n=64) of the interviewees declared that they did use nutritional supplements. About the profile of supplementary consumers: 57,81% (n= 37) consumed one type of food supplement and were predominantly male 65,63% (n= 42); 56,76% (n= 42) were used without the advice of a specialist and the most cited reason for consumption was to increase muscle mass by 31,25% (n= 30). The most widely consumed supplement was Whey Protein 34,50% (n= 40). The data obtained from this sample point to the desire to achieve muscular hypertrophy. There was no association between the use of nutritional supplements and factors such as sex, age, education level and type of sports practiced.

1-Araújo, A.C.M.; Soares, Y.N.G. Perfil de utilização de repositores protéicos nas academias de Belém, Pará. Revista de Nutrição da Puccamp. Vol. 12. Num. 1. 1999. p. 81-89.

 

2-Araújo, M.F.; Navarro, F. Consumo de suplementos nutricionais por alunos de uma academia de ginástica, Linhares, Espírito Santo. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva. Vol. 2. Num. 8. 2008. p. 46-54. Disponível em: <http://www.rbne.com.br/index.php/rbne/article/view/53/52>

 

3-Assumpção, B.V.; Diniz, J.C.; Sol, N.A.A. O nível de conhecimento das informações sobre suplementação e alimentação utilizados por indivíduos frequentadores de academia de diferentes níveis sociais na cidade de Sete Lagoas-Minas Gerais. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva. Vol. 1.Num. 5. 2007. p. 1-12. Disponível em: <http://www.rbne.com.br/index.php/rbne/article/view/38/37>

 

4-Bertulucci, K.N.B; Schembri, T.; Pinheiro, A. M. M.; Navarro, A. C. Consumo de suplementos alimentares por praticantes de atividade física em academias de ginástica em São Paulo. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva. Vol. 4. Num. 20. 2010. p. 165-172. Disponível em: <http://www.rbne.com.br/index.php/rbne/article/view/177/175>

 

5-Castro Duarte, L.; e colaboradores. Satisfação com a imagem corporal e uso de suplementos por frequentadores de academias de ginástica. Scientia Medica. Vol. 2. Num. 24. 2014. p. 137-141.

 

6-Costa, D.C.; Rocha, N.C.A.; Quintão, D.F. Prevalência do uso de suplementos alimentares entre praticantes de atividade física em academias de duas cidades do Vale do Aço/MG: fatores associados. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva. Vol. 7. Num. 41. 2013. p. 287-299. Disponível em: <http://www.rbne.com.br/index.php/rbne/article/view/406/387>

 

7-Costa, W. S. A avaliação do estado nutricional e hábitos alimentares de alunos praticantes de atividade física de uma academia do município de São Bento do UNA-PE. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva. Vol. 6. Num. 36. 2012. p. 464-469. Disponível em: <http://www.rbne.com.br/index.php/rbne/article/view/344/348>

                                   

8-Ferreira, P. S.; e colaboradores. Aspectos gerais e indicadores estatísticos sobre consumo de suplementos nutricionais em academias de ginástica. Revista Nutrição em Pauta. Vol. 15. Num. 82. 2007. P .27-31.

 

9-Hallak, A.; Fabrini, S.; Peluzio, M.C.G. Avaliação do consumo de suplementos nutricionais em academias da zona sul de Belo Horizonte, MG, Brasil. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva. Vol. 1. Num. 2. 2007. p. 55-60. Disponível em: <http://www.rbne.com.br/index.php/rbne/article/view/18/17>

 

10-Hirschbruch, M.D.; Fisberg, M.; Mochizuki, L. Consumo de suplementos por jovens frequentadores de academias de ginástica em São Paulo. Revista Brasileira de Medina do Esporte. Vol. 14. Num. 6. 2008. p. 539-543.

 

11-Hirschbruch, M.D. Nutrição Esportiva: Uma Visão Prática. Barueri, SP. Editora Manole. 2014. p.223.

 

12-Hirschbruch, M.D; Lajolo, F.M.; Pereira, R. F. Consumo de suplementos por alunos de academias de ginástica em São Paulo. Rev. Nutr. Vol. 16. Num. 3. 2003. p. 265-272.

 

13-Lopes, F.G.; e colaboradores. Conhecimento sobre nutrição e consumo de suplementos em academias de ginástica de Juiz de Fora, Brasil. Revista Brasileira de Medicina do Esporte. Vol. 21. Num. 2015. p. 451-456.

 

14-Milani, V.C.; Teixeira, E.L.; Marquez, T.B. Fatores associados ao consumo de suplementos nutricionais em frequentadores de academias de ginástica da cidade de Nova Odessa. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva. Vol. 8. Num. 46. 2014. p. 264-278. Disponível em: <http://www.rbne.com.br/index.php/rbne/article/view/458/428>

 

15-Pereira, J.M.O.; Cabral, C. Avaliação dos conhecimentos básicos sobre nutrição de praticantes de musculação em uma academia da cidade de Recife. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva. Vol. 1. Num. 1. 2007. p. 40-47.  Disponível em: <http://www.rbne.com.br/index.php/rbne/article/view/5/5>

 

16-Pereira, L.P. Utilização de recursos ergogênicos nutricionais e/ou farmacológicos em uma academia da cidade de Barra do Piraí-RJ. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva. Vol. 8. Num. 43.  2014. p. 58-64. Disponível em: <http://www.rbne.com.br/index.php/rbne/article/view/428/401>

 

17-Pontes, M.C.F. Uso de suplementos alimentares por praticantes de musculação em academias de João Pessoa-PB. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva. Vol. 7. Num. 37. 2013. p. 19-27. Disponível em: <http://www.rbne.com.br/index.php/rbne/article/view/350/356>

 

18-Rocha, L.P.; Pereira, M.V.L. Consumo de suplementos nutricionais por praticantes de exercícios físicos em academia. Revista de Nutrição da Puccamp. Vol. 1. Num. 11. 1998. p.7 6-82.

 

19-Santos, H.V.D.; de Oliveira, C. C. P.; de Freitas, A. K. C.; Navarro, A. C. Consumo de suplementos alimentares por praticantes de exercício físico em academias de bairros nobres da cidade do Recife. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva. Vol. 7. Num. 40. 2013. p. 204-211. Disponível em: <http://www.rbne.com.br/index.php/rbne/article/view/396/378>

 

20-Schneider, A. P.; Machado, D. Z. Consumo de suplementos alimentares entre frequentadores de uma academia de ginástica de Porto Alegre/RS. Revista Nutrição em Pauta. Vol. 14. Num. 78. 2006. p. 12-15.

 

21-Szuck, P.; Salgueirosa, F.; Venturi, I.  Características do consumo de suplementos proteicos e aminoácidos por praticantes de exercícios contra resistidos das academias da cidade de Canoinhas-SC, Brasil. Saber Científico. Vol. 3. Num. 1. 2011. p. 1-11.

 

22-Terada, L. C.; Godoi, M. R.; Silva, T. C. V.; Monteiro, T. L. Efeitos metabólicos da suplementação do Whey Protein em praticantes de exercícios com pesos. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva. Vol. 3. Num. 16. 2009. p. 295-304. Disponível em: <http://www.rbne.com.br/index.php/rbne/article/view/127/125>

 

23-World Health Organization. Growth reference data for 5-19 years. WHO Technical Report Series. Geneva. 2007.

 

24-World Health Organization. Obesity: preventing and managing the global epidemic. WHO Technical Report Series. Geneva. 2002.

Referências

-Araújo, A.C.M.; Soares, Y.N.G. Perfil de utilização de repositores protéicos nas academias de Belém, Pará. Revista de Nutrição da Puccamp. Vol. 12. Num. 1. 1999. p. 81-89.

-Araújo, M.F.; Navarro, F. Consumo de suplementos nutricionais por alunos de uma academia de ginástica, Linhares, Espírito Santo. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva. Vol. 2. Num. 8. 2008. p. 46-54. Disponível em: <http://www.rbne.com.br/index.php/rbne/article/view/53/52>

-Assumpção, B.V.; Diniz, J.C.; Sol, N.A.A. O nível de conhecimento das informações sobre suplementação e alimentação utilizados por indivíduos frequentadores de academia de diferentes níveis sociais na cidade de Sete Lagoas-Minas Gerais. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva. Vol. 1.Num. 5. 2007. p. 1-12. Disponível em: <http://www.rbne.com.br/index.php/rbne/article/view/38/37>

-Bertulucci, K.N.B; Schembri, T.; Pinheiro, A. M. M.; Navarro, A. C. Consumo de suplementos alimentares por praticantes de atividade física em academias de ginástica em São Paulo. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva. Vol. 4. Num. 20. 2010. p. 165-172. Disponível em: <http://www.rbne.com.br/index.php/rbne/article/view/177/175>

-Castro Duarte, L.; e colaboradores. Satisfação com a imagem corporal e uso de suplementos por frequentadores de academias de ginástica. Scientia Medica. Vol. 2. Num. 24. 2014. p. 137-141.

-Costa, D.C.; Rocha, N.C.A.; Quintão, D.F. Prevalência do uso de suplementos alimentares entre praticantes de atividade física em academias de duas cidades do Vale do Aço/MG: fatores associados. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva. Vol. 7. Num. 41. 2013. p. 287-299. Disponível em: <http://www.rbne.com.br/index.php/rbne/article/view/406/387>

-Costa, W. S. A avaliação do estado nutricional e hábitos alimentares de alunos praticantes de atividade física de uma academia do município de São Bento do UNA-PE. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva. Vol. 6. Num. 36. 2012. p. 464-469. Disponível em: <http://www.rbne.com.br/index.php/rbne/article/view/344/348>

-Ferreira, P. S.; e colaboradores. Aspectos gerais e indicadores estatísticos sobre consumo de suplementos nutricionais em academias de ginástica. Revista Nutrição em Pauta. Vol. 15. Num. 82. 2007. P .27-31.

-Hallak, A.; Fabrini, S.; Peluzio, M.C.G. Avaliação do consumo de suplementos nutricionais em academias da zona sul de Belo Horizonte, MG, Brasil. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva. Vol. 1. Num. 2. 2007. p. 55-60. Disponível em: <http://www.rbne.com.br/index.php/rbne/article/view/18/17>

-Hirschbruch, M.D.; Fisberg, M.; Mochizuki, L. Consumo de suplementos por jovens frequentadores de academias de ginástica em São Paulo. Revista Brasileira de Medina do Esporte. Vol. 14. Num. 6. 2008. p. 539-543.

-Hirschbruch, M.D. Nutrição Esportiva: Uma Visão Prática. Barueri, SP. Editora Manole. 2014. p.223.

-Hirschbruch, M.D; Lajolo, F.M.; Pereira, R. F. Consumo de suplementos por alunos de academias de ginástica em São Paulo. Rev. Nutr. Vol. 16. Num. 3. 2003. p. 265-272.

-Lopes, F.G.; e colaboradores. Conhecimento sobre nutrição e consumo de suplementos em academias de ginástica de Juiz de Fora, Brasil. Revista Brasileira de Medicina do Esporte. Vol. 21. Num. 2015. p. 451-456.

-Milani, V.C.; Teixeira, E.L.; Marquez, T.B. Fatores associados ao consumo de suplementos nutricionais em frequentadores de academias de ginástica da cidade de Nova Odessa. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva. Vol. 8. Num. 46. 2014. p. 264-278. Disponível em: <http://www.rbne.com.br/index.php/rbne/article/view/458/428>

-Pereira, J.M.O.; Cabral, C. Avaliação dos conhecimentos básicos sobre nutrição de praticantes de musculação em uma academia da cidade de Recife. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva. Vol. 1. Num. 1. 2007. p. 40-47. Disponível em: <http://www.rbne.com.br/index.php/rbne/article/view/5/5>

-Pereira, L.P. Utilização de recursos ergogênicos nutricionais e/ou farmacológicos em uma academia da cidade de Barra do Piraí-RJ. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva. Vol. 8. Num. 43. 2014. p. 58-64. Disponível em: <http://www.rbne.com.br/index.php/rbne/article/view/428/401>

-Pontes, M.C.F. Uso de suplementos alimentares por praticantes de musculação em academias de João Pessoa-PB. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva. Vol. 7. Num. 37. 2013. p. 19-27. Disponível em: <http://www.rbne.com.br/index.php/rbne/article/view/350/356>

-Rocha, L.P.; Pereira, M.V.L. Consumo de suplementos nutricionais por praticantes de exercícios físicos em academia. Revista de Nutrição da Puccamp. Vol. 1. Num. 11. 1998. p.7 6-82.

-Santos, H.V.D.; de Oliveira, C. C. P.; de Freitas, A. K. C.; Navarro, A. C. Consumo de suplementos alimentares por praticantes de exercício físico em academias de bairros nobres da cidade do Recife. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva. Vol. 7. Num. 40. 2013. p. 204-211. Disponível em: <http://www.rbne.com.br/index.php/rbne/article/view/396/378>

-Schneider, A. P.; Machado, D. Z. Consumo de suplementos alimentares entre frequentadores de uma academia de ginástica de Porto Alegre/RS. Revista Nutrição em Pauta. Vol. 14. Num. 78. 2006. p. 12-15.

-Szuck, P.; Salgueirosa, F.; Venturi, I. Características do consumo de suplementos proteicos e aminoácidos por praticantes de exercícios contra resistidos das academias da cidade de Canoinhas-SC, Brasil. Saber Científico. Vol. 3. Num. 1. 2011. p. 1-11.

-Terada, L. C.; Godoi, M. R.; Silva, T. C. V.; Monteiro, T. L. Efeitos metabólicos da suplementação do Whey Protein em praticantes de exercícios com pesos. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva. Vol. 3. Num. 16. 2009. p. 295-304. Disponível em: <http://www.rbne.com.br/index.php/rbne/article/view/127/125>

-World Health Organization. Growth reference data for 5-19 years. WHO Technical Report Series. Geneva. 2007.

-World Health Organization. Obesity: preventing and managing the global epidemic. WHO Technical Report Series. Geneva. 2002.

Publicado
2018-02-06
Como Citar
da Silva, A. R. P., da Silva, A. A. O., Paula, H. A. de A., & Marques, D. V. B. (2018). Avaliação do perfil dos frequentadores de uma academia quanto ao consumo de suplementos nutricionais e fatores associados no município de Alfenas-MG. RBNE - Revista Brasileira De Nutrição Esportiva, 11(67), 916-924. Recuperado de http://www.rbne.com.br/index.php/rbne/article/view/930
Seção
Artigos Científicos - Original