Avaliação da taxa de desidratação e das práticas de hidratação em corredores de meia maratona

Débora Cristina de Oliveira Cassiano, Thaiz Mattos Sureira

Resumo


Avaliar as práticas de hidratação antes, durante e após uma competição de meia maratona, bem como determinar o percentual de desidratação destes atletas, além de relacioná-lo com desempenho na competição. Trata-se de uma pesquisa transversal, descritiva, quantitativa com caráter exploratório, da qual participaram do estudo 241 atletas de ambos os sexos, com idades entre 19 e 59 anos, que ocorreu durante a competição nacional Meia Maratona do Sol com atletas da prova 21km. O estado de hidratação foi avaliado antes e após a corrida através do peso corporal e para avaliação dos conhecimentos aplicou-se um questionário abordando antes, durante e após os treinos e competições. Na avaliação dos conhecimentos e comportamentos dos atletas observamos que estes se apresentam, em sua maioria, adequadamente informados sobre hidratação. No entanto, um dado preocupante é que 20% da amostra afirmam que “um atleta não deve beber água ou outros fluidos durante os treinos ou competições”.  A massa corporal foi significativamente reduzida (p<0,0001); em média, o grupo perdeu 2,76 ± 1,57 kg. Os atletas consumiram em média 688,57 ml/hr, apresentaram uma taxa de sudorese média de 45,92 ± 26,17 mL/mim e 57,0% desidratação moderada. Verificou-se que os atletas desta modalidade obtiveram um percentual de perda de peso significativo, sendo a maioria apresentou níveis acima de 2%, apresentam-se bem informados, no entanto requerem recomendações individualizadas, pois as recomendações gerais não se aplicam as necessidades do público estudado.

 

ABSTRACT 

Assessment of dehydration rate and hydration practices in half-marathon runners

Evaluate the hydration experiences before, during and after a half-marathon competition, and also determine the dehydration levels of these athletes. It’s about a transversal, descriptive and quantitative with exploring characteristics research, in which 241 athletes participated, of both genders, in ages between 19 and 59 years old, it happened during the Sun’s Half-Marathon national competition done with the athletes of 21km competition. The hydration level was evaluated before and after the race, through body weight, and for knowledge evaluation some questions were applied asking for before, during and after the training and competition. In knowledge and behavior’s evaluation of the athletes we noticed that most of them show themselves well informed about hydration. However, a concerning statistic is that 20% of people who were evaluated say that “an athlete shall not drink water or other fluids during the training and competition”. The body weight was significantly reduced (p<0,0001); on average, the group lost 2,76 ± 1,57 kg. The athletes consumed about 688,57 ml/h, they showed a sweating level of 45,92 ± 26,17 mL/min and 57,0% of moderated dehydration. It was verified that the athletes of this modality had a significant loss of weight level, most of them presenting more than 2% levels, they are well-informed, however they require personal recommendation, because the general recommendations don’t apply to the needs of the studied public.


Palavras-chave


Hidratação; Exercício; Corrida; Desidratação

Texto completo:

PDF

Referências


-American College of Sports Medicine- ACSM. Position Stand: Exercise and fluid replacement. MedSci Sports Exerc. Vol. 39. Num 2. 2007. p.377-390. Disponível em:

-Brasil. Ministério da Saúde. Orientações para coleta e análise de dados antropométricos em serviços de saúde: norma técnica do sistema de Vigilância Alimentar e Nutricional - SISVAN. Brasília, Ministério da Saúde; 2011. (Série G. Estatística e Informação em Saúde). Disponível em:

-Carvalho, P.M.F.R. Impact of fluid restriction and ad libitum sports drinks and water intake on skill performance of elite adolescent basketball players. Porto. 2009.

-Carvalho, T.; Mara, S.L. Hidratação e Nutrição no Esporte. Rev Bras Med Esporte Vol. 16. Num. 2. 2010. p. 144-148.

-Cirne, M.R.A.; Mendes, A.C.R. Avaliação do estado de hidratação da equipe de atletismo (corrida de rua) da polícia militar da Bahia durante os treinamentos na cidade de Salvador-BA. EFDeportes. Buenos Aires. Num. 161. 2011. p. 1-7.

-Dallari, M. M. Corrida de rua: um fenômeno sociocultural contemporâneo. Tese de Doutorado. Faculdade de Educação- Universidade de São Paulo. São Paulo. 2009.

-Fleck, S.J.; Figueira Junior, A.J. Desidratação e desempenho atlético. Revista associação dos professores de educação física. Num. 12.1997. p. 50-57.

-Maia, E.C.; Costa, H.A.; Castro, F.J.G.L.; Oliveira, J.M.N.S. Estado de hidratação de atletas em corrida de rua de 15 km sob elevado estresse térmico. Rev Bras Med Esporte. Vol. 21. Num. 3. 2015. p.187-191.

-Noakes, T.D. Commentary: role of hydration in health and exercise. Br J Sports Med. Vol. 344. 2012. p. 1-2.

-Nolte, H.W.; Noakes, T.D.; Vuuren, B.V. Trained humans can exercise safely in extreme dry heat when drinking water ad libitum. J Sports Sci. Vol.29. 2011. p.1233-1241. Disponível em:

-Oliveira, S.N. Lazer sério e envelhecimento: loucos por corrida. Dissertação de Mestrado. Faculdade de Educação. Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Porto Alegre. 2010.

-Ribeiro, J.P.S.; Liberali, R. Hidratação e exercício físico: revisão sistemática. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva. São Paulo. Vol. 4. Num. 24. 2010. p. 506-514. Disponível em:

-Tam, N.; Nolte, H.W.; Noakes, T.D. Changes in total body bater content during running races of 21.1 km and 56 km in athletes drinking ad libitum. Clin J Sport Med. Vol. 21. Num. 3. 2011. p. 218-225. Disponível em:

-Thornton, S.N. Thirst and hydration: Physiology and consequences of dysfunction. Physiol Behav. Vol. 39. Num. 2. 2010. p. 15-21. Disponível em:

-Zouhal, H.; Groussard, C.; Minter, G.; Vincent, S.; Cretual, A.; Gratas-Delamarche, A.; Delamarche, P.; Noakes, T.D. Inverse relationship between percentage body weight change and finishing time in 643 forty-two-kilometre marathon runners. Br J Sports Med. Vol. 45. Num. 14. 2011. p. 1101-1105.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons

RBNE - Revista Brasileira de Nutrição Esportiva

IBPEFEX - Instituto Brasileiro de Pesquisa e Ensino em Fisiologia do Exercício

Editor-Chefe: Francisco Navarro. E-mail para contato: aqui

Editor Gerente: Francisco Nunes Navarro. E-mail para contato: aqui