Estado de hidratação em atletas de esportes de combate durante a perda de peso corporal

Antonio André Jarsen Pereira, Dulce Elena Casarini

Resumo


Introdução: Os esportes de combate cada vez mais se infiltram na sociedade, estimulando estratégias para preservação da integridade física dos lutadores, como a divisão de categorias por peso. Durante o Weight Cycling, alguns atletas utilizam a perda hídrica aguda para inserção em categorias inferiores.  Objetivo: verificar o estado de hidratação em atletas de esportes de combate durante a perda de peso corporal. Materiais e métodos: A amostra foi composta por nove lutadores de MMA e sete Muay Thai. Os dados foram coletados 30 dias antes da luta, no dia da pesagem e no dia da luta. O estado de hidratação foi verificado a partir do peso corporal (%), coloração e densidade da urina. Discussão: Mesmo com a intenção das organizações de proteger a integridade física dos atletas, alguns lutadores manipulam o peso corporal. A diminuição da taxa de filtração glomerular induzida pela desidratação pode desencadear uma rede de problemas futuros de saúde para estes indivíduos. Uma das principais complicações é a Doença Renal Crônica. Resultados: De acordo com a coloração da urina, 88,8% (MMA) e 100% (Muay Thai) se encontravam com algum nível de desidratação, 100% (MMA) e 62,5% (Muay Thai) não estavam hidratados de acordo com a densidade da urina, e 88,8% (MMA) e 85,7% (Muay Thai) também se apresentaram desidratados. Conclusão: Demonstramos a alta taxa de lutadores em algum estado de desidratação, ficando evidente a necessidade emergente de atenção e cuidado por meio dos profissionais responsáveis pelo o Weight Cycling.


Palavras-chave


Desidratação; Lutas; Perda de massa corporal

Texto completo:

PDF

Referências


-Alderman, B.; Landers, D. M.; Carlson, J.; Scott, J. R. Factors Related to Rapid Weight Loss Practices Among International-Style Wrestlers. Rev. Med Sci Sports Exerc. Vol. 36 Num. 2. 2004. p. 249-252.

-Andreato, L. V.; Andreato, T. V.; Santos, J. F.; Esteves, J. V.; Moraes, S. M.; Franchini, E. Weight Loss in Mixed Artial Arts Athleres. Journal of Combat Sports and Martial Arts. Vol. 5. Núm. 2. 2014 p. 125-131.

-Artioli, G. G.; Scagliuse, F. B.; Polacow, V. O.; Gualano, B.; Lancha Junior; A. H. Magnitude e Métodos de Perda Rápida de Peso em Judocas de Elite. Rev. Nutr. Vol. Núm. 3. 2007. p. 307-315.

-Awi, F. Filho teu não Foge à Luta: Como os Lutadores Brasileiros Transformaram MMA em um Fenômeno Mundial. Rio de Janeiro. Intrínseca. 2012. p. 24-29.

-Bordignon, N. G.; Escobar, M. Esportes de Combate: Métodos de Perda de Peso e Aspectos Nutricionais. Revista Ciência em Movimento | Reabilitação e Saúde. Vol. 17. Núm. 35. p. 39-49. 2015.

-Bortolotto, L. A. Hipertensão Arterial e Insuficiência Renal Crônica. Rev Bras Hipertens. Vol. 15. Núm. 3. 2008. p.152-155.

-Brito, C. J.; Roas, A. F.; Brito, I. S.; Marins, J. C.; Córdova, C.; Franchini, E. Methods of Body Mass Reduction by Combat Sport Athletes. International Journal of Sport Nutrition and Exercise Metabolism. Vol. 22. Núm. 2 .2012. p. 89-97.

-Brownell, K.; Steen, S.; Wilmore, J. Weight Regulation Practices in Athletes: Analysis of Metabolic and Health Effects. Med Sci Sports Exerc. Vol. 19. Núm. 6. 1987. p. 546-556.

-Casa, D. J.; Armstrong, L. E.; Hillman, S. K.; Montain, S. J.; Reiff, R. V.; Rich, B. S. E; Roberts, W. O; Stone, J. A. National Athletic Trainers' Association Position Statement: Fluid Replacement for Athletes. Journal of Athletic Training. Vol. 35. Núm. 2. 2000. p. 212-224.

-Évora, P. R.; Reis, C. L.; Ferez, M. A.; Conte, D. A.; Garcia, L. V. Distúrbios do Equilíbrio Hidroeletrolítico e do Equilíbrio Acido básico - Uma Revisão Prática. Medicina. Revista Ribeirão Preto. Online. Vol. 32. Núm. 4. 1999. p. 451-469.

-Fabrini, S. P.; Brito, C. J.; Mendes, E. L., Sabarense, C. M., Marins, J. C.Práticas de redução de massa corporal em judocas nos períodos pré-competitivos. Revista Brasileira de Educação Física e Esporte. Vol. 24. Núm. 2. 2010. p.165-177.

-Jetton, A.; Lawrence, M.; Meucci, M. H.; T.L.; Collier, S.; Morris, D.; Utter, A. C. Dehydration and acute weight gain in mixed martial arts fighters before competition. Journal of Strength & Conditioning Research. Vol. 27. Núm. 5. 2013. p. 1322-1326.

-Lima, L. L.; Sandro, M. H. Efeitos da Perda Rápida de Peso. Rev. Bras. Ciênc. Esporte. Vol. 35. Núm. 1. 2013. p. 245-260.

-Matthews, J.; Nicholas, C. N. Extreme Rapid Weight Loss and Rapid Weight Gain Observed in Mixed Martial Arts Athletes Preparing for Competition. International Journal of Sport Nutrition and Exercise Metabolism. Vol. 27. Núm. 2. 2017. p. 122-129.

-Rossi, L.; Reis, V. A.; Azevedo, C. O. Desidratação e recomendações para a reposição hídrica em crianças fisicamente ativas. Revista Paulista de Pediatria. Vol. 28. 337-345. 2010.

-Santos Júnior, R. B. Perda de peso em atletas brasileiros de artes marciais mistas MMA: prevalência, magnitude, métodos e sintomas vivenciados. Dissertação de Mestrado. Universidade Federal do Paraná. Paraná. 2016.

-Valente, B. B.; Silva, R. F. Avaliar os efeitos da desidratação para os atletas de MMA (Mixed Martial Arts) e a existência de métodos mais eficientes. Anais do XI Evento de Iniciação Científica. Centro Universitário Autônomo do Brasil.

-Vasquez, D. G. As Artes Marciais Mistas (MMA) Como Esporte Moderno: Entre a Busca da Excitação e a Tolerância à Violência. Esporte & Sociedade. Vol. 8. Núm. 22. 2013.

-Vimieiro-Gomes, A.; Rodrigues, L. Avaliação do Estado de Hidratação dos Atletas, Estresse Térmico do Ambiente e Custo Calórico do Exercício Durante Sessões de Treinamento em Voleibol de Alto Nível. Rev. Paul. Educ. Fís. Vol. 15. Núm. 2. 2001. p. 201-211.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons

RBNE - Revista Brasileira de Nutrição Esportiva

IBPEFEX - Instituto Brasileiro de Pesquisa e Ensino em Fisiologia do Exercício

Editor-Chefe: Francisco Navarro. E-mail para contato: aqui

Editor Gerente: Francisco Nunes Navarro. E-mail para contato: aqui