Relação entre o consumo de carboidratos e composição corporal em praticantes de musculação de uma academia de Erechim-RS

Dayanne Carla De Bastiani, Giovana Cristina Ceni, Jaine Micheli Mazon

Resumo


Praticantes de treinamento resistido muitas vezes utilizam dietas com baixo teor e até exclusão de carboidratos com o intuito de diminuir a adiposidade e o peso corporal. O objetivo desse trabalho foi realizar avaliação nutricional dos praticantes de musculação de academias da cidade de Erechim-RS, e verificar a relação entre ingestão de carboidratos com a composição corporal dos mesmos. A amostra incluiu praticantes de musculação de ambos os sexos, de 20 a 35 anos. Os participantes responderam uma anamnese e foram aferidas as pregas cutâneas, o peso e a altura. O consumo de carboidratos foi calculado através do recordatório alimentar de 24 horas de três dias e calculado na plataforma Calcnut. Foram utilizados os testes estatísticos para comparações e correlações. A amostra foi composta de 37 homens (61,67%) e 23 mulheres (38,33%), com consumo baixo de carboidratos para ambos (menor que 50% do valor energético consumido) e percentual de gordura elevado para as mulheres (23,36 ± 2,56%) e adequado para os homens (10,03 ± 3,36%). A relação encontrada entre o consumo de carboidratos e o percentual de gordura corporal para ambos os sexos foi desprezível, r=-0,16 e r=0,10 para homens e mulheres, respectivamente. Os homens utilizam mais suplementos e praticam musculação com maior frequência semanal que as mulheres. Os dados demonstram que há necessidades de ajustes nutricionais na dieta de praticantes de exercícios resistidos, e que o consumo de carboidrato não está relacionado com o percentual de gordura corporal.

 

ABSTRACT 

Relation between carbohydrate consumption and body composition fitness practitioners in academy of Erechim-RS

Bodybuilders often use diets that are low and even exclusion of carbohydrates in order to reduce adiposity and body weight. This work aims to conduct nutritional assessment of bodybuilders academies in the city of Erechim-RS, and to verify the relationship between carbohydrate intake with body composition thereof. The sample included bodybuilders of both sexes, 20 to 35 years. Participants answered an anamnesis and were measured skinfold thickness, weight and height. The carbohydrate intake was calculated by 24-hour food recall three days and calculated in Calcnut platform. Statistical tests for comparisons and correlations were used. The sample consisted of 37 men (61.67%) and 23 women (38.33%), with low consumption of carbohydrates to both (less than 50% of the consumed energy value) and high fat percentage for women (23.36 ± 2.56%) and suitable for men (10.03 ± 3.36%). The association between carbohydrate intake and body fat percentage for both sexes was not significant, r = -0.16 and r = 0.10 for men and women, respectively. Men use more supplements and do weight training with higher weekly frequency than women. The data show that there is need of nutritional dietary adjustments practitioners of resistance exercises, and that consumption of carbohydrate is not related to the percentage of body fat.


Palavras-chave


Treinamento de resistência; Gordura corporal; Nutrição Esportiva; Alimentação

Texto completo:

PDF

Referências


-Aniceto, R. R.; Dias, R. M. R.; Scott, C. B.; Lima, F. F. M.; Prazeres, T. M. P.; Prado, W. L. Efeitos agudos de diferentes métodos de treinamento com pesos sobre o gasto energético em homens treinados. Revista Brasileira de Medicina do Esporte. São Paulo. Vol. 19. Núm. 3. 2013. p. 181-185.

-Antônio, J.; Peacock, C. A.; Ellenbroek, A.; Fromhoff, B.; Silver, T. The effects of consuming a high protein diet (4.4 g/kg/d) on body composition in resistance-trained individuals. Journal of the International Society of Sports Nutrition, Londres. Vol. 11. Num. 19. 2014. p. 1-6.

-Aragon, A. A.; Schoenfeld, B. J. Nutrient timing revisited: is there a post-exercise anabolic window? Journal of the International Society of Sports Nutrition. Londres. Vol. 10. Num. 5. 2013 p. 1-11.

-Araújo, M. F.; Navarro, F. Consumo de suplementos nutricionais por alunos de uma academia de ginástica, Linhares, Espírito Santo. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva, São Paulo. Vol. 2. Num. 8. 2008. p. 46-54. Disponível em:

-Azevedo, M. R.; Menezes, A. M.; Assunção, M. C.; Gonçalves, H.; Arumini, I.; Horta, B. L.; Hallal, P. C. Tracking of physical activity during adolescence: the 1993 Pelotas Birth Cohort, Brazil. Revista de Saúde Pública, São Paulo. Vol. 48. Num. 6. 2014. p. 925-930.

-Bray, G. A.; Smith, S. R.; Jonge, L.; Xie, H.; Rood, J.; Martin, C. K.; Most, M.; Brock, C.; Mancuso, S.; Redman, L. M. Effect of dietary protein content on weight gain, energy expenditure, and body composition during overeating: a randomized controlled trial. JAMA. Vol. 307. Núm. 1. 2012. p. 4-55.

-Campbell, D. D.; Meckling, K. A. Effect of the protein:carbohydrate ratio in hypoenergetic diets on metabolic Syndrome risk factors in exercising overweight and obese women. British Journal of Nutrition, Londres. Vol. 108. Num. 9. 2012. p. 1658-1671.

-Colusso, M. A.; Nassif, J. M.; Bouças, R. I. Avaliação do consumo de suplementos nutricionais e queimadores de gordura por praticantes de atividade física em academias de ginástica do município de São Paulo. Science in Health. São Paulo. Vol. 5. Núm. 2. 2014. p. 61-78.

-Conzatti, S.; Marcadenti, A.; Conde, S. R. Avaliação dos hábitos alimentares de praticantes de exercício físico em uma academia de um centro universitário. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva, São Paulo. Vol. 9. Núm. 54. 2015. p. 534-543. Disponível em:

-Cyrino, E. S.; Sobrinho, J. M. S.; Maestá, M.; Reis, D. A.; Morelli, M. Y. G.; Burin, R. C. Perfil morfológico de culturistas brasileiros de elite em período competitivo. Revista Brasileira de Medicina do Esporte. São Paulo. Vol. 14. Núm. 5. 2008. p. 460-465.

-Daniel, M. F.; Neiva, C. M. Avaliação da ingestão protéica e do balanço nitrogenado em universitários praticantes de musculação. Revista Mackenzie de Educação Física e Esporte, São Paulo. Vol. 8. Num. 1. 2009. p. 21-39.

-Domingues, S. F.; Marins, J. C. B. Utilização de recursos ergogênicos e suplementos alimentares por praticantes de musculação em Belo Horizonte-MG. Fitness and Performance Journal, Rio de Janeiro. Vol. 6. Num. 4. 2007. p. 218-226.

-Donatto, F.; Prestes, J.; Silva, F. G.; Capra, E.; Navarro, F. Efeito da suplementação aguda da creatina sobre os parâmetros de força e composição corporal de praticantes de musculação. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva, São Paulo. Vol. 1. Num. 2. 2007. p. 38-44. Disponível em:

-Espínola, H. H. F.; Costa, M. A. R. A.; Navarro, F. Consumo de suplementos por usuários de academias de ginástica da cidade de João Pessoa-PB. Revista Brasileira de Nutrição Brasileira, São Paulo. Vol. 1. Num. 7. 2008. p. 1-10. Disponível em:

-Fayh, A. P. T.; Umpierre, D.; Sapata, K. B.; Neto, F. M. D.; Oliveira, A. R. Efeitos da ingestão prévia de carboidrato de alto índice glicêmico sobre a resposta glicêmica e desempenho durante um treino de força. Revista Brasileira de Medicina do Esporte, São Paulo. Vol. 13. Num. 6. 2007. p. 416-420.

-Freitas, L. K. P.; Andrade, M. L. L.; Maia, M. M. O.; Junior, A. T. C.; Medeiros, H. J.; Knackfuss, M. I. Consumo de macronutrientes por usuários de academias de ginástica. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva, São Paulo. Vol. 7. Num. 37. 2013. p. 43-50. Disponível em:

-Gomes, G. S.; Degiovanni, G. C.; Garlipp, M. R.; Chiarello, P. G.; Junior, A. A. J. Caracterização do consumo de suplementos nutricionais em praticantes de atividade física em academias. Revista Medicina, Ribeirão Preto. Vol. 41. Num. 3. 2008. p. 327-331.

-Hu, T.; Bazzano, L. A. The low-carbohydrate diet and cardiovascular risk factors: Evidence from epidemiologic studies. Nutrition, Metabolism & Cardiovascular Diseases, Los Angeles. Vol. 24. Núm. 4. 2014. p. 337-343.

-Jackson, A.S.; Pollock, M. L. Generalized equations for predicting body density of men. British Journal of Nutrition, Londres. Vol. 40. Num. 3. 1978. p. 497-504.

-Jackson, A. S.; Pollock, M. L.; Ward, A. Generalized equations for predicting body density of women. Medicie and Science in Sports and Exercise, Indianapolis. Vol. 12. Num. 3.1980. p. 175-182.

-Kinzig, K. P.; Taylor, R. J. Maintenance on a ketogenic diet: voluntary exercise, adiposity and neuroendocrine effects. International Journal of Obesity, New York. Vol. 33. Núm. 8. 2009. p. 824-830.

-Lima, C.C.; Nascimento, S. P.; Macedo, E. M. C. Avaliação no consumo alimentar no pré-treino em praticantes de musculação. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva. São Paulo. Vol. 7. Núm. 37. 2013.p. 13-18.

-Lima-Silva, A. E.; Fernandes, T. C.; Oliveira, F. R.; Nakamura, F. Y.; Gevaerd, M. S. Metabolismo do glicogênio muscular durante o exercício físico: mecanismos de regulação. Revista de Nutrição, Campinas. Vol. 20. Num. 4. 2007. p. 417-429.

-Lohman, T. G. Advances in Body Composition Assessment: Current Issues in Exercise Science. Monograph 3. Champaign. Human Kinetics Publishers. 1992.

-Maestá, N.; Cyrino, E. S.; Angeleli, A. Y. O.; Burini, R. C. Efeito da oferta dietética de proteína sobre o ganho muscular, balanço nitrogenado e cinética da 15N-glicina de atletas em treinamento de musculação. Revista Brasileira de Medicina do Esporte. São Paulo. Vol. 14.Núm. 3. 2008. p. 215-220.

-Menon, D.; Santos, J. S. Consumo de proteína por praticantes de musculação que objetivam hipertrofia muscular. Revista Brasileira de Medica do Esporte, São Paulo. Vol. 18. Núm. 1. 2012. p. 8-12.

-Nogueira, F. R. S.; Brito, A. F.; Vieira, T. I.; Oliveira, C. V. C.; Gouveia, R. L. B. Prevalência do uso de ergogênicos em praticantes de musculação na cidade de João Pessoa, Paraíba. Revista Brasileira de Ciências do Esporte, Campinas. Vol. 37. Num. 1. 2015. p. 56-64.

-Polacow, V. O.; Junior, A. H. L. Dietas hiperglicídicas: Efeitos da substituição isoenergética de Gordura por carboidratos sobre o metabolismo de lipídios, adiposidade corporal e sua associação com atividade física e com o risco de doença cardiovascular. Arquivos Brasileiros de Endocrinologia e Metabologia. Vol. 51. Núm. 3. 2007. p. 389-400.

-Pereira, J. M. O.; Cabral, P. Avaliação dos conhecimentos básicos sobre nutrição de praticantes de musculação em uma academia da cidade de Recife. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva, São Paulo. Vol. 1. Num. 1. 2007. p. 40-47. Disponível em:

-Santos, H. V. D.; Oliveira, C. C. P.; Freitas, A. K. C.; Navarro, A. C. Consumo de suplementos alimentares por praticantes de exercício físico em academias de bairros nobres da cidade de Recife. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva, São Paulo. Vol. 7. Num. 40. 2013. p. 204-211. Disponível em:

-Silva, A. A.; Fonseca, N. S. L. N.; Gagliardo, L. C. A associação da orientação nutricional ao exercício de força na hipertrofia muscular. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva, São Paulo. Vol. 6. Num. 35. 2012. p. 389-397. Disponível em:

-Sociedade Brasileira de Cardiologia. I Diretriz sobre o consumo de Gorduras e Saúde Cardiovascular. Sociedade Brasileira de Cardiologia. Rio de Janeiro. Arquivo Brasileiro de Cardiologia. Núm. 1 (Supl.3). 2013.

-Sociedade Brasileira de Medicina do Esporte (SBME). Diretriz da Sociedade Brasileira de Medicina do Esporte. Modificações Dietéticas, Reposição Hídrica, Suplementos Alimentares e Drogas: Comprovação de Ação ergogênica e Potenciais Riscos para à Saúde. Revista Brasileira de Medicina do Esporte. Vol. 15. Núm. 3. 2009. p.2-12.

-Sousa, M. M. S.; Navarro, F. A suplementação de carboidratos e a fadiga em praticantes de atividade de endurance. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva. São Paulo. Vol. 4. Núm. 24. 2010. p. 462-474. Disponível em:

-Teixeira, C. S.; Barbosa, R. F.; Bertolin, D. C.; Cesarino, C. B. Transtornos alimentares em adolescentes de uma escola estadual do noroeste paulista. Revista Arquivos de Ciências da Saúde, São Paulo. Vol. 22. Núm. 2. 2015. p. 84-87.

-Teixeira, F.L. S.; Freitas, C. M. S. M.; Caminha, I. O. A lipofobia nos discursos de mulheres praticantes de exercício físico. Motriz: Revista de Educação Física. Vol.18. Núm. 3. 2012. p.590-601.

-Trog, S. D.; Teixiera, E. Uso de suplementação alimentar com proteínas e aminoácidos por praticantes de musculação do município de Irati-PR. Cinergis, Santa Cruz do Sul. Vol. 10. Num. 1. 2009. p. 43-53.

-Willet, W. C. Is dietary fat a major determinant of body fat? American Journal of Clinic Nutrition. Vol. 67. Núm. 2. 1998. p. 556S-562S.

-Wingfield, H. L.; Smith-Ryan A. E.; Melvin M. N. The acute effect of exercise modality and nutrition manipulations on post-exercise resting energy expenditure and respiratory exchange ratio in women: a randomized trial. Sports Medicine - Open. Vol.1. Núm. 11. 2015.

-World Health Organization (WHO). Physical status: the use and interpretation of anthropometry: report of a WHO expert committee. WHO Technical Report series. Geneva. Núm. 854. 1995.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons

RBNE - Revista Brasileira de Nutrição Esportiva

IBPEFEX - Instituto Brasileiro de Pesquisa e Ensino em Fisiologia do Exercício

Editor-Chefe: Francisco Navarro. E-mail para contato: aqui

Editor Gerente: Francisco Nunes Navarro. E-mail para contato: aqui