Consumo de suplementos alimentares por praticantes de atividade física em academias de ginástica em Cuité-Paraíba

Maria Lia Silva, Letícia Júlia de Medeiros Teixeira, Jackson Silva Lima, Fillipe de Oliveira Pereira, Maria Emília da Silva Menezes

Resumo


No cenário atual, um grande número de pessoas busca alguma prática esportiva, visando uma melhor qualidade de vida, prevenção de doenças e, principalmente, a estética. Com isso, o consumo de suplementos alimentares vem aumentando progressivamente, visto que esses representam uma alternativa mais rápida para alcance dos objetivos. Portanto, o presente estudo objetiva caracterizar o consumo de suplementos alimentares por praticantes de atividade física em academias de ginástica no município de Cuité, Paraíba. Em relação aos processos metodológicos, após a aprovação em comitê de ética, foram aplicados questionários com 70 esportistas e desportistas frequentadores de duas academias pertencentes ao município. Como resultados, observou-se que 58,57% da amostra eram do sexo masculino. Entre os entrevistados, 48,57% declararam fazer uso de suplementos, onde destes, 73,53% era do sexo masculino. A musculação foi a prática mais relatada (57,98%) pelos entrevistados. A estética (37,39%) e a hipertrofia muscular (26,19%) foram apontadas pela amostragem como principal motivo e objetivo da prática da atividade física, respectivamente. Os suplementos mais citados foram proteínas (26,92%) e aminoácidos (20,51%), onde a indicação do suplemento em 50% dos casos foi por iniciativa própria, usando apenas no dia em que praticam a atividade (61,76%). Portanto, a fim de diminuir o uso indiscriminado de suplementos, faz-se necessário a orientação nutricional dos desportistas e praticantes de atividade física, objetivando melhorar o grau de informação e garantir segurança na utilização desses produtos.

 

ABSTRACT 

Consumption of dietary supplements for praticants of physical activity in Cuite fitness centers, Paraíba

Currently, many people seek some sports practice to better quality of life, disease prevention, and especially a esthetics. Thus, the consumption of dietary supplements is increasing progressively, since these are a fast alternative to achieve the objectives. Therefore, the present study aims to characterize the consumption of dietary supplements for physically active individuals in fitness centers in the city of Cuité, Paraíba. After approval by the ethics committee, were applied questionnaires to 70 athletes and sports praticants in two academies belonging to Cuité city. The results showed that 58.57% were male. Among the respondents, 48.57% declared to use supplements, where these, 73.53% were male. Weight training was the mostre ported practice (57.98%). A esthetics (37.39%) and muscle hypertrophy (26.19%) were identified as the main reason and purpose of physical activity, respectively. The most frequently mentioned supplements were protein (26.92%) and amino acids (20.51%), where the indication of the supplement in 50% of cases wason its own initiative, using only the day practicing the activity (61.76%). Therefore, in order to reduce the indiscriminate use of supplements, it is necessary nutritional counseling of athletes and physically active individuals, aiming to improve the information and ensure security in the use of the products.


Palavras-chave


Suplemento alimentar; Atividade física; Academias de ginástica

Texto completo:

PDF

Referências


-Bacurau, R. F.; Navarro, F.; Uchida, M. C. Hipertrofia e Hiperplasia-Fisiologia, Nutrição e Treinamento. São Paulo. Phorte. 2001.

-Barbosa, D. A.; Oliveira, J. S.; Siqueira, E. C. S.; Fagundes, A. T. S. Avaliação do consumo de suplementos nutricionais por praticantes de musculação. Lecturas: Educación Física y Deportes. Revista Digital. Buenos Aires. Vol. 16. Num. 162. 2011.

-Bertulucci, K. N. B.; Schembri, T.; Pinheiro, A. M. M.; Navarro, A. C. Consumo de suplementos alimentares por praticantes de atividade física em academias de ginástica em São Paulo. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva. Vol. 4. Num. 20. 2012. Disponível em:

-Bezerra, C. C.; Macedo, E. M. C. Consumo de suplementos a base de proteína e o conhecimento sobre alimentos protéicos por praticantes de musculação. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva. Vol. 7. Num. 40. 2013. p.224-232. Disponível em:

-Brasil. Regulamenta a profissão de Nutricionista e determina outras providências. Lei Nº 8.234, de 17 de setembro de 1991. Brasília. 1991. Disponível em: .

-Cantori, A. M.; Sordi, M. F.; Navarro, A. C. Conhecimento sobre ingestão de suplementos por frequentadores de academias de duas cidades diferentes no sul do Brasil. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva. Vol. 3. Num. 15. 2009. p.172-181. Disponível em:

-Chiaverini, L. C. T.; Oliveira, E. P. Avaliação do consumo de suplementos alimentares por praticantes de atividade física em academias de Botucatu-SP. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva. Vol. 7. Num. 38. 2013. p.108-117. Disponível em:

-Cooper, C. J; Noakes, T. D; Dunne, T.; Lambert, M. I.; Rochford, K. A high prevalence of abnormal personality traits in chronic users of anabolic androgenic steroids. British Journal Sports Medicine. Vol. 30. Num. 3. 1996. p.246-250. Disponível em:

-Costa, D. C.; Rocha, N. C. A.; Quintão, D. F. Prevalência do uso de suplementos alimentares entre praticantes de atividade física em academias de duas cidades do vale do aço/MG: fatores associados. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva. Vol. 7. Num. 41. 2013. p.287-299. Disponível em:

-Duran, A. C. F. L.; Latorre, M. R. D. O.; Florindo, A. A.; Jaime, P. C. Correlação entre consumo alimentar e nível de atividade física habitual de praticantes de exercícios físicos em academia. Revista Brasileira Ciência e Movimento. Vol. 12. Num. 3. 2004. p.15-19

-Espínola, H. H. F.; Costa, M. A. R. A.; Navarro, F. Consumo de suplementos por usuários de academias de ginástica da Cidade de João Pessoa-PB. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva. Vol. 1. Num. 7. 2008. p.1-10. Disponível em:

-Fayh, A. T.; Silva, C. V.; Jesus, F. R. D.; Costa, G. K. Consumo de suplementos nutricionais por frequentadores de academias da cidade de Porto Alegre. Revista Brasileira de Ciência do Esporte. Vol. 35. Num. 1. 2013. p. 27-37.

-Gomes, G. S.; Degiovanni, G. C.; Garlipp, M. R.; Chiarello, P. G.; Jordão Junior, A. A. Caracterização do consumo de suplementos nutricionais em praticantes de atividade física em academias. Medicina. Ribeirão Preto. Vol. 41. Num. 3. 2008. p.327-331.

-Goston, J. L. Prevalência do uso de suplementos nutricionais entre praticantes de atividade física em academias de Belo Horizonte: fatores associados. TCC de Pós-Graduação em Ciência de Alimentos na UFMG. Faculdade de Farmácia. Minas Gerais. 2008.

-Hernandez, A. J.; Nahas, R. M. Modificações dietéticas, reposição hídrica, suplementos alimentares e drogas: comprovação de ação ergogênica e potenciais riscos para a saúde. Revista Brasileira de Medicina no Esporte. Vol. 15. Num. 3. 2009. p.2-12.

-Hirschbruch, M. D.; Fisberg, M.; Mochizuki, L. Consumo de suplementos por jovens frequentadores de academias de ginástica em São Paulo. Revista Brasileira de Medicina do Esporte. Vol. 14. Num. 6. 2008. p. 539-543

-Ingledew, D. K.; Markland, D.; Medley, A. R. Exercise motives and stages of change. International Journal of Sport Psychology. Vol. 3. 1998. p.477-489.

-Johann, J.; Berleze, K.J. Estado nutricional e perfil antropométrico de frequentadores de academias de ginástica, usuários ou não de suplementos de cinco municípios do interior do Rio Grande do Sul. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva. Vol. 4. Num. 21. 2010. p.197-208. Disponível em:

-Kanayama, G.; Hudson, J. I.; Pope Junio, H. G. Long-term psychiatric and medical consequences of anabolic - androgenicsteroid abuse: a looming public health concern? Drug Alcohol Depend. Vol. 98. Num. 1. 2008. p. 1-12.

-Lise, M. L. Z.; Gama E Silva, T. S.; Ferigolo, M.; Barros, H. M. T. O abuso de esteroides anabólico-androgênicos em atletismo. Revista da Associação Médica Brasileira. Vol. 45. Num. 4. 1999. p.364-370.

-Molinero, O.; Márquez, S. Use of nutritional supplements in sports: risks, knowledge, and behavioural-related factors. Nutrición Hospitalaria. Madrid. Vol. 24. Num. 2. 2009. p.128-134.

-Moreira, F. P.; Rodrigues, K. L. Conhecimento nutricional e suplementação alimentar por praticantes de exercícios físicos. Revista Brasileira de Medicina do Esporte. Vol. 20. Num. 5. 2014. p.370-373.

-Moya, R. N.; Seraphim, R. V.; Calvano, J. C.; Alonso, D. O. Utilização de suplementos alimentares por adultos jovens, praticantes de musculação. Revista Brasileira de Ciências da Saúde. Vol. 7. Num. 19. 2009. p.15-23.

-Pate, R. R.; Pratt, M.; Blair, S. N.; Haskell, W. L.; Macera, C.A.; Bouchard, C.; Ettinger, W.; Heath, G. W.; King, A. C.; Kriska, A.; Leon, A. S.; Marcus, B. H.; Morris, J.; Paffenbarger, R. S.; Patrick, K.; Pollock, M. L.; Rippe, J. M.; Sallis, J.; Wilmore, J. H. Physical activity and public health. A recommendation from the Centers for Disease Control and Prevention and the American College of Sports Medicine. JAMA. Vol. 273. Num. 5. 1995. p.402-407.

-Pereira, R. F.; Lajolo, F. M.; Hirschbruch, M. D. Consumo de suplementos por alunos de academias de ginástica em São Paulo. Revista de Nutrição. Vol. 16. Num. 3. 2003. p.265-272.

-Pereira, J. M. O.; Cabral, P. Avaliação dos conhecimentos básicos sobre nutrição de praticantes de musculação em uma academia de Recife. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva. Vol. 1. Num. 1. 2007. p.40-47. Disponível em:

-Philips, S. M. Protein requirement and supplementation in strength sports. Nutrition. Vol. 20. Num. 7. 2004. p.689-695.

-Reis, C.; Mello, N. A.; Confortin, F. G. Conhecimento nutricional de usuários não usuários de suplementos alimentares em academias de uma cidade do oeste de Santa Catarina. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva. Vol. 6. Num. 34. 2012. p.250-260. Disponível em:

-Ronsen, O.; Sundgot, B. J.; Maehum, S. Supplement use in nutritional habits in Norwegian elite athletes. Scandinavian Journal of Medicine & Science in Sports. Copenhagen. 1999. Vol. 9. Num. 1. p.28-35.

-Ryan, R. M.; Frederick, C. M.; Lepes, D.; Rubio, N.; Sheldon, K. M. Intrinsic motivation and exercise adherence. International Journal of Sport Psychology. 1997. Vol. 28. Num. 4. p.335-354.

-Santos, H. V. D.; Oliveira, C. C. P.; Freitas, A. K. C.; Navarro, A. C. Consumo de suplementos alimentares por praticantes de exercício físico em academias de bairros nobres da cidade do Recife. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva. Vol. 7. Num. 40. 2013. p.204-211. Disponível em:

-Sociedade Brasileira de Medicina do Esporte. Diretriz da Sociedade Brasileira de Medicina do Esporte: modificações dietéticas, reposição hídrica, suplementos alimentares e drogas: comprovação de ação ergogênica e potenciais riscos para saúde. Revista Brasileira de Medicina do Esporte. Vol. 9. Num. 2. 2003. p.43-56.

-Sussmann, K. Avaliação do consumo de suplementos nutricionais por praticantes de exercício físico em academia na zona sul do Rio de Janeiro. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva. Vol. 7. Num. 37. 2013. p.35-42. Disponível em:

-Wagner, M. Avaliação do uso de suplementos nutricionais e outros recursos ergogênicos por praticantes de musculação em academias de um bairro de Florianópolis-SC. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva. 2011. Vol. 5. Num. 26. p.130-134. Disponível em:


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons

RBNE - Revista Brasileira de Nutrição Esportiva

IBPEFEX - Instituto Brasileiro de Pesquisa e Ensino em Fisiologia do Exercício

Editor-Chefe: Francisco Navarro. E-mail para contato: aqui

Editor Gerente: Francisco Nunes Navarro. E-mail para contato: aqui