Avaliação do consumo alimentar e composição corporal de universitários praticantes de musculação

  • Guilherme Moreira Andrade Universidade Federal de Lavras (UFLA), Lavras-MG, Brasil.
  • Fábio Yoshio Takai Universidade Federal de Lavras (UFLA), Lavras-MG, Brasil.
  • Lívia Costa de Oliveira Universidade Federal de Lavras (UFLA), Lavras-MG, Brasil.
  • Wilson César de Abreu Universidade Federal de Lavras (UFLA), Lavras-MG, Brasil.
Palavras-chave: Nutrição esportiva, Exercício físico, Antropometria, Macronutrientes, Micronutrientes

Resumo

O treinamento de musculação associado à nutrição adequada promove benefícios à saúde, desempenho físico e melhora da estética corporal. O objetivo deste estudo foi avaliar o consumo alimentar e a composição corporal de estudantes universitários praticantes de musculação. Foram avaliados 90 estudantes universitários com idade média de 22,56 ± 3,58 anos. A composição corporal foi determinada utilizando o método de dobras cutâneas, sendo aferidas três dobras específicas para homens e mulheres. O consumo alimentar foi avaliado por meio da aplicação de três registros alimentares 24h. A avaliação da composição corporal apontou que o valor médio do percentual de gordura dos participantes foi de 18,34 ± 9,57%, sendo as classificações “muito bom†e “moderadamente alta†aquelas que apresentaram maior percentual de estudantes. Os valores médios da ingestão diária de energia e macronutrientes foram: energia (31,05 ± 10,42 kcal/kg/d), carboidrato (3,67 ± 1,50 g/kg/d), proteína (1,73 ± 0,73 g/kg/d) e lipídeo (31,09 ± 6,55%). Com exceção do lipídeo, todos esses valores estão inclusos nas faixas recomendadas, entretanto, mais da metade dos universitários apresentaram consumo inadequado de energia, macronutrientes (carboidratos, proteínas e lipídeos) e micronutrientes (cálcio, sódio, vitaminas C, B1, B2 e B3). Concluiu-se que o consumo alimentar dos estudantes apresentou relevantes inadequações de vários nutrientes, sendo de grande importância a abordagem nutricional com esse grupo, visando melhorar sua saúde e resultados através da adoção de hábitos alimentares saudáveis.

Referências

-Almeida, A.B.P.; Amorim, A.L.B.D.; Pinto, A.; Bandoni, D.H. Avaliação do comportamento alimentar de estudantes universitários. Nutrire. São Paulo. Vol. 38. 2013. p. 411-411.

-Almeida, L.; Marinho, C.B.; Souza, C.D.S.; Cheib, V.B.P. Disbiose intestinal. Revista Brasileira de Nutrição Clínica. São Paulo. Vol. 24. Num. 1. 2009. p. 58-65.

-Alwan, A. Global status report on noncommunicable diseases 2010. World Health Organization. 2010.

-Baldissera, L.; Machado, D.L.; Alves, L.G.; Faleiro, D.; Zawadzki, P. Benefícios percebidos por praticantes de musculação para a saúde, estilo de vida e qualidade de vida. Unoesc & Ciência-ACBS. Vol. 8. Num. 2. 2017. p. 117-124.

-Bernardes, A.L.; Lucia, C.M.D.; Faria, E.R. Consumo alimentar, composição corporal e uso de suplementos nutricionais por praticantes de musculação. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva. São Paulo. Vol. 10. Num. 57. 2016. p. 306-318.

-Bertoletti, A.C.; Santos, A.; Benetti, F. Consumo de suplementos alimentares por praticantes de musculação e sua relação com o acompanhamento nutricional individualizado. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva. São Paulo. Vol. 10. Num. 58. 2016. p. 371-380.

-Blair, S.N.; Morris, J.N. Healthy hearts-and the universal benefits of being physically active: physical activity and health. Annals of epidemiology. Vol. 19. Num. 4. 2009. p. 253-256.

-Carr, A.C.; Bozonet, S.M.; Pullar, J.M.; Simcock, J.W.; Vissers, M.C. Human skeletal muscle ascorbate is highly responsive to changes in vitamin C intake and plasma concentrations–. The American journal of clinical nutrition. Vol. 97. Num. 4. 2013. p. 800-807.

-Cava, T.A.; Madruga, S.W.; Teixeira, G.D.T.; Reichert, F.F.; Silva, M.C.D.; Rombaldi, A.J. Consumo excessivo de suplementos nutricionais entre profissionais atuantes em academias de ginástica de Pelotas. Epidemiologia e Serviços de Saúde. Rio Grande do Sul. Vol. 26. Num. 1. 2017. p. 99-108.

-Conterato, E.V.; Vieira, E.L. Composição corporal em universitários utilizando dobras cutâneas e bioimpedância elétrica: um método comparativo. Disciplinarum Scientia Saúde. Vol. 2. Num. 1. 2016. p. 125-136.

-Duarte, A.C.G. Avaliação Nutricional: aspectos clínicos e laboratoriais. São Paulo. Atheneu. 2007.

-Feitosa, E.P.S.; Dantas, C.A.D.O.; Andrade-Wartha, E.R.S.; Marcellini, P.S.; Mendes-Netto, R.S. Hábitos alimentares de estudantes de uma universidade pública no nordeste, Brasil Food habits of students of one public university of Northeast, Brazil. Alimentos e Nutrição Araraquara. Vol. 21. Num. 2. 2010. p. 225-230.

-Gillen, J.B.; Trommelen, J.; Wardenaar, F.C.; Brinkmans, N.Y.; Versteegen, J.J.; Jonvik, K. L.; Van Loon, L.J. Dietary protein intake and distribution patterns of well-trained dutch athletes. International journal of sport nutrition and exercise metabolism. Vol. 27. Num. 2. 2017. p. 105-114.

-Grahl, G.; Noamann, J.T.; Nunes, R.H.; Flores, L.J.F. Efeitos do treinamento resistido na redução do percentual de gordura corporal em adultos: uma revisão de literatura. Caderno de Educação Física e Esporte. Vol. 11. Num. 2. 2013. p. 69-77.

-Hallak, A.; Fabrini, S.P.; Peluzio, M.C.G. Avaliação do consumo de suplementos nutricionais em academias da zona sul de Belo Horizonte-MG, Brasil. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva. São Paulo. Vol. 1. Num. 2. 2007. p. 7.

-Hämäläinen, E.K.E.K.; Adlercreutz, H.; Puska, P.; Pietinen, P. Decrease of serum total and free testosterone during a low-fat high-fibre diet. Journal of steroid biochemistry. Vol. 18. Num. 3. 1983. p. 369-370.

-Helms, E.R.; Aragon, A.A.; Fitschen, P. Evidence-based recommendations for natural bodybuilding contest preparation: nutrition and supplementation. Journal of the International Society of Sports Nutrition. Vol. 11. Num. 1. 2014. p. 20.

-Hirschbruch, M.D. Nutrição Esportiva: Uma visão prática. 3ª edição. Manole. 2014.

-Instituto de Medicina (US). Panel on dietary reference intakes for electrolytes; water. DRI, dietary reference intakes for water, potassium, sodium, chloride, and sulfate. National Academy Press. 2005.

-Irigoyen, M.C.; Angelis, K.; Schaan, D.A.; Fiorino, P.; Michelini, L.C. Exercício físico no diabetes melito associado à hipertensão arterial sistêmica. Rev Bras Hipertens. Vol. 10. 2003. p. 2.

-Jackson, A.S.; Pollock, M.L. Practical assessment of body composition. The Physician and Sportsmedicine. Vol. 13. Num. 5. 1985. p. 76-90.

-Jäger, R.; Kerksick, C.M.; Campbell, B.I.; Cribb, P.J.; Wells, S.D.; Skwiat, T.M.; Smith-Ryan, A.E. International society of sports nutrition position stand: protein and exercise. Journal of the International Society of Sports Nutrition. Vol. 14. Num. 1. 2017. p. 20.

-Kerksick, C.M.; Kerksick, C.; Harvey, T.; Stout, J.; Campbell, B.; Wilborn, C.; Kreider, R.; Ivy, J.L. International society of sports nutrition position stand: nutrient timing. Journal of the International Society of Sports Nutrition. Vol. 14. Num. 1. 2017. p. 33.

-Kerksick, C.M.; Wilborn C.D.; Davis J.N.; Roberts M.D.; Smith-Ryan A.; Kleiner S.M.; Jäger, R.; collins R.; Cooke M.; Galvan E.; Greenwood M.; Lowery L.M.; Wildman R.; Antonio J.; Kreider R.B. ISSN exercise & sports nutrition review update: research & recommendations. Journal of the International Society of Sports Nutrition. Vol. 15. Num. 1. 2018. p. 38.

-Kreider, R.B.; Kreider, R.B.; Wilborn, C.D.; Taylor, L.; Campbell, B.; Almada, A.L.; Collins, R.; Kerksick, C.M. ISSN exercise & sport nutrition review: research & recommendations. Journal of the International Society of Sports Nutrition. Vol. 7. Num. 1. 2010. p. 7.

-Lemoine, J.K.; Lee, J.D.; Trappe, T.A. Impact of sex and chronic resistance training on human patellar tendon dry mass, collagen content, and collagen cross-linking. American Journal of Physiology-Regulatory, Integrative and Comparative Physiology. Vol. 296. Num. 1. 2009. p. R119-R124.

-Lohman, T.G.; Roche, A.F.; Martorell, R. Anthropometric standardization reference manual. Champaign. Human Kinetics. 1988.

-Maciel, J.P.S.; Costa, A.F.; Feitosa, J.L.; Pinto, R.B.; Nascimento, S.R. Análise do percentual de gordura entre universitários do curso de Educação Física da Faculdade Leão Sampaio, Juazeiro do Norte-CE. Num. 188. 2014.

-Mallmann, L.B.; Alves, F.D. Avaliação do consumo alimentar de fisiculturistas em período fora de competição. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva. São Paulo. Vol. 12. Num. 70. 2018. p. 204-212.

-McArdle, W.D.; Katch, F.I.; Katch, V.L. Nutrição para o esporte e exercício. Grupo Gen-Guanabara. Koogan. 2016.

-Moraes, A.C.F.; Silva, I.T.; Almeida P.B.; Ferreira, S.R.G. Microbiota intestinal e risco cardiometabólico: mecanismos e modulação dietética. Arquivos Brasileiros de Endocrinologia & Metabologia. Vol. 58. Num. 4. 2014. p. 317-327.

-Organização Mundial de Saúde. Obesity: preventing and managing the global epidemic. Geneva. 1997.

-Organização Mundial de Saúde. Obesity: preventing and managing the global epidemic. Geneva. 2000.

-Phillips, S.M.; Moore, D.R.; Tang, J.E. A critical examination of dietary protein requirements, benefits, and excesses in athletes. International journal of sport nutrition and exercise metabolism. Vol. 17. Num. s1. 2007. p. S58-S76.

-Pollock, M.L.; Wilmore J.H. Exercícios na saúde e na doença. Avaliação e prescrição para prevenção e reabilitação. 2ª edição. Rio de Janeiro. MEDSI. 1993.

-Prazeres, M.V. A Prática da musculação e seus benefícios para a qualidade de vida. TCC de Graduação em Educação Física. UDESC. Florianópolis. 2007.

-Ribas, M.R.; Machado, F.; Shuluga Filho, J.; Bassan, J.C. Ingestão de macro e micronutrientes de praticantes de musculação de ambos os sexos. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva. São Paulo. Vol. 9. Num. 49. 2015. p. 91-99.

-Ross, A.C.; Manson, J.E.; Abrams, S.A.; Aloia, J.F.; Brannon, P.M.; Clinton, S.K.; Kovacs, C.S. The 2011 report on dietary reference intakes for calcium and vitamin D from the Institute of Medicine: what clinicians need to know. The Journal of Clinical Endocrinology & Metabolism. Vol. 96. Num. 1. 2011. p. 53-58.

-Santos, A.K.G.V.; Reis, C.C.; Chaud, D.M.A.; Morimoto, J.M. Qualidade de vida e alimentação de estudantes universitários que moram na região central de São Paulo sem a presença dos pais ou responsáveis. Revista Simbio-Logias. Vol. 7. Num. 10. 2014. p. 76-99.

-Sehnem, R.C.; Soares, B.M. Avaliação nutricional de praticantes de musculação em academias de municípios do Centro-Sul do Paraná. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva. São Paulo. Vol. 9. Num. 51. 2015. p. 206-214.

-Shils, M.E.; Shike, M. (Ed.). Modern nutrition in health and disease. Lippincott Williams & Wilkins. 2006.

-Silva Júnior, R.; Abreu, W.C.; Silva, R.F. Composição corporal, consumo alimentar e hidratação de praticantes de musculação. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva. São Paulo. Vol. 11. Num. 68. 2018. p. 936-946.

-Silvino, D.; Silva, J. Avaliação nutricional de praticantes de musculação das academias de Matureia-PB. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva. São Paulo. Vol. 11. Num. 66. 2017. p. 708-718.

-Siri, W.E. Body volume measurement by gas dilution. Techniques of measuring body composition. Washington, DC. National Academy of Sciences, National Research Council. 1961. p. 108-17.

-Sociedade Brasileira de Medicina do Exercício e do Esporte. Modificações dietéticas, reposição hídrica, suplementos alimentares e drogas: comprovação de ação ergogênica e potenciais riscos para a saúde. Revista Brasileira de Medicina do Esporte. Vol. 15. Num. 2. 2009. p. 3-12.

-Taddei, J.A.; Lang, R.M.F.; Silva, G.L.; Aguiar Toloni, M.H. Nutrição em saúde pública. Editora Rubio. 2011.

-Thomas, D.T.; Erdman, K.A.; Burke, L.M. American College of Sports Medicine Joint Position Statement. Nutrition and Athletic Performance. Medicine and science in sports and exercise. Vol. 48. Num. 3. 2016. p. 543-568.

-Tirapegui, J. Nutrição, metabolismo e suplementação na atividade física. 2ª edição. Editora Atheneu. 2012.

-Vilarta, R. Saúde coletiva e atividade física: Conceitos e aplicações dirigidos à graduação em Educação Física. Campinas. IPES Editorial. 2007. p. 36.

Publicado
2021-05-19
Como Citar
Andrade, G. M., Takai, F. Y., Oliveira, L. C. de, & Abreu, W. C. de. (2021). Avaliação do consumo alimentar e composição corporal de universitários praticantes de musculação. RBNE - Revista Brasileira De Nutrição Esportiva, 13(83), 1128-1140. Recuperado de http://www.rbne.com.br/index.php/rbne/article/view/1540
Seção
Artigos Científicos - Original