Utilização de suplementos alimentares e recursos ergogênicos por frequentadores de uma academia de Fortaleza-CE

Francisco Emanuel Rodrigues Gomes, Abraham Lincoln de Paula Rodrigues, Edson da Silva Soares, Luciana Catunda Brito

Resumo


Atualmente uma elevada quantidade de pessoas procura as atividades em academia, entre estas, pode-se destacar a musculação. A busca por um corpo “perfeito” faz com que esses indivíduos utilizem uma grande variedade de suplementos alimentares e recursos ergogênicos com a finalidade de potencializar esses resultados, e muitas vezes sem orientação profissional. O objetivo do estudo foi analisar a prevalência do uso de suplementos alimentares e recursos ergogênicos em uma academia de Fortaleza-CE. Utilizou-se para isso, um questionário contendo 17 perguntas, aplicado a 85 sujeitos de ambos os sexos, com idade entre 18 e 58 anos. Observou-se um expressivo número que indica o uso ou conhecimento de alguém próximo aos entrevistados que usam esses produtos (97,6%), e que adultos jovens entre 18 e 30 relatam fazer maior consumo dessas substâncias do que pessoas de idades mais avançadas. Os suplementos mais citados pelos entrevistados foram o Whey Protein e BCAA, tendo como motivação principal para o uso a indicação de um nutricionista. Um dado alarmante foi encontrado no que diz respeito a utilização de esteroides anabolizantes, onde 67,1% dos entrevistados afirmaram fazer ou conhecer alguém que utilize tais substâncias. O alto consumo de suplementos alimentares e recursos ergogênicos apontam a necessidade de alertar esses usuários, e aos novos que poderão vir a surgir, dos riscos relacionados à utilização indevida e sem orientação profissional.

 

ABSTRACT 

Analysis of use of food supplements and ergogenic resources by individuals of a gym from Fortaleza-CE

Currently a large number of people are looking for activities in the gym, among them, you can highlight the bodybuilding. The search for a "perfect" body makes these individuals use a wide variety of food supplements and ergogenic resources in order to enhance these results, often without professional guidance. The aim of the study was to analyze the prevalence of the use of food supplements and ergogenic resources in a Fortaleza-CE academy. A questionnaire containing 17 questions was applied to 85 subjects of both sexes, aged between 18 and 58 years. There was an expressive number indicating the use or knowledge of someone close to the interviewees who use these products (97.6%), and that young adults between 18 and 30 reported making more use of these substances than people of more advanced age. The supplements most cited by the interviewees were Whey Protein and BCAA, with the main motivation for the use being the indication of a nutritionist. An alarming finding was found regarding the use of anabolic steroids, where 67.1% of respondents said they did or know someone who uses these substances. The high consumption of food supplements and ergogenic resources point out the need to warn these users, and new ones that may arise, of risks related to misuse and without professional guidance.


Palavras-chave


Suplementos alimentares; Recursos ergogênicos; Musculação

Texto completo:

PDF

Referências


-Albino, C.S.; Campos, P.E.; Martins, R.L. Avaliação do uso de suplementos nutricionais em academias de Lages-SC. Lecturas Educación Física y Deportes: revista Digital. Vol. 14. Num. 134. 2009.

-Albuquerque, M.M. Avaliação do consumo de suplementos alimentares nas academias de Guará-DF. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva, Vol. 6. Num. 32. 2012. Disponível em:

-Applegate, E.A.; Grivetti, L.E. Search for the competitive edge: a history of dietary fad sand supplements. Journal of Nutriction. Num. 127. 1997. p. 869-873.

-ACAD, Associação Brasileira de Academias. Boom do fitness impulsiona mercado fornecedor. Num. 64. 2013.

-Bertulucci, K.N.B.; Schembri, T.; Pinheiro, A.M.M.; Navarro, A.C. Consumo de suplementos alimentares por praticantes de atividade física em academias de ginástica em São Paulo. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva. Vol. 4. Num. 20. 2010. Disponível em:

-Borges, N.R.; Silva, V.S.F.; Rodrigues, V.D. Consumo de suplementos alimentares em academias de Montes Claros/MG. Revista Multitexto. Vol. 4. Num. 1. 2016. p. 54-59.

-Da Costa Machado, J.C.; Silva, A.J. Santiago. Utilização de proteína do soro de leite (Whey Protein) e o impacto sobre a função renal. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva. Vol. 10. Num. 60. 2016. p. 594-596. Disponível em:

-De Freitas, R.R.; Ceni, G.C. Avaliação de praticantes de musculação de em uma academia de Santa Maria-RS. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva. Vol. 10. Num. 59. 2016. p. 485-496. Disponível em:

-Domingues, S.F.; Marins, J.C.B. Utilização de recursos ergogênicos e suplementos alimentares por praticantes de musculação em Belo Horizonte-MG. Fitness Performance. 2007. p. 218-226.

-Fayh, A.P.T.; Da Silva, C.V.; De Jesus, F.R.D.; Costa, G.K. Consumo de suplementos nutricionais por frequentadores de academias da cidade de Porto Alegre. Revista Brasileira de Ciências do Esporte. Vol. 35. Num. 1. 2013. p. 27-37.

-Fernandes, W.N.; Machado, J.S. Uso de suplementos alimentares por frequentadores de uma academia do município de Passo Fundo-RS. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva. Vol. 10. Num. 55. 2016. p. 59-67. Disponível em:

-Fontana, K.E.; Valdes, H.; Valdissera, V. Glutamina como suplemento ergogênico. Revista Brasileira de Ciência e Movimento. 2003. p. 91-96.

-Goldhill, S. Amor, sexo e tragédia: como gregos e romanos influenciam nossas vidas até hoje. Zahar. Rio de Janeiro. 2007.

-Iriart, J.A.B.; Chaves, J.C.; Orleans, R.G. Culto ao corpo e uso de anabolizantes entre praticantes de musculação. Caderno de Saúde Pública. 2009. p. 773-782.

-Leigthon, J.R. Musculação: aptidão física, desenvolvimento corporal e condicionamento físico. Editora Sprint. Rio de Janeiro. 1987.

-Liberali, R. Metodologia Científica Prática: um saber fazer competente da saúde à educação. Florianópolis. 2008.

-Pelegrini, A.; Nogiri, F.S.; Barbosa, M.R. Consumo de suplementos nutricionais por praticantes de musculação da cidade de São Carlos-SP. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva. Vol. 11 Num. 61. 2017. p. 59-73. Disponível em:

-Rodrigues, A.L.P.; Chaves, R.F. Consumo de suplementos alimentares por praticantes de musculação em uma academia de Fortaleza-CE. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva. Vol. 10. Num. 60. 2016. p. 596-602. Disponível em:

-Santos, M.A.A.; Santos, R.P. Uso de suplementos alimentares como forma de melhorar a performance nos programas de atividade física em academias de ginástica. Revista Paulista de Educação Física. 2002.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons

RBNE - Revista Brasileira de Nutrição Esportiva

IBPEFEX - Instituto Brasileiro de Pesquisa e Ensino em Fisiologia do Exercício

Editor-Chefe: Francisco Navarro. E-mail para contato: aqui

Editor Gerente: Francisco Nunes Navarro. E-mail para contato: aqui