Avaliação da taxa de sudorese durante treinos leves de triatletas profissionais

  • Adrieli Mayara Gaspar Graduandas do Curso de Nutrição do Centro Universitário Paulista - UNICEP - São Carlos-SP, Brasil.
  • Claudia Deiziane S. Leal Graduandas do Curso de Nutrição do Centro Universitário Paulista - UNICEP - São Carlos-SP, Brasil.
  • Raquel Cristina Millan Graduandas do Curso de Nutrição do Centro Universitário Paulista - UNICEP - São Carlos-SP, Brasil.
  • Jacqueline Queiroz Silveira Coordenadora do Curso de Especialização em Nutrição Clínica e Esportiva do Centro Universitário Paulista - UNICEP - São Carlos-SP, Brasil.
Palavras-chave: Desidratação, Triathlon, Taxa de sudorese, Hidratação

Resumo

É primordial conhecer o estado de hidratação do atleta após o treino, para a elaboração de medidas de reposição hídrica e assim, evitar o decréscimo do desempenho físico decorrente da desidratação. Desta forma, o presente estudo objetivou avaliar a perda percentual hídrica e a taxa de sudorese em três dias distintos, após o treino leve de natação, corrida e ciclismo e avaliar os sintomas subjetivos da desidratação de uma equipe profissional de triathlon da cidade de São Carlos - SP. Foram selecionados 12 triatletas profissionais com idade entre 18 e 24 anos. Em treinos de intensidade leve de cada modalidade esportiva que consiste o triathlon, foram coletados o peso inicial e final em cada treino para calcular a taxa de sudorese. Também foi aplicado um questionário subjetivo da sintomatologia da sede dos atletas ao final de cada treino de cada modalidade. A perda de peso dos triatletas foi significativa, independente da modalidade esportiva. Os atletas apresentaram alta taxa de sudorese em todos os dias de treino, sugerindo que eles se encontravam em estado de desidratação. Conclui-se que é necessário conscientizar os atletas sobre a importância da hidratação para um melhor desempenho e rendimento nos treinos e competições.

 

ABSTRACT 

Sweating rate evaluation after light training professional triathletes

It is essential to know the athlete's hydration status after training, to development of fluid replacement measures and thus, to avoid the decrease in physical performance due to dehydration. Thus, this study aimed to evaluate the water percentage loss and sweat rate in three different days, after the light training of swimming, running and cycling and evaluate the subjective symptoms of dehydration of a triathlon professional team of São Carlos - SP. We selected 12 professional triathletes aged between 18 and 24 years. During light intensity training of each sport that is the triathlon, we collected the initial and final weight in every training to calculate the sweat rate. In addition, a subjective questionnaire of symptoms headquarters of the athletes at the end of each training was applied. Weight loss of triathletes was significant, regardless of the sport. The athletes presented high sweat rate, suggesting that they were in a state of dehydration. In conclusion, it is necessary to educate athletes about the importance of hydration for better performance and efficiency in training and competitions.
Publicado
2016-08-02
Como Citar
Gaspar, A. M., Leal, C. D. S., Millan, R. C., & Silveira, J. Q. (2016). Avaliação da taxa de sudorese durante treinos leves de triatletas profissionais. RBNE - Revista Brasileira De Nutrição Esportiva, 10(58), 418-428. Recuperado de http://www.rbne.com.br/index.php/rbne/article/view/661
Seção
Artigos Científicos - Original