Estado de hidratação em um time de futebol profissional feminino do sul do país

Pâmela Tamara Gomes Oliveira, Simone Bernardes

Resumo


Introdução: Um adequado estado de hidratação é de extrema importância em condições que predispõe ao déficit de água corporal, como as perdas pelo suor observadas na prática de esportes. A desidratação em atletas afeta negativamente a sua capacidade cognitiva e habilidade motora, diminuindo o seu desempenho físico. Objetivo: avaliar o estado de hidratação em atletas femininas de um time de futebol profissional de Porto Alegre-RS. Metodologia: Estudo transversal com 19 atletas femininas de futebol, do respectivo time, por meio da pesagem pré e pós-treino, avaliação da ingestão hídrica durante o treino, e hábitos relacionados à hidratação por meio de um questionário autoaplicável. Resultados: 55,56% das atletas estudadas foram classificadas em desidratação mínima, 44,44% bem hidratas. O percentual de perda de peso encontrado foi de -1,00. A média de ingestão hídrica foi de 277ml. Conclusão: Mais da metade das atletas apresentou desidratação mínima, a condição ambiental talvez tenha influenciado na ingestão hídrica encontrada, a qual foi muito inferior ao recomendado.

 

ABSTRACT

Hydration status in a female soccer players team from the south of the country

Introduction: Adequate hydration status is of utmost importance in conditions that predispose to body water deficit, such as sweat losses observed in sports. Dehydration in athletes negatively affects their cognitive capacity and motor ability, decreasing their athletic performance. Objective: to evaluate the hydration status in female athletes of a professional soccer club in Porto Alegre-RS. Methodology: Cross-sectional study with 19 female soccer athletes from the respective club, through pre and post-training weighing, evaluation of water intake during training, and habits related to hydration by a self-administered questionnaire.  Results: 55.56% of the studied athletes were classified as minimal dehydration, 44.44% well hydrated. The percentage of weight loss found was -1.00. The mean water intake was 277ml. Conclusion: More than half of the athletes presented minimal dehydration, the environmental condition may have influenced the water intake found to be much lower than the recommended one.


Palavras-chave


Desidratação; Ingestão de líquidos; Futebol feminino

Texto completo:

PDF

Referências


-American College of Sports Medicine (ACSM). Nutrition and Athletic Performance. Medicine & Science in Sports & Exercise. Vol. 48. Num. 3. 2016. p. 543-568 Disponível em: .

-Baker, L.; Lang, J.; Kenney, L. Change in body mass accurately and reliably predicts change in body water after endurance exercise. Eur Jour Appl Physiol. 105:959–967. Pennsylvania State University, 2009.

-Bastos, E.C. Nível de conhecimento e prática de hidratação em atletas profissionais do futebol de alagoano. Rev Bras Futebol. Vol. 4. Num. 2. p. 29-40. 2011.

-Bezerra, R.; Bezerra, A.; Ribeiro, D.; Carvalho, C.; Fayh, A. Perda hídrica e consumo de líquidos em atletas de futebol. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva. Vol. 12. Num. 69. 2018. Disponível em:

-Carneiro, C.; Silva, M.; Melo, N.; Crispim, P.; SALES, R. Efeito de repositor hidroeletrolitico na hidratação de jogadores juniores de futebol. Prêmio Científico Helena Feijó. Goiânia, GO. 2010.

-Casa, D.J.; Armstrong, L.E.; Hillman, S.K.; Montain, S.J.; Reiff, R.V.; Rich, B.S.; Roberts, W.O.; Stone, J.A. National athletic trainers' association position statement: fluid replacement for athletes. J Athl Train. Vol. 35. Num. 2. p. 212-224. 2000.

-Cheuvront, S.; Sawka, M. Hydration Assessment of Athletes. Gatorade Sports Science Institute. São Paulo, SP, 2006.

-Dias, T. Nutrição e futebol. Faculdade de Ciências da Nutrição e Alimentação. Universidade do Porto. Porto, Portugal, 2008.

-Fleck, S. J.; Figueira Junior, A. J. Desidratação e desempenho atlético. Universidade Estadual de Londrina. Londrina, PR. 1997.

-Godois, A.; Raizel, R.; Rodrigues, V.; Ravagnani, F.; Fett, C.; Voltarelli, F.; Coleho-Ravagnani, C. Perda hídrica e prática de hidratação em atletas de futebol. Rev Bras Med Esporte. Vol. 20. Num. 1. 2014.

-Gomes, L.; Barroso, S.; Gonzaga, W.; Prado, E. Estado de hidratação em ciclistas após três formas distintas de reposição hídrica. R. Bras. Ci. E Mov. Vol. 22. Num. 3. p. 89-97. 2014.

-Hillyer, M.; Menon, K.; Singh, R. The Effects of Dehydration on Skill-Based Performance. International Journal of Sports Science. Universiti Sains Malaysia. Vol. 5. Num. 3. p. 99-107. 2015.

-Monteiro, C., Guerra, I., Barros, T. L. Hidratação no futebol: uma revisão. Rev. Bras. Med. Esporte. Vol. 9. Num. 4. 2003.

-Pereira, E.; Mendes, T.; Pacheco, D.; Alves, A.; Melo, M.; Garcia, E. Hidratação: Conceitos e Formas de Avaliação. Revista e-Scientia. Vol. 3. Num. 2. 2010.

-Pinto, A. Avaliação do estado de hidratação e reidratação em atletas de futebol de ambos os sexos, de acordo com a ingestão de líquidos ad libitum, água simples e água com sal. Dissertação de mestrado. Faculdade de Coimbra. Coimbra, Portugal, 2014.

-Sawka, M.; Burke, L.; Eichner, E.; Maughan, R.; Montain, S.; Stachenfeld, N. Exercise and Fluid replacement: Position Stand American college of sport medicine. Medicine and Science in Sports and Exercise. Vol. 39. Num. 2. p. 377-390. 2007.

-Silva, J.; Bijega, A.; Dohms, F.; Ribas, M.; Lirani, L. Hábitos de hidratação em uma academia da região metropolitana de Curitiba-PR. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva. Vol. 8. Num. 47. p.282-292. 2014. Disponível em:

-Silva, R. P.; Altoé, J. L.; Marins, J. C. B. Relevância da temperatura e do esvaziamento gástrico de líquidos consumidos por praticantes de atividade física. Rev. Nutr., Campinas. Vol. 22. Num. 5. p. 755-765. 2009.

-Sociedade Brasileira de Medicina do Exercício e do Esporte (SBMEE). Modificações dietéticas, reposição hídrica, suplementos alimentares e drogas: comprovação de ação ergogênica e potenciais riscos para a saúde. Revista Brasileira de Medicina do Esporte. Vol. 15. Num. 3. p. 3-10. 2009.

-Trentin, M. M.; Confortin, F. G.; Sá, C. A. Hidratação e taxa de sudorese em atletas de futsal masculino. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva. Vol. 10. Num. 56. p.145-156. 2016. Disponível em:

-Trevisan, A.A.; Maia, J.B.A.; Paula, D.A.P.; Abelini, A.M.; Campos, M.V.A.; Miguel, H. Análise da perda hídrica em atletas de futsal feminino. Rev Bras Futebol. Vol. 8. Num. 2. p. 43-50. 2018.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons

RBNE - Revista Brasileira de Nutrição Esportiva

IBPEFEX - Instituto Brasileiro de Pesquisa e Ensino em Fisiologia do Exercício

Editor-Chefe: Francisco Navarro. E-mail para contato: aqui

Editor Gerente: Francisco Nunes Navarro. E-mail para contato: aqui