Prevalência de comportamentos ortoréxicos em praticantes de exercício físico de Joinville-SC

  • Luiza Bortolatto Rizzieri Faculdade Ielusc, Joinville-SC, Brasil.
  • Sônia dos Santos Toriani Faculdade Ielusc, Joinville-SC, Brasil.
  • Juliano Turmina Faculdade Ielusc, Joinville-SC, Brasil.
Palavras-chave: Transtornos da alimentação e da ingestão de alimentos, Comportamento alimentar, Exercício

Resumo

A Ortorexia Nervosa é uma desordem alimentar recente na literatura científica. Se trata de comportamentos obsessivos referente à qualidade da dieta alimentar, levando a consequências prejudiciais na vida do indivíduo, sendo mais comum na área da saúde e/ou praticantes de algum esporte. O objetivo do estudo foi investigar a presença de comportamentos relacionados a ortorexia nervosa (ON) em praticantes de exercício físico. Participaram 65 indivíduos de ambos os sexos, de 20 a 59 anos, que praticavam alguma modalidade de exercício físico. Responderam dois questionários através da ferramenta online do Google Forms: (a) avaliação da prática de atividade física e (b) ORTO-15. Os dados obtidos foram tabulados em planilhas eletrônicas com apoio do Microsoft® Excel Office (2016), e o score foi realizado para análise dos dados. Foi aplicada a estatística descritiva através de frequências, média e desvio-padrão, com nível de significância p<0,05. O resultado mostrou que 89,23% da amostra apresentou comportamentos ortoréxicos, a modalidade mais praticada foi musculação (91,30%) de quatro a cinco vezes por semana. Das pessoas que tiveram resposta positiva, 79,3% praticam exercício físico há mais de um ano, e a maioria possuía ou ensino médio ou superior completo (81%). Não houve diferenças significativas de sexo. Concluiu-se que pessoas que praticam exercício físico parecem ter maior sensibilidade a desenvolver ortorexia nervosa, conforme pontuação alcançada por este instrumento, porém há necessidade de cautela em relação a utilização e interpretação do questionário ORTO-15, visto que este se mostrou uma ferramenta que pode ser falha em realizar um diagnóstico preciso.

Referências

-Aksoydan, E.; Camci, N. Prevalence of orthorexia nervosa among Turkish performance artists. Eating and Weight Disorders - Studies on Anorexia, Bulimia and Obesity. Vol. 14. Num. 1. 2009. p. 33-37.

-Alvarenga, M.; Figueiredo, M.; Antonaccio, C.; Timerman, F. Nutrição Comportamental. São Paulo. Manole. 2016. p.576

-Alvarenga, M. S.; Martins, M. C. T.; Sato, K. S. C. J.; Vargas, S. V. A.; Philippi, S. T.; & Scagliusi, F. B. Orthorexia nervosa behavior in a sample of Brazilian dietitians assessed by the Portuguese version of ORTO-15. Eating and Weight Disorders - Studies on Anorexia, Bulimia and Obesity. Vol. 17. Num. 1. 2012. p. 29-35.

-Bert, F.; Gualano, M. R.; Voglino, G.; Rossello, P.; Perret, J. P.; Siliquini, R. Orthorexia Nervosa: A cross-sectional study among athletes competing in endurance sports in Northern Italy. PLoS ONE. Vol. 14. Num. 8. 2019. p. 1-12.

-Bo, S.; Zoccali R.; Ponzo, V.; Soldati, L.; Carli, L.; Benso, A.; Fea, E.; Rainoldi, A.; Durazzo, M.; Fassino, S.; Abbate-Daga, G. University courses, eating problems and muscle dysmorphia: are there any associations? Journal of Translational Medicine. Vol. 12. Num. 1. 2014. p. 1-8.

-Brasil. Ministério da Saúde. Resolução nº 466, de 2012. Resolução Nº 466, dezembro de 2012.

-Bratman, S. Original essay on Orthorexia. 1997. Disponível em: <https://www.orthorexia.com/original-orthorexia-essay/>

-Chen, M. Attitude toward organic foods among Taiwanese as related to health consciousness, environmental attitudes, and the mediating effects of a healthy lifestyle. British Food Journal. Vol. 111. Num 2. 2009. p. 165-178.

-Clifford, T.; Blyth, C. A pilot study comparing the prevalence of orthorexia nervosa in regular students and those in University sports teams. Eating and Weight Disorders - Studies on Anorexia, Bulimia and Obesity. Vol. 24. 2019. p. 473-480.

-Costa, C. B.; Kholoude, H. K.; Gibbs, K. Orthorexia Nervosa: A Review of the Literature. Issues in Mental Health Nursing. Vol. 38. Num. 12. 2017. p. 980-988.

-Donini, L.M.; Marsili, D.; Graziani, M.P.; Imbriale, M.; Cannella, C. Orthorexia Nervosa: A preliminary study with a proposal for diagnosis and an attempt to measure the dimension of the phenomenon. Eating and Weight Disorders. Vol. 9. Num. 2. 2004. p. 151-157.

-Dunn, T. M., Gibbs, J., Whitney, N., & Starosta, A. Prevalence of orthorexia nervosa is less than 1 %: data from a US sample. Eating and Weight Disorders - Studies on Anorexia, Bulimia and Obesity. Vol. 22. Num. 1. 2016. p. 185-192.

-Dunn, T. M.; Bratman, S. On orthorexia nervosa: A review of the literature and proposed diagnostic criteria. Eating Behaviors. Vol. 21. 2016. p. 11-17.

-HÃ¥mana, L.; Lindgren, E.; Prell, H. “If it’s not Iron it’s Iron f*cking biggest Ironmanâ€: personal trainers’s views on health norms, orthorexia and deviant behaviours. International Journal of Qualitative Studies on Health and Well-being. Vol.12. 2017. p. 1-10.

-Kiss-Lezer, M.; Tóth-Király, I.; Rigó, A. How the obsession to eat healthy food meets with the willingness to do sports: the motivational background of orthorexia nervosa. Eating and Weight Disorders - Studies on Anorexia, Bulimia and Obesity. 2019. p. 1-8.

-Martins, M. C. T.; Alvarenga, M. S.; Vargas, S. V. A.; Sato, K. S. C. J.; Scagliusi, F. B. Ortorexia nervosa: reflexões sobre um novo conceito. Revista Nutrição. Campinas. Vol. 24. Num 2. p. 345-357. 2011.

-Mathieu, J. What is orthorexia? Journal of The American Dietetic Association. Vol. 105. Num. 10. 2005. p.1510-12.

-Oberle, C. D.; Watkins, R. S.; Burkot, A.J. Orthorexic eating behaviors related to exercise addiction and internal motivations in a sample of university students. Eating and Weight Disorders. Vol. 3. Num. 1. 2017. p. 67-74.

-Penaforte, F. R. O.; Barroso, S. M.; Araújo, M. E.; Japur, C. C. Ortorexia nervosa em estudantes de nutrição: associações com o estado nutricional, satisfação corporal e período cursado. Jornal Brasileiro de Psiquiatria. Vol. 67. Num.1. 2018. p. 18-24

-Pollan, M. Em defesa da comida - um manifesto. Rio de Janeiro. Intrínseca. 2008. p.33

-Pontes, J. B.; Montagner, M. I.; Montagner, M. A. Ortorexia Nervosa: adaptação cultural do ORTO-15. Revista Demetra. Vol. 9. Num. 2. 2014. p. 533-548.

-Ramalho, R. T.; Lucca, I. L. Análise do perfil de praticantes de atividades físicas em academias de ginástica com interesse por escalada esportiva INDOOR. Revista Mackenzie de Educação Física e Esporte. Vol. 13. Num. 2. 2014. p. 137-149.

-Rodrigues, B. C.; Oliveira, G. N. S.; Silva, E. I. G.; Messias, C. M. B. O. Risco de ortorexia nervosa e o comportamento alimentar de estudantes de nutrição. Scientia Plena. Vol. 13. Num. 7. 2017. p. 1-8.

-Rudolph, S. The connection between exercise addiction and orthorexia nervosa in German fitness sports. Eating Weight Disorder. Vol. 23. Num. 5. 2017. p. 581-586.

-Rogoza, R. Investigating the structure of ORTO-15: a meta-analytical simulation study. Eating and Weight Disorders - Studies on Anorexia, Bulimia and Obesity. 2018. p. 1-3.

-Toral, N., Slater, B. Abordagem do modelo transteórico no comportamento alimentar. Ciência & Saúde Coletiva. Vol.12. Num. 6. 2007. p.1641-1650.

-Segura-Garcìa, C.; Papaianni, M. C.; Caglioti, F.; Procopio, L.; Nisticò, G. C.; Bombardiere, L.; Ammendolia, A.; Rizza, P.; De Fazio, P.; Capranica, L. Orthorexia nervosa: A frequent eating disordered behavior in athletes. Eating Weight Disorder. Vol. 17. Num. 4. 2012. p. 226-233.

-Varga, M.; Dukay-Szabó, S.; Túry, F. Orthorexia Nervosa and It’s Background Factors. Ideggyogy Sz. Vol. 66. 2013. p. 220-227.

-Zamora, M.L.C.; Bonaechea, B. B.; Sánchez, F. G.; Rial, B. R. Orthorexia nervosa. A new eating behavior disorder? Actas Españolas de Psiquiatría. Vol. 33. Num.1. 2005. p. 66-68.

Publicado
2021-05-19
Como Citar
Rizzieri, L. B., Toriani, S. dos S., & Turmina, J. (2021). Prevalência de comportamentos ortoréxicos em praticantes de exercício físico de Joinville-SC. RBNE - Revista Brasileira De Nutrição Esportiva, 13(83), 1177-1184. Recuperado de http://www.rbne.com.br/index.php/rbne/article/view/1561
Seção
Artigos Científicos - Original