Avaliação nutricional em atletas MMA profissionais

Daniel Bemfato Dezan, Gabriela C. Dezan, Stefane Dias, Jeffrey Williams

Resumo


Como outros esportes de combate, os lutadores de MMA devem lutar dentro de uma classe de peso especificada. Portanto, a nutrição é uma variável extremamente importante que deve ser controlada no cotidiano dos lutadores. As competições de MMA vêm ganhando uma enorme repercussão na mídia e se tornaram cada vez mais competitivas. Várias estratégias nutricionais são capazes de interferir no desempenho dos atletas, particularmente as inadequações da dieta podem prejudicar o desempenho atlético. Portanto como o MMA é um esporte interessante para a avaliação dos efeitos de uma dieta inadequada, o objetivo deste estudo é realizar uma avaliação nutricional com 6 atletas profissionais do sexo masculino (idade 31,5 +/- 10,0, altura de 177 centímetros +/- 8,6, peso 78,6 kg +/- 7,9, IMC de 23,5 +/- 0,7, massa livre de gordura de 62,0 kg +/- 7,0 e 9,0 kg de massa gorda +/- 2,0) em relação ao valor calórico da dieta e o consumo de macronutrientes. Os resultados foram obtidos de atletas profissionais com ingestão calórica diária de 2.271kcal e 29.9kcal / kg / dia. A ingestão de carboidratos foi de 221,6 g por dia e 2,8 g / kg. A ingestão de proteína foi de 180g e 2,3g / kg. A ingestão de gordura foi de 55g e 0,71g / kg. Foi observado um elevado consumo de proteína, que poderia ser reduzido para gerar um aumento no consumo de carboidratos e gorduras, pois os resultados mostram um baixo consumo de carboidratos e gorduras. O perfil inadequado de ingestão de macronutrientes pode ser devido à falta de conhecimento dos atletas sobre o assunto e a falta de aconselhamento ou consulta profissional. Assim, parece-nos que a introdução de pesquisas sobre os conhecimentos básicos de nutrição para esses atletas é necessária para o sucesso da implementação de mudanças em suas dietas, assim como também ficou claro que os atletas da nossa amostra poderiam aumentar sua ingestão percentual de carboidratos e gorduras pela redução de proteínas.


Palavras-chave


Nnutrition; MMA; Athletes

Texto completo:

PDF (English)

Referências


-American College Sports Medicine. ACSM. Position Stand on weight loss in wrestlers. Medicine & Science in Sports & Exercise. Vol. 28. Núm. 2. 1997. p. IX-XII.

-American Dietetic Association. Position of the American Dietetic Association: nutrition for physical fitness and athletic performance for adults. Journal of the American Dietetic Association. Vol. 87. Num. 7. 1987. p. 933- 939.

-Anjos, L. A. Índice de massa corporal como indicador do estado nutricional de adultos: revisão da literatura. Revista Saúde Pública. Vol. 26 Num. 6. 1992. p. 431-436

-Assis, L.M.; Silveira, J.Q.; Barbosa, M. R. Avaliação Antropométrica, Ingestão alimentar e consumo de suplementos em atletas e praticantes de Mixed Martial Arts do Município de Araraquara. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva. Vol. 9. Num. 5. 2015. p. 307-317. Disponível em:

-Bassit, R. A.; Malverdi, M. A. Avaliação Nutricional de Triatletas. Revista Paulista de Educação Física. Vol. 12. Num. 1. 1998. p. 42-53.

-Brouns, F.; Saris, W.; Rehrers, N. Abdominal complaints and gastrointestinal function during long-lasting exercise. International Journal of Sports Medicine. Vol. 8. Num. 3. 1987. p. 175-189.

-Buchheit, M.; Laursen, P.B. High-intensity interval training, solutions to the programming puzzle. Part I: cardiopulmonary emphasis. Sports Medicine. Vol. 43. Num. 5. 2013. p. 313-338.

-Burke, L.; Read, R. Diet patterns of elite Australian male triathletes. Physician and Sports medicine. Vol. 15. Num. 2. 1987. p. 140-155.

-Case, J. A.; Haube, M. D. Higher-protein diets do not hinder athletic perform in male fighters. Journal of the International Society of Sports Nutrition. Vol. 7. Supp. 1. 2010.

-Chagas, C. E. A.; Ribeiro, S. M. L. Avaliação de uma intervenção nutricional convencional em atletas de luta. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva. Vol.1. Núm.1. 2012. p. 99-118.

-Coelho, B.; Azeredo, C.; Bressan, E. Perfil nutricional e análise comparativa dos hábitos alimentares e estado nutricional de atletas profissionais de basquete, karatê, tênis de mesa e voleibol. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva. São Paulo. Vol. 3. Núm. 18. 2009. p. 570-577. Disponível em:

-Christina, D.; Economos, S. Nutritional Practices of Elite Athletes Practical Recommendations. Sports Medicine. Vol. 16. Num. 6. 1993. p. 381-399.

-Del Vecchio, F.; Hirata, S.; Franchini, E. A review of time-motion analysis and combat development in mixed martial arts matches at regional level tournaments. Percept Mot Skills, Vol. 112. Num. 2. 2011. p. 639-648.

-Do Nascimento, O.V.; Alencar, F.H. Perfil do estado nutricional do atleta adulto. Fitness Performance Journal. Vol. 6. Num. 4. 2007. p. 241-246.

-Ellerbroek, A.; Peacock, C. A.; Orris, S. The effects of heavy resistance training and a high protein diet (3.4g/kg/d) on body composition, exercise performance and indices of health in resistance-trained individuals - a follow-up investigation. Journal of the International Society of Sports Nutrition. Vol. 12. Num. 39. 2015. p. 2-9.

-Fabrini, P.S.; Brito, C.J.; Mendes, E.L.; Sabarense, C.M.; Marins, J.C.B.; Franchini, E. Práticas de redução de massa corporal em judocas nos períodos pré-competitivos, Revista brasileira de Educação Física e Esporte. Vol. 24. Num. 2. 2010. p. 165-177.

-Gaitanos, G.C.; Williams, C.; Boobis, L.H. Human muscle metabolism during intermittent maximal exercise. J Appl Physiol. Vol. 75. Num. 2. 1993. p. 712-729.

-Guerra, I. A importância da alimentação e da hidratação do atleta, R. Min. Educ. Fís. Vol. 12. Num. 2. 2004. p. 159-173.

-Guerrero, A.F.H. Fatores determinantes do estado nutricional do idoso de Nova Olinda do Norte - Amazonas. Dissertação de Mestrado em Ciência do Alimento. UFAM-AM. Manaus. 2010.

-Jackson, A.S.; Pollock, M.L. Generalized equations for predicting body density of men. Br. J. Nutr. Vol. 40. Num. 3. 1978. p. 497-504.

-McCargar, L.J.; Crawford, S. M. Metabolic and anthropometric changes with weight cycling in wrestlers. Medicine & Science in Sports & Exercise. Num. 24. Vol. 11. 1992. p. 1270-1275.

-Navarro, F.; Schandler, N. Avaliação Corporal e Nutricional em jogadores de futebol. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva. Vol. 1. Num. 1. 2007. p. 67-72. Disponível em:

-Newsholme, E. A.; Leecii, A. R. Biochemistry for the medical sciences. UK. Willey. 1983. p. 952.

-Palermo, J. R. Bioquimíca da Nutrição. 2ª Edição. São Paulo. Atheneu. 2014.

-Ricardo, D.R.; Araujo, C.G. Índice de massa corporal: um questionamento científico baseado em evidência. Arq bras cardiologia. Vol. 79. Num. 1. 2002. p. 61-69.

-Siri, W.E. Body composition from fluid space and density.In J. Brozer e A. Hanschel (eds), Techniques for measuring body composition. Washington. DC: National Academy of science. 1961. p.223-244

-Slater, B.; Marchioni, D.M.L.; Fisberg, R.M. Estimando a prevalência da ingestão inadequada de nutrientes. Revista de Saúde Pública. Vol. 38. Num. 4. 2004. p. 599-605.

-Stenn, S.N.; Brownell, K.D. Patterns of weight loss and regain in wrestlers: has the tradition changed? Medicine & Science in Sports & Exercise. Vol. 22. Núm. 6. 1990. p.762-768.

-Vasconcellos M.T.L.; Portela M.C. Índice de massa corporal e sua relação com variáveis nutricionais e socioeconômicas: um exemplo de uso de regressão linear para um grupo de adultos brasileiros. Cad saúde pública. Vol. 17. Num. 6. 2001. p. 1425-1436.

-Zago, A.; Navarro, A. C. Análise sobre a perda de peso em atletas de MMA em período pré-competitivo e as respostas de força. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva. Vol. 22. Num. 22. 2012. p. 330-335. Disponível em:

-World Health Organization. WHO. Obesity: preventing and managing the global epidemic. Report of a WHO consultation. 2005.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons

RBNE - Revista Brasileira de Nutrição Esportiva

IBPEFEX - Instituto Brasileiro de Pesquisa e Ensino em Fisiologia do Exercício

Editor-Chefe: Francisco Navarro. E-mail para contato: aqui

Editor Gerente: Francisco Nunes Navarro. E-mail para contato: aqui