Influência da perda hídrica sobre força de atletas de basquetebol universitário

  • Pâmela Viviane da Rosa Maciel Universidade Luterana do Brasil (ULBA), Canoas-RS, Brasil.
  • Osvaldo Donizete Siqueira Laboratório de Fisiologia e Medicina do Esporte (LAFIMED), Universidade Luterana do Brasil (ULBA), Canoas-RS, Brasil.
  • Daniel Carlos Garlipp Laboratório de Fisiologia e Medicina do Esporte (LAFIMED), Universidade Luterana do Brasil (ULBA), Canoas-RS, Brasil.
Palavras-chave: Desidratação, Atletas, Força muscular, Basquetebol

Resumo

Introdução: O basquetebol é uma modalidade que requer movimentações intensas, o que gera um processo de perda hídrica que pode levar a alterações no desempenho. Objetivo: Analisar a influência da perda hídrica sobre as variáveis de força manual e explosiva em atletas de uma equipe de basquetebol universitário masculino. Materiais e Métodos: A amostra contou com 11 atletas com idade média de 23,18±3,45 anos e estatura média de 1,86±0,05m. Os atletas foram submetidos a testes de salto horizontal (cm) e preensão manual (kgf)  antes e após cada partida, durante dois amistosos. Foram verificadas também a temperatura e umidade do ar, assim como a perda hídrica (mL) verificada atráves do peso corporal (kg) antes e após cada partida, o consumo de água (mL) e o tempo de cada  atleta em quadra em minutos. Para a análise inferencial foi utilizado o teste t para amostras pareadas e a correlação de Spearman, sendo o nível de significância dotado de 5%. Resultados e discussão: O peso corporal apresentou diminuição significativa de seus valores em ambos os amistosos (p<0,05). Foi identificada correlação significativa entre o tempo em quadra e a perda hídrica durante o primeiro amistoso, sendo que o tempo em quadra explica a perda hídrica em 46,3%, e, no segundo amistoso foi identificada diferença significativa da força de preensão manual da mão direita (p=0,015). Conclusão: Houve uma perda hídrica significativa, o efeito desta perda hídrica nas variáveis de força só se mostrou significativo em um amistoso, no que tange a força manual.

Biografia do Autor

Pâmela Viviane da Rosa Maciel, Universidade Luterana do Brasil (ULBA), Canoas-RS, Brasil.

Graduada em Educação Física pela Universidade Luterana do Brasil (Ulbra/Canoas).

Osvaldo Donizete Siqueira, Laboratório de Fisiologia e Medicina do Esporte (LAFIMED), Universidade Luterana do Brasil (ULBA), Canoas-RS, Brasil.

Professor do curso de Educação Física e membro do Laboratório de Fisiologia e Medicina do Esporte (LAFIMED) da Univeridade Luterana do Brasil (ULBRA-Canoas).

Daniel Carlos Garlipp, Laboratório de Fisiologia e Medicina do Esporte (LAFIMED), Universidade Luterana do Brasil (ULBA), Canoas-RS, Brasil.

Professor dos cursos de Medicina e Educação Física e Coordenador do Laboratório de Fisiologia e Medicina do Esporte (LAFIMED) da Univeridade Luterana do Brasil (ULBRA-Canoas).

Referências

-Ali, A.; Williams, C. Isokinetic and isometric muscle function of the knee extensors and flexors during simulated soccer activity: effect of exercise and dehydration. Journal of Sports Science. Vol. 31. Num. 8. 2013. p. 907-16.

-Armstrong, L.E.; Epstein, Y.; Greenleaf, J.E.; Haymes, E.M.; Hubbard, R.W.; Roberts, W.O.; Thompson, P.D.; American College of Sports Medicine position stand. Heat and cold illnesses during distance running. Medicine and Science in Sports and Exercise. Vol. 28. Num. 1. 1996.

-Brito, C. J.; Marins, J. C. B. Caracterização das práticas sobre hidratação em atletas da modalidade de judô no estado de Minas Gerais. Revista Brasileira de Ciência e Movimento. Vol. 13. Num. 2. 2005. p.59-73.

-Carmo, G.G.; Gheler, M.; Amorim, R.M.T.; Navarro, A.C. As práticas de hidratação de homens lutadores de jiu-jitsu na cidade de São Paulo. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva. São Paulo. Vol. 5. Num. 26. 2011. p.159-72.

-Cyrino, E.S.; Altimari, L.R.; Okano, A.H.; Faria Coelho, C. Efeitos do treinamento de futsal sobre a composição corporal e o desempenho motor de jovens atletas. Revista Brasileira de Ciência e Movimento. Brasília. Vol. 10. Num. 1. 2002. p. 41-46.

-Detoni Filho, A. Efeito da desidratação em uma sessão de treino em respostas fisiológicas e perceptivas de meninas atletas de ginastica rítmica. Dissertação de Mestrado em Ciências do Movimento Humano. UFRGS. 2014.

-Ferreira, A.E.X; De Rose Junior, D. Basquetebol técnicas e táticas uma abordagem pedagógica. São Paulo. EPU. 2010. p. 120.

-Gabriel, D.A.; Basford, J.R.; Na, K.N. Neural adaptations to fatigue: implications for muscle strength and training. Medicine and Science in Sports and Exercise. Vol. 33. Num. 8. 2001. p. 1354-60.

-Hillyer, M.; Menon, K.; Singh, R. The Effects of Dehydration on Skill-Based Performance. International Journal of Sports Science. Vol. 5. Num. 3. 2015. p. 99-107.

-Invenção, D.P.; Andrade, L.E.A.; Gomes, L.P.S.; Nascimento, M.V. Estado de hidratação em atletas de futebol americano: uma análise pré e pós-treino. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva. São Paulo. Vol. 12. Num. 69. 2018. p. 68-75.

-Kraemer, W.J.; Fry, A.C.; Rubin, M.R.; Triplett-McBride, T.; Gordon, S.E.; Koziris, L.P.; Lynch, J.M.; Volek, J.S.; Meuffels, D.E.; Newton, R.U.; Fleck, S.J. Physiological and performance responses to tournament wrestling. Medicine and Science in Sports and Exercise. Vol. 33. Num. 8. 2001. p. 1367-78.

-Kraft, J.A.; Green, J.M.; Bishop, P.A.; Richardson, M.T.; Neggers, Y.H.; Leeper, J.D. The influence of hydration on anaerobic performance: a review. Research quarterly for exercise and sport. Vol. 83. Num. 2. 2012. p. 282-92.

-Kuaye, L.; Candido, L.P.; Melo, N.S.; Nacif, M. Avaliação do estado de hidratação de jogadores de basquetebol. Revista Corpoconsciência. Santo André. Vol. 12. Num. 1. 2008. p. 11-7.

-Laitano, O.; Runco, J.L.; Baker, L. Hydration science and strategies in football. Sports Science Exchange. Vol. 27. Num. 128. 2014. p. 1-7.

-Marcelino, L.M.; Segheto, W.; Amaral, R.A.; Rodrigues, S.H.; Scolforo, L.B.; Ferreira, F.G. Análise do nível de hidratação e taxa de sudorese de atletas da categoria de base do basquetebol durante jogos escolares. Revista Brasileira de Prescrição e Fisiologia do Exercício. São Paulo. Vol. 7. Num. 37. 2013. p.39-46.

-Maughan, R.J.; Watson, P.; Evans, G.H.; Broad, N.; Shirreffs, S.M. Water Balance and Salt Losses in Competitive Football. International Journal of Sports Nutrition and Exercise Metabolism. Champaign. Vol. 17. Num. 6. 2007. p.583-94.

-Meyer, F.; Andrade, R. Desidratação e importância da reposição de líquidos durante exercício prolongado no calor. Perfil. Ano 3. Num. 3. 1999. p. 12-6.

-Monteiro, C.R.; Guerra, I.; Barros, T.L. Hidratação no futebol: uma revisão. Revista Brasileira de Medicina do Esporte. Vol. 9. Num. 4. 2003. p. 238-42.

-Osterberg, K.L.; Horswill, C.A.; Baker, L.B. Pregame urine specific gravity and fluid intake by national basketball association players during competition. Journal of Athletic Training. Vol. 44. Num. 1. 2009. p. 53-57.

-Passanha, A.; Thomaz, F.S.; Barbosa, L.R.P.; Nacif, M. Perda hídrica em atletas de uma equipe feminina de vôlei. Revista Digital EFDeportes.com. Buenos Aires. Ano. 13. Num. 122. 2008.

-Perrela, M.M.; Noriyuki, P.S.; Rossi, L. Avaliação da perda hídrica durante treino intenso de rugby. Revista Brasileira de Medicina do Esporte. Vol. 11. Num. 4. 2005. p. 292-32.

-Perrin, P.; Perrin, C.; Courant, P.; Béné, M.C.; Durupt, D. Posture in basketball players. Acta Oto-rhino-laryngologica Belgica. Vol. 45. Num. 3. 1991. p. 341-7.

-Racinais, S.; Blonc, S.; Jonville, S.; Hue, O. Time of day influences the environmental effects on muscle force and contractility. Medicine and Science in Sports and Exercise. Vol. 37. Num. 2. 2005. p. 256-61.

-Rodrigues, R.; Pompermayer, M.G.; Lupion R.O.; Baroni, B.M.; Leomos, F.A.; Vaz, M.A. Influência do estado de hidratação sobre a capacidade de produção de força após exercício no calor com e sem ingestão hídrica. XII Salão de Iniciação Científica - PUCRS. 03 a 07 de outubro de 2011.

-Sawka, M.N.; Burke, L.M.; Eichner, E.R.; Maughan, R.J.; Montain, S.J.; Stachenfeld, N.S. American College of Sports Medicine position stand. Exercise and fluid replacement. Medicine and Science in Sports and Exercise. Vol. 39. Num. 2. 2007. p. 377-90.

-Shi, X.; Gisolfi, C.V. Fluid and carbohydrate replacement during intermittent exercise. Sports Medicine. Vol. 25. Num. 3. 1998. p. 157-72.

Publicado
2021-05-19
Como Citar
Maciel, P. V. da R., Siqueira, O. D., & Garlipp, D. C. (2021). Influência da perda hídrica sobre força de atletas de basquetebol universitário. RBNE - Revista Brasileira De Nutrição Esportiva, 13(83), 1037-1043. Recuperado de http://www.rbne.com.br/index.php/rbne/article/view/1512
Seção
Artigos Científicos - Original