Associação do consumo alimentar e estado nutricional de praticantes de musculação

  • Sheila Elída Mariuzza Universidade do Vale do Taquari-UNIVATES, Lajeado, Rio Grande do Sul, Brasil.
  • Patrícia Vogel Universidade do Vale do Taquari-UNIVATES, Lajeado, Rio Grande do Sul, Brasil.
  • Juliana Paula Bruch Bertani Universidade do Vale do Taquari-UNIVATES, Lajeado, Rio Grande do Sul, Brasil.
Palavras-chave: Exercício físico, Estado nutricional, Consumo de alimentos

Resumo

O objetivo deste estudo foi avaliar o consumo alimentar e estado nutricional de praticantes de musculação. Materiais e Métodos: Foram coletados dados sociodemográficos, de consumo alimentar (dois recordatórios) e antropométricos (peso, altura e dobras cutâneas). As médias dos recordatórios foram comparadas com as referências da Dietary References Intakes (NASEN, 2017; 2019) e da Sociedade Brasileira de Medicina do Exercício e do Esporte (SBME, 2009). Foi calculado o Ãndice de Massa Corporal (IMC) e % de gordura corporal. Resultados: Participaram do estudo 71 praticantes de musculação, a maioria em estado de eutrofia (63,4%), seguido de sobrepeso/obesidade (33,8%). A média do consumo de carboidratos foi significativamente inferior às recomendações, 41,7% do valor energético total (VET), enquanto, o consumo de lipídeos foi significativamente superior, 35,8% do VET. O consumo de vitamina D, potássio e fibras foi significativamente inferior às recomendações em ambos os gêneros, em contrapartida, o consumo de sódio foi significativamente superior. O consumo de ferro foi significativamente acima das recomendações entre os homens e significativamente inferior entre as mulheres. Conclusão: Foi observado consumo inadequado de carboidratos, proteínas, lipídios, vitamina D, potássio e fibras por praticantes de musculação em relação às recomendações, sendo necessário uma maior atuação do nutricionista nas academias a fim de promover a adequação do consumo alimentar.

Biografia do Autor

Juliana Paula Bruch Bertani, Universidade do Vale do Taquari-UNIVATES, Lajeado, Rio Grande do Sul, Brasil.

Possui graduação em Nutrição pela Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES (2009), Mestrado e Doutorado em Ciências da Gastroenterologia e Hepatologia pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (2014), Possui especialização em Dietoterapia nos Ciclos da Vida pela UNIVATES (2011), Atua como professora na Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES.

Referências

-Barbosa, G. A.; Benicá, S. C.; Mendes, C. M.; Mazur, C. E. A intervenção e acompanhamento nutricional fazem a diferença? Associação entre praticantes de atividade física. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva. São Paulo. Vol. 9. Num. 54. 2015. p. 525-533. Disponível em: http://www.rbne.com.br/index.php/rbne/article/view/576

-Benedet, J.; Freddi, J. C.; Luciano, A. P.; Almeida, F. S.; Silva, G. L.; Hinnig, P. F.; Adami, F. Treinamento resistido para crianças e adolescentes. Arquivos Brasileiros de Ciências da Saúde. Vol. 38. Num. 1. 2013. p. 40-46.

-Bernardes, A. L; Della Lucia, C. M; Faria, E. R. Consumo alimentar, composição corporal e uso de suplementos nutricionais por praticantes de musculação. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva. São Paulo. Vol. 10. Num. 57. 2016. p. 306-318. Disponível em: http://www.rbne.com.br/index.php/rbne/article/view/639

-Bernaud, F. S. R.; Rodrigues, T. C. Fibra Alimentar - Ingestão adequada e efeitos sobre a saúde do metabolismo. Arquivo Brasileiro de Endocrinologia e Metabolismo. Vol. 57. Num. 6. 2013. p. 397-405.

-Caetano, F.; Ikeda, R. K. S.; Silva, R. C. Perfil Nutricional de praticantes de atividade de força. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva. São Paulo. Vol. 13. Num. 80. 2019. p. 459-467. Disponível em: http://www.rbne.com.br/index.php/rbne/article/view/1350

-Camargo, D. R.; Souza, V. V.; Mezzomo, T. R. Consumo alimentar de praticantes de musculação de uma academia em Curitiba, PR. BRASPEN Journal. São Paulo. Vol. 32. Num. 1. 2017. p. 36-41.

-Caparros, D. R; Baye, A. S; Barreiros, F. R.; Stulbach, T. E.; Navarro. F. Análise da adequação do consumo de carboidratos antes, durante e após treino e do consumo de proteínas após treino em praticantes de musculação de uma academia de Santo André-SP. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva. São Paulo. Vol. 9. Num. 52. 2015. p. 298-306. Disponível em: http://www.rbne.com.br/index.php/rbne/article/view/542/484

-Conzatti, S.; Marcadenti, A.; Conde, S. R. Avaliação dos hábitos alimentares de praticantes de exercício físico em uma academia de um Centro Universitário. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva. São Paulo. Vol. 9. Num. 54. 2015. p. 534-543. Disponível em: http://www.rbne.com.br/index.php/rbne/issue/view/64

-Faccim, A. G. Avaliação antropométrica e nível de ingestão dos micronutrientes: ferro, vitamina c e cálcio em atletas de handebol do Instituto Federal do Espírito Santos - Campus Venda Nova do Imigrante, Espírito Santo. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva. São Paulo. Vol. 9. Num. 50. 2015. p. 120-128. Disponível em: http://www.rbne.com.br/index.php/rbne/article/view/514/463

-Gomes, F. E. R.; Rodrigues, A. L. P.; Brito, L. C.; Soares, E. S. Utilização de suplementos alimentares e recursos ergogênicos por frequentadores de uma academia de Fortaleza-CE. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva. São Paulo. Vol. 12. Num. 69. 2018. p. 100-108. Disponível em: http://www.rbne.com.br/index.php/rbne/article/view/996/739

-Hallack, A.; Fabrini, S.; Peluzio, M. C. G. Avaliação do consumo de suplementos nutricionais em academias da zona sul de Belo Horizonte, MG, Brasil. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva. São Paulo. Vol. 1. Num. 2. 2007. p. 55-60. Disponível em: http://www.rbne.com.br/index.php/rbne/article/view/18

International Society for the Advancement of Kinanthropometry (ISAK). Kinanthropometry III. Glasgow, Escócia. 1986.

-Jackson, A. S.; Pollock, M. L. Generalized equations for predicting body density of men. British Journal of Nutrition. New York. Vol. 40. Num. 3. 1978. p. 497-504.

-Jackson, A. S.; Pollock, M. L.; Ward, A. Generalized equations for predicting body density of women. Medicine & Science in Sports & Exercise. Madison. Vol. 12. Num. 3. 1980. p. 175-181.

-Jesus, I. A. B.; Oliveira, D. G.; Moreira, A. P. B. Consumo alimentar e de suplementos nutricionais por praticantes de exercício físico em academia de Juiz de Fora-MG. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva. São Paulo. Vol. 11. Num. 66. 2017. p. 695-707. Disponível em: http://www.rbne.com.br/index.php/rbne/article/view/878/682

-Karkle, M. B. Uso de suplemento alimentar por praticantes de musculação e sua visão sobre professional nutricionista na área de nutrição esportiva em uma academia de Braço do Norte-SC. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva. São Paulo. Vol. 9. Num. 53. 2015. p. 447-453. Disponível em: http://www.rbne.com.br/index.php/rbne/article/view/570

-Klimick, A. C.; Coelho, C. E.; Alli- Feldmann, L. R. Nível de satisfação corporal de praticantes de musculação em academias de Porto Alegre-RS. Revista de Iniciação Científica da ULBRA. Canoas. Num.15. 2017. p. 54-62.

-Lima, C. C.; Nascimento, S. P.; Macêdo, E. M. Avaliação do consumo alimentar no pré-treino em praticantes de musculação. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva. São Paulo. Vol. 7. Num. 37. 2013. p. 13-18. Disponível em: http://www.rbne.com.br/index.php/rbne/article/view/349

-Lima, L. M.; Lima, A. S.; Braggion, G. F. Avaliação do consumo alimentar em praticantes de musculação. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva. São Paulo. Vol. 9. Num. 50. 2015. p. 103-110. Disponível em: http://www.rbne.com.br/index.php/rbne/article/view/462/460

-Lohman, T. G. Advances in body composition assessment. Champaign-IL: Human Kinetics, 1992.

-Medeiros, A. D.; Daronco, L. S. E.; Balsan, L. A. G. Uso de suplementos por praticantes de musculação em academias. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva. São Paulo. Vol. 13. Num. 80. 2019. p. 601-608. Disponível em: http://www.rbne.com.br/index.php/rbne/article/view/1407

-Menon, D.; Santos, J. S. Consumo de proteína por praticantes de musculação que objetivam hipertrofia muscular. Revista Brasileira de Medicina do Esporte. Vol. 18. Num. 1. 2012. p. 8-12. Disponível em: https://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1517-86922012000100001

-Moreira, F. P.; Rodrigues, K. L. Conhecimento nutricional e suplementação alimentar por praticantes de exercícios físicos. Revista Brasileira de Medicina do Esporte. Vol. 20. Num. 5. 2014. p. 370-373.

-National Academies of Sciences (NASEM), Engineering and Medicine. Guiding Principles for Developing Dietary Reference Intakes Based on Chronic Disease. Washington-DC. The National Academies Press. 2017.

-Dietary Reference Intakes for Sodium and Potassium. Washington-DC. The National Academies Press. 2019.

-Neto, O. M. V.; Neto, M. M. Distúrbios do equilíbrio hidroeletrolítico. Medicina, Ribeirão Preto, Ribeirão Preto-SP. Num. 36. 2003. p. 325-337.

-Nogueira, F. R. S.; Brito, A. F.; Vieira, T. I.; Oliveira, C. V. C.; Gouveia, R. L. B. Prevalência de uso de recursos ergogênicos em praticantes de musculação na cidade de João Pessoa, Paraíba. Revista Brasileira de Ciências do Esporte. Vol. 1. Num. 37. 2015. p. 56-64.

-Oliveira, A. F.; Fatel, E. C. S.; Soares, B. M.; Círico, D. Avaliação nutricional de praticantes de musculação com objetivo de hipertrofia muscular do município de Cascavel-PR. Colloquium Vitae. Vol. 1. Num. 1. 2009. p. 44-52.

-Oliveira, F. J. S.; Avi, C. M. Ingestão de carboidratos por praticantes de musculação de uma academia do município de Monte Azul Paulista-SP. Revista Ciências Nutricionais Online. Vol. 2. Num. 2. 2018. p. 11-17.

-Oliveira, T. C.; Faicari, L. M. Avaliação da ingestão alimentar e suplementação em praticantes de musculação de academias de Hortolândia-SP. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva. São Paulo. Vol. 11. Num. 63. 2017. p. 265-277. Disponível em: http://www.rbne.com.br/index.php/rbne/article/view/778/631

-Pedrosa, G. F.; Bicalho, C.; Diniz, R. C.; Jean, A.; Pedrosa, R. F.; Santos, M. H. R. Perfil de iniciantes na prática de musculação: Há diferenças entre homens e mulheres. Revista Mundi Saúde e Biológicas. Vol. 1. Num. 2. 2016.

-Perea, C.; Moura, M. G.; Stulbach T.; Caparros, D. R. Adequação da dieta quanto ao objetivo do exercício. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva. São Paulo. Vol. 9. Num. 50. 2015. p. 129-136. Disponível em: http://www.rbne.com.br/index.php/rbne/article/view/516/462

-Pereira, B. B.; Vieira, S. C. R.; Melo, E. F.; Pereira, L. M. F.; Gonçalves, P. A. T.; Santos, Y. W. T.; Albuquerque, V. P. G.; Gadêlha, L. M.; Marques, A. A. O uso de suplementos alimentares por praticantes de musculação. Revista E-ciência. Vol. 5. Num. 2. 2017. p. 104-110.

-Pereira, G. M.; Oliveira. A. G.; Cordeiro. H. J.; Ribas, M. R.; Bassan, J. C. Perfil dietético de praticantes envolvidos em programa de treinamento resistido. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva. São Paulo. Vol. 10. Num. 59. 2016. p. 568-578. Disponível em: http://www.rbne.com.br/index.php/rbne/article/view/692

-Pereira, J. M. O.; Cabral, P. Avaliação dos conhecimentos básicos sobre nutrição de praticantes de musculação em uma academia da cidade de Recife. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva. São Paulo. Vol. 1. Num. 1. 2007. p. 40-47. Disponível em: http://www.rbne.com.br/index.php/rbne/article/view/5

-Quaresma, M. V. L. S.; Oliveira, E. P. Proteína para síntese proteica e hipertrofia muscular de adultos: quanto, quando e como consumir? Arquivos de Ciências do Esporte. Vol. 5. Num. 2. 2017. p. 24-27.

-Reinaldo, J. M.; Resende, A. S.; Sant Anna, M. S. L. Prevalência de hipertensão arterial e avaliação da ingestão de sódio em uma unidade de alimentação e nutrição. RASBRAN - Revista da Associação Brasileira de Nutrição. São Paulo. Ano 8. Num. 1. 2017. p. 58-63.

-Rezende, M. C.; Lima, T. A.; Santos, H. J. X. Avaliação do aporte nutricional de praticantes de atividade física em academias no município de Aracaju-SE. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva. São Paulo. Vol. 10. Num. 60. 2016. p. 660-665. Disponível em: http://www.rbne.com.br/index.php/rbne/article/view/716/595

-Rezende, T. M.; Cezar, T. M. Conhecimento da importância do consumo de vitamina D por praticantes de atividade física em academias de Cascavel-PR. FAG Journal of Health. Vol. 1. Num. 1. 2019. p. 107-118.

-Ribas, M. R.; Machado, F.; Shuluga Filho, J.; Bassan, J. C. Ingestão de macro e micronutrientes de praticantes de musculação em ambos os sexos. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva. São Paulo. Vol. 9. Num. 49. 2015. p. 91-99. Disponível em: http://www.rbne.com.br/index.php/rbne/article/view/509/453

-Ronsen, O.; Sundgot, B. J.; Maehlum, S. Supplement use and nutritional habits in Norwegian elite athletes. Scandinavian Journal of Medicine & Science in Sports. Copenhagen. Vol. 9. Num. 1. 2009. p. 28-35.

-Santos, A. N.; Figueiredo, M. A.; Galvão, G. K. C.; Silva, J. S. L.; Silva, M. G. F.; Negromonte, A. G.; Almeida, A. M. R. Consumo alimentar de praticantes de musculação em academias na cidade de Pesqueira-PE. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva. São Paulo. Vol. 10. Num. 55. 2016. p. 68-78. Disponível em: http://www.rbne.com.br/index.php/rbne/article/view/608

-Santos, E. A.; Pereira, F. B. Conhecimento sobre suplementos alimentares entre praticantes de exercício físico. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva. São Paulo. Vol. 11. Num. 62. 2017. p. 134-140. Disponível em: http://www.rbne.com.br/index.php/rbne/article/view/743/615

-Sociedade Brasileira de Medicina do Exercício e do Esporte (SBME). Modificações dietéticas, reposição hídrica, suplementos alimentares e drogas: comprovação de ação ergogênica e potenciais riscos para a saúde. Revista Brasileira de Medicina do Esporte. Vol. 15. Num. 3. Supl. 2009. Disponível em: https://www.scielo.br/pdf/rbme/v15n3s0/v15n3s0a01.pdf

-Schmidt, A. Relação entre a deficiência de vitamina D e obesidade: Uma revisão atual. Revista Brasileira de Obesidade, Nutrição e Emagrecimento. São Paulo. Vol. 9. Num. 53. 2015. p. 207-212. Disponível em: http://www.rbone.com.br/index.php/rbone/article/view/376/362

-Sehnem, R.C.; Soares, B.M. Avaliação nutricional de praticantes de musculação em academias de municípios do Centro-Sul do Paraná. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva. São Paulo. Vol. 9. Num. 51. 2015. p. 206-214. Disponível em: http://www.rbne.com.br/index.php/rbne/article/view/467

-Sheer, B. B.; Conde, C. S.; Pastore, C. A. Avaliação da alimentação pré-treino e da ingestão de líquidos de adultos praticantes de atividade física. Revista Brasileira de Obesidade, Nutrição e Emagrecimento. São Paulo. Vol. 9. Num. 50. 2015. p. 67-73. Disponível em: http://www.rbone.com.br/index.php/rbone/article/view/359

-Silva Júnior, R.; Abreu, W. C.; Silva R. F. Composição corporal, consumo alimentar e hidratação de praticantes de musculação. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva. São Paulo. Vol. 11. Num. 68. Supl. 2. 2017. p. 936-946. Disponível em: http://www.rbne.com.br/index.php/rbne/article/view/932

-Silva, L.V.; Souza, S.V.C. Qualidade de suplementos proteicos: avaliação da composição e rotulagem. Revista do Instituto Adolfo Lutz. São Paulo. Vol. 75. 2016. p. 1-17. Disponível em: https://pesquisa.bvsalud.org/portal/resource/pt/biblio-982790

-Silva, P. D. Consumo alimentar dos praticantes de musculação no pré e pós-treino. Multidisciplinary Scientific Journal - Núcleo do Conhecimento. São Paulo. Ano. 3. Ed. 6. Vol. 6. 2018. p. 108-122.

-Silvino, D.; Silva, J. Avaliação nutricional de praticantes de musculação das academias de Matureia-PB. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva. São Paulo. Vol. 11. Num. 66. 2017. p. 708-718. Disponível em: http://www.rbne.com.br/index.php/rbne/article/view/885

-Siri, W. E. Body composition from fluid spaces and density: analysis of methods. In: Brozeck, J.; Henschel, A. (Eds.). Techniques for measuring body composition. Washington-DC. National Academy of Science. 1961.

-Sun, X.; Zemel, M. B. 1α, 25-Dihydroxyvitamin D and corticosteroid regulate adipocyte nuclear vitamin D receptor. International Journal of Obesity. London. Vol. 32. 2008. p. 1305-1311. Disponível em: https://www.nature.com/articles/ijo200859

-Theodoro, H.; Ricalde, S. R.; Amaro, F. S. Avaliação nutricional e autopercepção corporal de praticantes de musculação em academias de Caxias do Sul-RS. Revista Brasileira de Medicina do Esporte. Vol. 15. Num. 4. 2009. p. 291-294.

-Vidaletti, C.; Souza, E. B.; Bernardi, D. M. Consumo de suplementos nutricionais por praticantes de atividade física. FAG Journal of Health. Vol. 1. Num. 3. 2019. p. 147-158. Disponível em: https://fjh.fag.edu.br/index.php/fjh/article/view/90

-World Health Organization (WHO). Physical status: the use and interpretation of anthropometry. Geneva: WHO. 1995. Num. 854. Disponível em: http://www.who.int/iris/handle/10665/37003

Publicado
2021-07-17
Como Citar
Mariuzza, S. E., Vogel, P., & Bertani, J. P. B. (2021). Associação do consumo alimentar e estado nutricional de praticantes de musculação. RBNE - Revista Brasileira De Nutrição Esportiva, 15(90), 70-82. Recuperado de http://www.rbne.com.br/index.php/rbne/article/view/1813
Seção
Artigos Científicos - Original

##plugins.generic.recommendByAuthor.heading##